Blog sobre relacionamentos, corte e lifestyle cristão.
 
 

santidade

#Relacionamentos | Corte – CORTE É PARA OS FRACOS!

fracos_1

Oi gente!

Estava pensando sobre a Corte e me lembrei de algo que muitas pessoas falam e eu mesma também já pensei: – A visão da Corte é linda, mas não sou forte para isso!

A primeira vez que ouvi falar sobre a corte fiquei encantada, mas pensando que não teria forças o suficiente para ficar sozinha e esperar alguém que também quisesse viver um relacionamento em santidade. Se encontrasse alguém assim não conseguiria ficar sem beijar na boca até casar.

Apesar de parecer coerente este pensamento para uma menina que tinha acabado de se converter, é equivocado. Entendo que eu pensava assim, porque eu não entendia o que era a corte em sua essência.  Hoje, muitas pessoas estão enroladas neste mesmo pensamento e por isso ainda estão vivendo relacionamentos furados e sendo frustrados. Pensam que por seu passado, pelo histórico de muitas quedas no pecado, não são fortes o suficiente para recomeçar e viver uma vida de santidade.

Muitos acreditam piamente que a Corte é só para os SANTINHOS, só para os CRENTÕES, para os ANJOS DA TERRA.  Infelizmente, muitos que entram na Corte pensam mesmo que são os TAIS. Quanta tolice!

É triste ver pessoas que se acham superiores porque fazem a Corte e acabam tratando com indiferença aqueles que não tiveram revelação sobre ter um relacionamento com propósito. No entanto, se alguém que diz ter revelação sobre a Corte e decidiu viver um relacionamento nessa visão se acha superior, é bem provável que essa Corte não seja pura em sua essência e motivações. Sabe o por que? Porque a Corte é para os fracos!

A Corte é para aqueles que reconheceram sua fraqueza diante das tentações, que não confiam em si e sabem bem que seu coração é enganoso.  A Corte também é para aqueles que erraram e admitiram que são péssimos em suas decisões, que  entenderam que beijar na boca, dar uns pegas ou até mesmo ter intimidade sexual não revela o caráter de alguém.

Então se você é alguém fraco, limitado e já errou muito no passado, saiba que a Corte além de todos os seus benefícios é muito conhecida por manifestar o poder restaurador de Deus, e Deus só pode restaurar algo que foi quebrado, afinal se algo está forte, inteiro, intacto não necessita de milagre.

Com isso não estou dizendo que você deva se estragar para depois viver a Corte, porque mesmo alguém que é totalmente BV, precisa admitir sua fraqueza e reconhecer que só consegue viver neste mundo e se manter puro na depende de Deus. Nem vou falar sobre a diferença entre pureza e virgindade, pois este é assunto para outro post.

Quero lembrar que a palavra de Deus mostra claramente como Deus ama transformar, pessoas cheias de fraquezas em testemunhos de seu poder.

Eis alguns exemplos:

A fraqueza de Moisés era seu gênio. Por causa do seu temperamento  assassinou um egípcio,  feriu a rocha, quebrou as tábuas da lei. Mas Deus o transformou em um homem manso, mais do que qualquer outro na terra. Gideão era inseguro e com baixa autoestima, mas Deus o transformou em um homem valente, Davi foi adúltero e ainda assim Deus o fez o homem segundo seu coração. Jacó tinha um sério problema de caráter, sua fraqueza era enganar os outros, mas Deus o transformou em Príncipe de Deus.

Você pode ter um passado promíscuo, mas o mesmo Deus que mudou a história desses homens de fé pode transformar sua vida e te fazer viver um relacionamento santo, no padrão de Deus através da Corte.

Você é forte ou fraco?

Com encargo,

 

dz

Danielle dos Santos
@danielle.dz
danielle@odiariodazoe.com.br


#Relacionamentos | Corte – Máscaras.

PHOTOGRAPHS TO BE USED SOLELY FOR ADVERTISING, PROMOTION, PUBLICITY OR REVIEWS OF THIS SPECIFIC MOTION PICTURE AND TO REMAIN THE PROPERTY OF THE STUDIO. NOT FOR SALE OR REDISTRIBUTION

Olá pessoal, tudo bem?

Após o post sobre O que não é a corte, como prometido, vamos voltar a bordar mais o assunto por aqui, pois as dúvidas ainda são inúmeras e a cada dia que passa, novos “casos” surgem.

