Blog sobre relacionamentos, corte e lifestyle cristão.
 
 

#Relacionamentos | Corte – Seguindo a direção certa.

TREM 02

 

Oi gente!

Como já sabem muitas coisas tem acontecido com o DZ e uma delas é que fomos convidadas para ministrar sobre #relacionamentos em um Seminário de Princesas na Igreja Emanação. Estamos muito honradas com o convite e já estamos orando e nos preparando pra sermos canal de Deus naquele lugar. Orem por nós também. J

 

Eu pretendia continuar a série #santidade, já tinha até algumas coisas em mente pra escrever, mas orando e falando com o Senhor ele me direcionou a escrever sobre outro assunto, quero falar sobre o tempo de espera e oração pela corte e as direções da nossa liderança.

Para começar quero compartilhar essa palavra:

 

Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá.
Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios,
Remindo o tempo; porquanto os dias são maus.
Por isso não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor.
Efésios 5:14-17

 

Vemos aqui que Paulo faz uma citação: “Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá”. E ele continua falando, para estarmos atentos a maneira na qual temos vivido, para não vivermos como tolos e sim como sábios, pois os sábios sabem aproveitar bem o tempo (remir o tempo). Para ficar mais claro ainda, Paulo diz que a melhor forma de aproveitarmos bem o tempo é sabendo qual é a vontade de Deus.  Uau!

 

Meditando nesta palavra, li sobre Jesus, a respeito de seu ministério que foi tão assertivo.  Jesus não começou a investir em um discípulo e depois percebeu que tinha se enganado a respeito dele, mesmo Judas foi escolhido para cumprir as escrituras. Poxa, como Jesus fez isso? Percebemos então que para que Jesus escolhesse seus discípulos ele dedicou tempo com Deus para saber qual era a sua VONTADE, ou seja, Jesus sabendo a vontade de Deus não perdeu tempo.

Analisando tudo isso, vemos que se para escolher discípulos, pessoas as quais Jesus firmaria uma aliança, ele se dedicou em buscar a vontade de Deus, imagine nós para o casamento. Será que não é necessário fazer o mesmo? Afinal é uma aliança entre duas pessoas para toda a vida, será que pode haver erros?

 

Infelizmente, o que mais vemos são pessoas que se casam errado, e por esse motivo acabam perdendo muito tempo de suas vidas tentando consertar algo que nem precisaria estar errado. Dá pra entender? O pior de tudo é que mesmo hoje com a visão da corte, cursos de noivos, discipulado, muitos de nós temos sido enganados e estamos perdendo a benção de Deus, por não seguirmos as direções.

 

Na entrevista que fiz com o Pr. Isaías Sardinha (em breve aqui no blog!) ele falou algo que veio como revelação pra mim. Ele falou: Direções são como peças de um quebra-cabeça, quanto antes as seguirmos, mais rápido teremos esse quebra-cabeça montado. Porém se não seguirmos as direções, poderemos ter problemas lá na frente, talvez seja necessário voltar tudo de novo para encaixar aquela peça que ficou faltando.

 

Eu sempre tive muito medo de parar o propósito de Deus na minha vida por minha própria causa, principalmente com um casamento errado, fora da VONTADE d´Ele. Minhas orações sempre foram pedindo para o Senhor alinhar todas as coisas e testificar no meu coração, no coração da minha liderança e dos meus pais.

 

Não havendo sábios conselhos, o povo cai, mas na multidão de conselhos há segurança.
Provérbios 11:14

 

Eu não podia imaginar perder tudo o que o Senhor sonhou pra mim apenas por uma paixonite.  Não queria de forma alguma trocar Jesus por um homem. Essa era minha crise, mas depois falo da revelação que tive sobre essa questão :D.

Bem, com todo esse receio que tinha, procurei seguir todas as direções durante o tempo que eu orava pelo  meu noivo. Muitas vezes eu achei que minha liderança não queria que eu me relacionasse, porque sempre que eu falava do assunto a resposta era sempre a mesma, continue orando. Affs…!!!  Ai eu chorava ouvindo aquela música do Thalles Roberto – Mesmo sem entender, essa era a minha trilha sonora rsrs, porém, o Senhor sempre falava comigo e eu obedecia.  As vezes a direção era pra me afastar mais dele (do meu noivo), pois como éramos muito amigos acabávamos conversando muito e eu poderia abrir o meu coração antes do tempo. Por temor de fazer caquinha e estragar tudo eu sempre obedeci. Sabia que mesmo não entendo as coisas (by Thalles) era o melhor pra mim.

 

Uma das orações perigosas que fiz antes mesmo de começar a orar por alguém, foi: “Senhor, não me deixa entrar em um relacionamento sem estar pronta para ele”.  Fiz essa oração em um momento de rendição quando eu nem tinha alguém em mente. Eu me conhecia e me lembrava de toda imaturidade que havia no meu relacionamento mundano e de forma alguma queria viver aquilo novamente. Talvez, por esse motivo, demorou tanto pra eu entrar na corte rsrs!!! Falando sério, em muitos momentos de desespero e até incredulidade eu pensava: “Senhor, se o Senhor não permitiu é porque sabe que ainda não é o momento.” E isso me confortava.

 

E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. Romanos 12:2

 

Eu contei tudo isso, para exemplificar que em todo momento, eu entreguei para Deus a direção da minha vida e, mesmo sabendo disso, nos momentos que o Senhor usou minha liderança para me direcionar eu ainda hesitava. Graças a Deus que meu desejo pela vontade de Deus era maior e rapidamente eu me dava conta do que estava fazendo e obedecia.  Quando por fim, meus lideres e meus pais direcionados por Deus entenderam que era tempo e liberaram a corte. Deus me mostrou claramente que se eu tivesse entrado na corte antes talvez o que era sonho teria se tornado um pesadelo.  Nem eu nem ele estávamos prontos para o relacionamento. Graças a Deus pela nossa liderança e por seu ES.

 

O tempo é algo que corre e não há como mudá-lo ou comprar mais dele, no entanto, não se engane achando que pulando etapas você estará “remindo o tempo”, como o Pr. Isaias disse, essa direção pode ser a peça chave da sua vida, ministério e relacionamento. Ainda que contrariado, faça como Jesus, tome tempo com Deus para saber qual a VONTADE d´Ele. Eu estava preocupada com o tempo, afinal 25, 26, 27 anos e nada, mas tinha certeza que se eu tomasse a direção das mãos de Deus para as minhas, a coisa poderia se estender por muito mais anos.

 

Hoje, como noiva já tenho outra experiência sobre essa questão de cuidado e direções no discipulado, mas com certeza isso é tema pra outro post. 😉

 

Que o Senhor traga luz a sua vida e que você possa obedecê-lo e desfrutar do melhor que ele tem para seu relacionamento.

 

Com encargo,

 

20140417-103021.jpg

 

 

 

 

@danielle.dz
danielle@odiariodazoe.com.br

14 de abril de 2015 Corte
3 comments

3 Responses to “#Relacionamentos | Corte – Seguindo a direção certa.”


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top