Blog sobre relacionamentos, corte e lifestyle cristão.
 
 

#Relacionamentos |Corte – Inimigos do Sonho IV

inimigos_do_sonho_3-447x420

 

Oi gente,

Falta muito pouco pra Conferência dos Vencedores aqui em São Paulo, onde nós participaremos e além de tudo seremos ministrados por grandes homens de Deus. Essa conferência será a conclusão do nosso jejum de 21 dias com o tema “Sentimentos”. Imagina o quanto esse tema não foi sugestivo para nós?! Confesso que foi um tempo muito marcante, onde Deus trouxe muita luz as minhas trevas, foi tipo um encontro com Deus de 21 dias hehe.

Bem, finalizando a série Inimigos do Sonho, chegamos ao ultimo inimigo: as Expectativas erradas.  Escrever hoje sobre esse tema é uma vitória e uma luta pra mim, pois como falei acima esse período de jejum foi um tempo de cura na minha alma. Certa vez o nosso querido Pastor Aluizio – Videira, falou que sempre haverá um novo nível para aquilo que vencemos em nossa vida e ministério. Por exemplo: se um dia você avançou na questão do perdão, certamente lá na frente haverá uma circunstância de nível maior onde você terá que liberar o perdão e avançará mais um degrau nessa área e assim em qualquer outra área, como submissão, humildade, relacionamentos etc., ou seja, sempre ficará mais hard. #thankyoujesus \o/

Eu havia vencido esse inimigo antes de entrar na corte e noivar, mas descobri nesse tempo de jejum que ele voltou pra me assombrar e em um nível muito mais forte :(, no entanto falarei disso depois. Vamos ao nosso inimigo da vez!

Expectativas erradas são aquelas expectativas que você cria a respeito de alguém ou de algo, sem nem mesmo comunicar o outro sobre isso.  Você tem um amigo e lança uma expectativa sobre ele de que ele sempre será fiel a sua amizade e nunca falhará com você, até que BUMMM!!! Ele erra com você e suas expectativas são frustradas.  Ou então você se prepara para uma viagem, pensa em todos os detalhes, gera diversas expectativas e quando a tal viagem acontece, nada daquilo de você planejou dá certo e suas expectativas são mais uma vez frustradas. Agora imagina isso em um nível de relacionamento.  A menina ou o rapaz decide esperar em Deus e se guardar para o seu amado (a) e coloca diversas expectativas, e ainda usa o chamado “Tô profetizando” dizendo: Ele será lindo, será rico, será espiritual e lança toneladas de expectativas na pessoa que nem imagina o cenário no qual está envolvido. O que acontece muitas vezes é que a pessoa que Deus reservou pra você chega, mas ele é um sapo ainda, não encaixa nas suas expectativas e você perde a oportunidade de viver a vontade de Deus simplesmente porque tinha expectativas erradas.

Não estou dizendo que não podemos sonhar com coisas que gostaríamos que a pessoa tivesse ou mesmo orar por isso, mas também não podemos fazer uma listinha e descartar a primeira pessoa que não se encaixar nos padrões dela. As coisas não funcionam assim e se você quer se relacionar precisa destruir desde já o inimigo da idealização, pois isso é uma expectativa errada que só impedirá o sonho de casar.

Contei que eu venci esse inimigo antes de cortejar e noivar, mas não foi fácil e talvez foi um dos maiores inimigos que eu tive que enfrentar.  No mundo sempre me relacionei com um tipo especifico de rapazes, eu visava sempre à aparência e essa era a minha base, mas se você tem acompanhado meus posts, já sabe que só me dei mal com essas escolhas. Quando decidi viver em santidade e aguardar o homem de Deus pra mim, eu gerei uma série de expectativas e padrões que eu gostaria que esse homem tivesse.  Como por exemplo: ser um homem consagrado como o Pr. Aluizio, um homem visionário como o Pr. Marcelo e generoso como o Pr. Naor.  Sempre dizia que não queria um novo convertido, afinal eu já era líder de célula, queria um discipulador, obreiro, pastor.  Sai da base fútil da escolha por aparência e parti pra base religiosa da escolha pelo nível de espiritualidade.  E sabe o que aconteceu? NADA. Nunca! Nunca ninguém me chamava a atenção e é claro que Deus também não permitiu ninguém se interessar por mim. Eu vivia em crise, pois eu era tão disposta, com o coração pra Deus, mas ninguém se interessava por mim.