Bom, hoje vamos falar sobre o que não pode acontecer na corte, que são as máscaras. Na corte é onde somos sinceros, agimos como amigos e procuramos ser o máximo transparentes para que a outra pessoa nos conheça, afinal, como sempre dizemos, a decisão do casamento depois da decisão por Cristo é a mais importante, ela é pra vida inteira.

Atualmente dentro das igrejas, temos pessoas que tiveram experiências genuínas com Deus, mas muitas vezes as práticas delas ou a raiz de algumas práticas não foram tratadas ainda em sua totalidade. E dentro da caminhada cristã, vem as crises para que a pessoa cresça e avance, mas em determinadas crises a pressão é tão forte que dependendo do grau de convicção da pessoa, ela acaba cedendo… seja por desistência de ser transformado pelo Senhor, seja por mentiras que satanás lançou na mente ou outro motivo. Geralmente quando essas pessoas “caem”, ou seja, desistem de caminhar com o Senhor e voltam as antigas práticas, nos chocamos, claro! Pois normalmente são aquelas pessoas que só pregam a corte, espera, guardar o coração e “arrotam” santidade pra todo lado. Nesse tempo liderando (não são taaaantos anos, mas já são 7 anos liderando rsrsrs), percebi que o que as pessoas muito falam ou pregam é onde mora a maior dificuldade delas e satanás sabe o ponto fraco e como envergonhar uma pessoa, então, quando vem a tona tudo o que foi feito pela pessoa ou as decisões dela, a famosa frase é dita: “Esse era um lobo em pele de cordeiro!”

Lobo_em_pele_de_ovelha

É claro que a nossa natureza é pecaminosa e SEMPRE vai tender para o mal, estamos em obras também, sendo transformados dia após dia, mas temos que ser muito vigilantes naquilo que falamos e fazemos para não cairmos nas contradições. Antes que você me critique, não estou pregando contra a santidade, corte, espera e guardar o coração. Inclusive se você nos acompanha aqui no blog, sabe que pregamos isso, mas quero alertar o que a palavra nos diz:

Assim, aquele que julga estar firme, cuide-se para que não caia.

1 Coríntios 10:12

Os “arrotadores” de santidade, em sua maioria,  não vigiam em nada e agem como fariseus extremamente religiosos. Eles apontam o erro dos outros, pregam a santidade, mas eles mesmos não estão completamente resolvidos nisso e hora, menos hora acabam caindo e trazendo vergonha para eles, para a igreja local, para a família e se estiverem se relacionando, para a outra pessoa também.

Quando uma pessoa desiste de andar com o Senhor, temos que ter em mente que TODOS estamos em construção, não somos perfeitos e estamos sujeitos ao erro. Mas esse passo é algo muito sério, pois mostra a carnalidade e a falta de compromisso que a pessoa tem com Deus e com ela mesma, afinal, ela abriu mão do processo de transformação na vida dela.

Você deve estar se perguntando: O que esse papo todo tem a ver com a corte?!? E eu te digo: TUDO!

Digo que tem tudo a ver porque essa máscara de santidade e espiritualidade, pode ser levada pra dentro da corte e os resultados serem desastrosos. Principalmente quando a pessoa tira a máscara só depois do casamento. Falamos sempre sobre orar, envolver a liderança, ouvir do ES para tomar a decisão da corte, noivado e casamento, pois o Senhor não nos deixa ser enganados. Agora, se você não tem ouvido do Senhor, é importante que comece a fazer isso logo, pois o casamento como já falamos é PRA SEMPRE!

gif noiva

Se você está do outro lado da situação e tem caminhado nos altos e baixos, pensando sempre em desistir alegando que está cansado de não vencer tal pecado, se você está olhando para os campos “verdes” do mundo, quero deixar uma palavra de ânimo para você e te desafiar, a ser transparente com a sua liderança, com a sua família e com aqueles que você se relaciona. Experimente antes de tudo ser transparente com você mesmo, será libertador.

Jovens, escrevo-vos, porque vencestes o maligno.
1 João 2:13

Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.
1 João 2:15-17

Não ame o mundo, o amor do Pai não está nele. Seja sincero com você mesmo, com os que te cercam e deixe as máscaras de lado para viver na liberdade que Cristo já te proporcionou na cruz.

Quero deixar um recado para aqueles que foram vitimas dos mascarados, que foram enganados e hoje tem sofrido por conta disso. Saiba que que o Senhor tem assistido absolutamente tudo o que tem acontecido com você e apesar de parecer que Ele está longe e talvez nem ligando para o seu sofrimento, saiba que Ele é consolador, Ele te entende melhor do que ninguém. Sei que a raiva, o inconformismo com a situação, o ódio e rancor batem na porta do seu coração, mas o Senhor é o juiz e Ele tem te guardado, ouça ao Senhor nesses dias e decida perdoar aqueles que te feriram dessa forma. Não perca o seu tempo imaginando isso e aquilo, decida sarar e avance, pois o sonho do casamento é para você também.

Se o Senhor falou com você através deste post, queremos que compartilhe conosco nos comentários ou através do e-mail contato@odiariodazoe.com.br. Se você tem alguma dúvida sobre a corte, pode nos mandar também, queremos ser instrumentos de Deus para esclarecer as suas dúvidas. 🙂

Grande abraço,

 

Carol Assinatura

 

 

Ana Carolina Ferreira

anacarolina@odiariodazoe.com.br

@anacarolina.dz


#Relacionamentos | Corte – Cadê suas convicções ?

kiko

 

Olá gente,

Estamos meio sumidas, mas calma não abandonamos o blog!

Todos ainda estão meio chocados com os últimos acontecimentos no meio cristão ou como uns gostam de chamar “meio gospel “, e falar de relacionamento em santidade e corte é causar polêmica nas redes sociais. Muitos estão concordando com absurdos e chegam a dizer que não vale a pena esperar, mas pra onde foram as suas convicções? Quer dizer que você não acredita mais que um relacionamento em santidade e propósito pode dar certo?

Precisamos começar do começo! 

“Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus.” Romanos 3:23

Eu e você ainda somos pecadores e como qualquer um estamos sujeitos a cair em tentação, por isso oramos: Não nos deixe cair em tentação, mas livra-nos do mal!!!

1- Estamos no mundo que jaz do maligno, mas não somos daqui. Portanto apesar de estarmos no mar, não somos peixe e não precisamos viver como eles. Isso precisa estar claro na nossa mente, a nossa identidade em Cristo. Pois, quando falamos de relacionamentos em santidade, estamos falando de um estilo de vida de santidade, um caminho pelo qual aquele que está inteiramente comprometido com a obra de Deus escolhe caminhar.

2- É importante ressaltar que ter um relacionamento na visão da corte, não garante que ele é puro, santo e que Deus aprova. Sabemos muito bem que muitos não tiveram revelação do verdadeiro sentido da corte e simplesmente usam essa nomenclatura para encobrir um namoro, com todo ciúme, sentimento de posse, briguinhas e muito envolvimento carnal e emocional que são contrários ao caminho da santidade.

3- Contudo, ainda que a corte seja genuína, iniciada por duas pessoas que vivem com propósito, dependem de Deus e entendem que o casamento faz parte disso, estão sujeitos a errar e colocar tudo a perder. Por isso é necessário o apoio dos pais, amigos, velas e discipulado. Essas são as proteções para que aquilo que começou bem continue no caminho certo.

4- A corte não é garantia de um bom casamento, ela é só um caminho até ele. O casamento precisa ser construído em uma base sólida, não em emoções aguçadas, empolgação e ilusão. Mas, mesmo edificado sobre uma base forte precisa continuamente de manutenção e vistoria.

5- O bom casamento não é aquele que é perfeito como um conto de fadas, até porque todos sabem que eles não existem, são fantasias.  E aquele que se casa e pensa que viverá uma eterna paixão, está iludido. Todo bom relacionamento passa por momentos de extrema alegria e regozijo, mas também enfrenta tempestades e desertos para então ganhar experiência e fortalecimento.

 

As vezes vemos os casais comuns e famosos nas redes sociais e pensamos que eles não tem nenhum tipo de problema. Criamos uma ilusão de um relacionamento perfeito, por vermos fotos, vídeos etc, e quando uma situação difícil vem a tona, nos chocamos. Isso na verdade foi só uma expectativa frustrada por um idealismo gerado em cima de algo fora da realidade.