Em um dos meus discipulados, minha discipuladora falou que a cada dia meu valor aumentava e que o homem de Deus teria que pagar um preço alto por mim. Ai, eu me achei! Pensei é isso mesmo! Mas ela continuou falando e disse que esse homem pode não vir na embalagem que você espera e muito menos pronto.  Que eu deveria ver sempre com os olhos do Senhor. Nessa hora eu até murchei :(, mas entendi o que ela estava me falando.  A partir disso comecei a orar, pra Deus alinhar todas as coisas e que eu pudesse vê-lo como Deus o via.

“Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque o tenho rejeitado; porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração”.1 Samuel 16:7

Quando Deus abriu os meus olhos para quem seria o tão esperado “príncipe” eu retruquei e pensei: “ah não Deus, não pode ser!” Mas como havia decidido romper com toda expectativa errada, fui orar e pedi mais uma vez pra Deus me fazer ver como ele via. E foi tão doido, porque comecei a ver coisas que NUNCA tinha visto. Virtudes, atitudes, afinidades entre tantas outras coisas que aos meus olhos naturais seria impossível de ver. Deus me mostrou tantas coisas, que eu sabia exatamente como eu seria tratada durante o relacionamento, cada detalhe que eu ficava abismada, pois o Senhor já havia me mostrado.

Contudo, percebi nesse período de jejum, que esse inimigo voltou a me perturbar.  Ou seja, você vence expectativas erradas antes do relacionamento e precisa vencer as expectativas erradas durante o relacionamento, sempre em um novo nível.

Pela graça de Deus, estou respondendo nessa área e desfrutando da benção de ser obediente a Deus, tendo atitudes práticas para que esse inimigo não tome o terreno que já foi conquistado por Jesus.

Se você assim como eu travou uma luta contra esse inimigo, responda de forma prática e aqui vão algumas dicas:

  • Se arrependa de toda expectativa errada que foi gerada;
  • Peça perdão por colocar todo esse peso de expectativas erradas sobre a vida da outra pessoa, mesmo que você ainda nem conheça ela;
  • Converse sobre essas questões com seus líderes;
  • Ore para que você possa enxergar as pessoas através da ótica do Senhor.

Essas dicas não servem apenas para expectativas erradas geradas com respeito a um relacionamento de corte, noivado ou casamento, mas serve para tudo. Expectativas geradas sobre seus líderes, pais, irmãos, amigos, colegas etc.

Quero indicar um combo (Livro + Ministração) que me ajudou muito, já li o livro diversas vezes e também já perdi as contas de quantas vezes ouvi essa ministração.

Livro: A maldição da expectativa – Pr. Marcelo Almeida

b_high_mald_expectativa__88131_zoom

 

Ministração: A Maldição da expectativa – Pr. Marcelo Almeida

 

Os posts:

#Relacionamentos | Para Meninos: Sapo ou Príncipe?
#Relacionamentos | Para Meninas: Sapo ou Príncipe?

Também são excelentes para que você tenha mais clareza a respeito desse inimigo.

Que Jesus continue nos dando direção e trazendo luz as nossas trevas, para que nenhum engano nos faça perder suas bênçãos para nós.

PS: Essa série foi baseada no livro: Quero me casar, o que devo fazer? – Marília Pedrosa

Com encargo e vida,

20140417-103021.jpg

 

 

 

@danielle.dz
danielle@odiariodazoe.com.br

31 de março de 2015 CasamentoCorte
4 comments

4 Responses to “#Relacionamentos |Corte – Inimigos do Sonho IV”


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top