Só entende o que é casamento quem vive o casamento. Eu por exemplo ainda estou conhecendo, tenho só oito meses de casada e muuuuito a aprender. O fato de termos nos relacionado na corte não nos impede de discordamos um do outro, de termos atritos, de passarmos por dificuldades. Entretanto o preço que pagamos em esperar, a história que construímos até aqui e o propósito de Deus, nos faz pensar antes de falar, pedir desculpas, reconhecer o erro e fazer tudo o que for necessário para termos uma família que expressa Cristo e a igreja.

Portanto, não deixe suas convicções só porque outros erraram, use essas experiências para vencer as suas dificuldades e consolidar ainda mais suas convicções. Deixe pra trás a visão romântica do casamento, entenda que ele faz parte de um propósito por isso na dificuldade, pare, pense e reveja a maneira como ele está sendo construído!

 

Com convicção!

 

dz

 

Danielle dos Santos
danielle@odiariodazoe.com.br
@danielle.dz
www.facebook.com/odiariodazoe


#Relacionamentos | Côrte – Resolvidos para casar.

noivos ok

 

 

Olá pessoal, tudo bem?

 

Esses dias tenho tido aulas de sociologia do casamento no seminário, e claro que isso me inspirou a escrever sobre o assunto para vocês. 🙂

 

Antes de qualquer coisa, quero desmentir algo que as pessoas têm a tendência de achar. Ela pensam que quando estamos prontos para casar, estamos TOTALMENTE resolvidos em TODAS as áreas da vida, que estamos perfeitos e etc, mas se chegarmos a esta “estatura de varão perfeito”, seremos assuntos aos céus e não chegaremos ao altar (o que não é má ideia! Rsrsrs). Mas, isso não nos exime de alinharmos nossas vidas para chegarmos ao casamento mais resolvidos que hoje, ou seja, mais “inteiros”. Para facilitar, vamos dividir o assunto em tópicos:

 

 

 

chorando

Resolvendo-se Emocionalmente

 

Essa é a primeira área que precisamos nos preocupar, pois se você não está inteiro emocionalmente, quando se unir a outra pessoa, terá sérios problemas de carência, de dependência emocional, que gerarão brigas, discussões, conflitos e etc.

Quando eu entreguei meu namoro (leia mais aqui!) para o Senhor, eu entendia que aquela era a vontade d’Ele, mas confesso que agi por fé e obediência, porque eu não entendia a real necessidade de fazer aquilo. Depois que eu respondi e comecei a avançar, compreendi que o plano do Senhor era que eu dependesse apenas d’Ele. Enquanto Ele não fosse suficiente para suprir as minhas necessidades emocionais, eu nunca poderia me relacionar, pois se tornaria algo doentio. Então, após o primeiro período de desintoxicação da outra pessoa, passei a contar com Jesus para tudo! Ao invés de ligar para o namorado de noite, eu falava com Jesus. Quando eu me sentia carente e sozinha, Ele que me abraçava (literalmente! 😮 ). Nosso relacionamento cresceu demais, foi um tempo muito bom!  Porém, certo dia eu fui provada, pra ver se o meu coração estava mesmo escondido em Jesus e eu falhei! 🙁

Infelizmente, eu achei que tudo já estava OK, que eu estava prontinha pra me relacionar, que as intenções do meu coração estavam alinhadas com as de Deus, mas foi aí que eu me enganei. Após descobrir que eu ainda não estava pronta, me pus a orar e alinhar meu coração com o de Jesus. Claro que Ele foi super misericordioso e usou dessa situação pra me ensinar.

 

 

 

preocupado finan

 

Financeiramente

 

Quem é que paga as suas contas?

 

Outro aspecto que hoje as pessoas não são resolvidas é no âmbito financeiro. Nunca vi tantos jovens com nome sujo e dívidas altíssimas. Eu não me excluo disso, pois estava nesse meio! 😮

Eu tinha empréstimos, dívidas de cartão de crédito, nome sujo… E na realidade eu nem sabia pra onde ia todo o dinheiro que eu devia, porque eu não tinha muitas roupas e nem andava com coisas tão caras.

Entendo que quando servimos à Mamon, ficamos presos nele e em tudo aquilo que ele nos proporciona. Eu vivia presa em dívidas, mas nem desfrutava daquilo que eu tinha gasto.

Quando entrei na corte e fiquei noiva, o milagre de Deus em minha vida financeira foi tão grande que sinceramente, eu nem me lembro como fiz pra quitar tudo o que devia e iniciar a vida de casada apenas com algumas dívidas do casamento mesmo.

 

 

 

 

orando

 

Espiritualmente

 

Duas prerrogativas para iniciar a côrte é ser crente e ter mais de um ano de fé. Você deve ter preenchido esses requisitos, mas é importante também que seja alguém maduro, porque a côrte não é um conjunto de leis, e sim deve ser vivida por revelação e por fé. Aqueles que tentam viver a côrte sem ter intimidade com Deus, ser guiado pelo ES, sem ter uma visão espiritual das coisas poderá não chegar ao final da corte com um noivado, porque o peso da lei é muito forte.

 

Busque ao Senhor não só pra ficar resolvido e se casar, mas pra desfrutar de um relacionamento primeiro com Ele.

 

 

 

felicidade

 

Aprendendo a ser solteiro

 

“Você só estará pronto para casar, quando aprender a ser solteiro. Só pode se casar um dia, quem já foi solteiro.”

 

Essa frase acima é bem verdade, porque não tem como você se comprometer com alguém se um dia não experimentou ser solteiro. Vejo alguns casos de pessoas que nunca foram solteiras, nunca aproveitaram disso em suas vidas e sempre estavam com algum “rolo” por aí. A parte ruim disso é que quando essa pessoa casa, ela quer viver a solteirísse e me desculpe, uma vez o compromisso assumido, não tem como voltar atrás.

 

Depois que terminei o namoro, eu tive que aprender a ser solteira… A contar com os amigos, a sair e não precisar dar satisfações, a não ficar refém de alguém, a não aprisionar alguém, enfim… Foram imensas as barreiras que tive que transpor, porque eu nunca tinha vivido daquela forma, estava realmente aprendendo.

 

Se você hoje é solteiro, com certeza deve ansiar por se casar, é claro! Eu te digo que casar é muito bom, mas que o tempo de solteiro também é precioso e aqueles que não aproveitam dele, algumas vezes se arrependem. Viva cada período da sua vida intensamente, pra Jesus e com Jesus, você pode ter certeza que não vai se arrepender.

 

 

Você se “encaixa” e alguns desses aspectos que comentei acima? Decida romper em cada uma dessas áreas e se resolver para que os propósitos de Deus em sua vida se cumpram, tanto em seu tempo de solteiro como através do casamento.

 

 

 

Com encargo,

 

 

 

 

Carol Assinatura

 

 

 

 

 

 

Ana Carolina Ferreira

anacarolina@odiariodazoe.com.br

@anacarolina.dz


#Testemunho |Corte – Rafael e Luana, um relacionamento tipicamente atípico!

foto

Olá. Somos Luana e Rafael. Vamos separar os parágrafos e temas para cada um. Primeiro as apresentações:

Rafael: Quando começamos a nos relacionar, em junho de 2014, eu era seminarista interno e já morava em Goiânia. Apaixonado por música, cultura e teologia. Sempre vi a Luana como amiga, e nada mais que isso.

     Luana: No início do nosso relacionamento morava em Itaberaí, a 100 km de Goiânia. Já cursava fisioterapia em São de Montes Belos, a 110 km de Itaberaí. Acordava todos os dias às 4:30 am para ir a aula e chegava às 15:00 pm. O restante do tempo estudava e me envolvia na igreja. Sempre gostei do Rafael como amigo e não o via como um futuro cônjuge.

Nossas famílias sempre nos “empurravam”, e o pessoal da igreja fazia uma certa torcida, mas demoramos muito para ver um ao outro como um interesse amoroso. Depois de um ano separados pela distância, algumas ocasiões nos permitiram reatar uma amizade e esse hiato nos fez com que olhássemos com outros olhos um para o outro.

Luana: Quando nos reaproximamos, percebi que ele me tratava diferente, com mais atenção, um tom de voz diferente, e no início não imaginava que ele tinha interesse em mim, mas eu estava aberta para ele e essa abertura fez toda a diferença.

  Rafael: Eu já estava orando a algum tempo e havia sofrido uma grande mudança de mentalidade, eu passei a identificar características específicas que me atraiam em uma mulher como esposa. Isso colocou as prioridades no lugar certo na minha mente, e desmistificou algumas coisas. Quando nós nos reaproximamos eu vi que a Luana não era moça para fazer côrte, era moça para casar. Como um homem crescido abandonei toda vergonha de adolescente e fui direto ao ponto, falei do meu interesse por ela e que aos meus olhos ela era moça para casar. É claro que ela ficou caidinha por mim.

Luana: Esses 100 km as vezes eram perto o bastante para ele fugir do seminário dias de semana para me visitar (se você é do sudeste entenda que 100 km para nós é longe). E as vezes era longe o bastante para ficarmos quase um mês sem nos encontrar. Foi aí que decidimos que no fim de 2014 eu me mudaria para Goiânia, transferiria minha faculdade e passaria a morar em uma república. Não tente fazer isso em casa rsrsrs, só tomamos essas decisões porque tivemos pleno apoio dos nossos pais, afinal sempre a nossa bússola para entender a vontade de Deus. Muito se fala hoje sobre autoridade espiritual, porém pastores e líderes não tem base bíblica para serem mais honrados que os pais. Nós não pedimos a autorização dos nossos pastores e sim aos nossos pais, então comunicávamos aos nossos pastores para que nos abençoassem. Andar nesses princípios foi uma grande bênção pra nós.

Rafael: Enquanto em cidades diferentes tínhamos sempre o costume de orar juntos mesmo que por telefone, e como Deus nos respondia. Ao organizar a cerimônia do casamento descobrimos que tudo que buscássemos o Senhor nos daria (que pena que não buscamos mais coisas). Ganhamos tudo que sonhamos, mas foi um grande teste de fé. O que nos fez permanecer foi sempre uma convicção e paz interior que mesmo em meio a discussões sérias podíamos perceber. O Senhor se fez muito presente. Uma grande dificuldade que tive foi a adaptação cultural. Tivemos criações muito diferentes, e é aí que se separam os meninos dos homens. Precisei ter maturidade para abandonar questões periféricas, como que tipo de batom eu gostaria que ela usasse, ou que estilo de musica ela deveria ouvir. Ao invés disso decidi focar nas coisas mais importantes, pelas quais fiz questão de discutir até o fim. Esse alinhar foi algo muito doloroso, processo esse que às vezes ainda temos que passar.

Quando a data do casamento foi se aproximando nós percebemos que não tínhamos poupado nenhum centavo e que não tínhamos nada. Pensamos em adiar a data várias vezes até que ouvimos o seguinte conselho: “não adie seu casamento, nem um mês, nem um dia, nem um minuto.” Foi aí que decidimos acreditar no alinhamento divino, e então, e só então as coisas começaram a acontecer. Aprendemos que ser adultos algumas vezes significa entrar por um caminho sem volta. É quando você é obrigado a tomar decisões irreversíveis. Sabemos que o planejamento prévio era o melhor caminho, porém, naquelas circunstâncias seria para nós uma escolha contrária aos impulsos do Espírito em nós.

Nossos amigos e familiares se envolveram no nosso sonho e entraram conosco de cabeça, possibilitando não apenas que a cerimônia acontecesse, mas também que nós acreditássemos de verdade que tudo iria dar certo.

Se pudéssemos deixar uma mensagem apenas, diríamos “escute a voz de Deus”. Isso implica em escutar o seu espírito, o seu companheiro, seus familiares, e as demais pessoas que Ele colocou na sua vida. Em nossa experiência entendemos que o casamento não é o desfecho, mas sim o início da jornada de uma família.

Por isso não se relacione para casar, mas sim com a intenção de ser casado, ter um cônjuge, construir uma família, levar uma pessoa a viver os melhores dias da vida dela ao seu lado.

foto1

Rafael e Luana – Hoje fazemos planos de quando adotaremos um cachorro, quando adquirir um automóvel, e de quantos filhos teremos. Estamos em obras 😉

 

Testemunho: Rafael e Luana
Igreja: Videira – Goiânia

Se você também tem um testemunho, envie um  e-mail para: contato@odiáriodazoe.com.br
Lembre-se o testemunho edifica a igreja, não deixe de compartilhar.


#Aconteceu | Casamento Rafa & Dani – O Grande Dia! <3

Image-1OK

 

Olá pessoal!

 

Os dias foram bem corridos antes e após o casamento da Dani. Estou dizendo que para uma blogueira eu fui uma ótima madrinha… rsrsrsrsrs, mas consegui gravar um pouco do que aconteceu no grande dia para mostrar à vocês. Sei que muitos estavam curiosos e ansiosos, então vamos logo ao vídeo do casamento dos sonhos:

 

 

Como puderam ver, foi tudo muito lindo e choramos litros e mais litros… creio que em breves posts a Dani contará um pouco de como foi a experiência para ela e sobre a lua de mel também! 🙂

 

Se você ainda ficou com curiosidade, pode pesquisar pela hashtag no Instagram #rafaedani021115 e confira as fotos que alguns convidados postaram no dia do casamento.

 

Não esqueçam de curtir, compartilhar o vídeo e se inscrever no canal do Diário da Zoe no Youtube.

 

 

Grande abraço!

 

 

pickerimage

 

anacarolina@odiariodazoe.com.br

Insta: @anacarolina.dz

Snap: anacarolina.dz


#Relacionamentos | A Morte do Namoro – Pr. Ivan Rodrigues.

Olá! 🙂

 

A entrevista de hoje é com o Pr. Ivan Rodrigues, ordenado na Conferência dos Vencedores deste ano. Ele já escreveu sobre a morte do namoro aqui no blog e fala um pouco mais sobre o assunto no vídeo. Confira!

 

 

 

Não esqueça de curtir, compartilhar o vídeo e se inscrever em nosso canal no youtube! 😉

 

O diário da Zoe.

 


#Testemunho | Voto – Joyce Corrêa.

12144930_1186405651375692_8335445171664273479_n

Hello!!!

 

Com toda certeza do mundo você ficou com curiosidade para saber a historia do voto da Joyce Corrêa, que postamos a foto em nosso face na semana passada! hahahaha…

 

Vamos então matar a sua curiosidade, segue o testemunho dela 😉

 

No começo desse ano senti de raspar o cabelo logo após uma vigília na igreja Dinamus. Aquilo queimou em meu coração de uma forma inexplicável. Mas abafei o caso (pensei que era algo da minha imaginação e nem se quer orei a respeito).

Sábado dia 04/10 novamente em uma vigília no mesmo lugar, Deus libera o mesmo desejo, e para ser mais sobrenatural, liberou visões, sinais e palavras. Eu saí daquela vigília decidida no que ia fazer, pois Deus me tocou de uma forma tão real, não era algo da minha mente. Deus usou uma moça para liberar uma palavra em minha vida, ela falou: “Deus pede para você seguir com o que você viu, ouve a voz do espírito, pessoas próximas não vão te apoiar.” E de fato foi assim. Após a ceia no domingo falei para os meus discipuladores e para o meu líder. Cheguei em casa e falei para a minha mãe (que não gostou). E aguardava a segunda para informar minha chefe.

Deus conduziu absolutamente tudo. Orei a respeito e já tinha dia e hora para cortar, dia 7/10 as 18h.

Fui em um salão próximo da minha casa. Primeiro foi tirado o cumprimento do cabelo (doei crianças com câncer). E falei: passa maquininha zero! Confesso que pensei que ia chorar, sofrer, mas graças a Deus não sofri nada, fiquei tão feliz e satisfeita que sinceramente pensei que ia ser arrebatada hahahahaha. Testemunhei sobre o amor de Deus e foi tremendo. Assim tem sido após renunciar os meus cabelos que cobriam a minha nuca.

Estou muuuito feliz, e crendo no melhor de Deus .

 

12166676_1188543521161905_2036596758_n

Achamos interessante compartilhar o testemunho da Joyce, para que vocês tenham uma visão diferente do voto. Que não é uma versão gospel da promessa (sempre esperando alcançar alguma bênção), mas sim uma marca que você faz em si para não se esquecer da consagração que fez ao Senhor, ou até mesmo como foi com a Joyce, uma marca para quando perguntem para ela o porque de estar sem os cabelos, ela testemunhar do amor d’Ele e impactar vidas.

 

Um dos versículos que se aplica ao testemunho da Joyce é I Coríntios 1:25:29:

 

Porque a loucura de Deus é mais sábia do que os homens; e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens.
Porque, vede, irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem muitos os poderosos, nem muitos os nobres que são chamados.
Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes;
E Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são;
Para que nenhuma carne se glorie perante ele.

 

Espero que tenham sido edificados com o post sobre voto, com os testemunhos que temos compartilhado e se o Senhor estiver falando com você sobre isso, não hesite em obedecê-lO.

 

Se você ainda tem dúvidas sobre o assunto, deixe nos comentários ou nos mande um e-mail. 😉

 

Grande abraço,

 

pickerimage

 

E-mail: anacarolina@odiariodazoe.com.br

Insta: anacarolina.dz

Snap: anacarolina.dz

 

 


#Testemunho | Do namoro para a Côrte – Pr. Adriano Rieffel e Erika Furlan.

Confira o testemunho do Pr. Adriano Rieffel e da sua esposa, Erika Furlan. Eles decidiram caminhar em santidade e hoje tem colhido os frutos dessa decisão.

 

 

Testemunho: Pr. Adriano Rieffel e Erika Furlan.

Igreja: Videira Jova Rural – São Paulo/SP

 

 

Lembre-se, o testemunho edifica a igreja. Compartilhe o seu conosco através do e-mail contato@odiariodazoe.com.br.

 

O Diário da Zoe


#Relacionamentos | Corte – Voto.

pray_2

 

Hello! 😉

 

Tudo bem com vocês?

 

Como sempre, estamos sumidas e corridas, mas é por boas causas.  🙂

 

Hoje vamos falar sobre VOTO. Afinal, o que é isso?

 

De acordo com o dicionário informal voto é a promessa que alguém faz à divindade, para obter uma graça ou simplesmente para agradá-la. Uma oferenda em cumprimento dessa promessa: depositar o voto ao pé do altar.

Lendo essa definição parece até aquelas religiões que temos que agradar os santos, mas calma, vou explicar direitinho.

 

Na bíblia, temos o exemplo do voto de Ana, onde ela pede ao Senhor um filho e faz o voto de entregá-lo para servir ao Senhor como sacerdote e que ele não cortaria seus cabelos.

E fez um voto, dizendo: Senhor dos Exércitos! Se benignamente atentares para a aflição da tua serva, e de mim te lembrares, e da tua serva não te esqueceres, mas à tua serva deres um filho homem, ao Senhor o darei todos os dias da sua vida, e sobre a sua cabeça não passará navalha.

1 Samuel 1:11

 

Muitos cristãos, principalmente os do nosso meio, acham que para iniciarem a corte ou se relacionarem, precisam fazer um voto, como se fosse algo cabalístico.  Bom, não é necessariamente assim que as coisas acontecem. Temos que lembrar que nosso Deus é gracioso e não temos nenhuma obrigação de fazermos coisas pra comove-lo ou até mesmo merecer “a graça alcançada” com alguma promessa, mas podemos sim fazer votos não para atingir o Senhor e sim como marca de uma consagração nossa ao Senhor, para que nós não esqueçamos o voto que fizemos.

 

Em meu período de solteirísse fiz um voto com o Senhor, foi algo bem pessoal, eu precisava fazer um voto como sinal da minha consagração ao Senhor e só me relacionar ou entregar meu coração para o homem com quem eu me casaria.

Sempre fui meio doida, falo com Jesus a todo momento… Costumo dizer que conversamos bastante. E me lembro que eu estava andando na rua e falando com Jesus, foi então que entrei no assunto de casamento, que eu tinha o desejo de fazer um voto, pra que todas as vezes que eu me lembrasse do voto ou olhasse para o que eu ia fazer, me lembraria da consagração que fiz da minha vida sentimental e do meu coração. Comecei a pensar sobre o que fazer?

 

Um voto não pode ser algo fácil e muito menos algo que cairá no esquecimento, a palavra já nos diz para não fazermos voto de tolo, ou seja, fazer um voto que não vamos cumprir.

Quando você fizer um voto, cumpra-o sem demora, pois os tolos desagradam a Deus; cumpra o seu voto. É melhor não fazer voto do que fazer e não cumprir.

Eclesiastes 5:4,5

 

Olhei ao meu redor e pensei: podia ser algo de comer…kkkkk mas como estamos em constantes jejuns, não seria um diferencial. Depois pensei que teria que ser algo bem penoso pra mim e que fosse aparente. Foi então que eu tive a brilhante ideia de não cortar meu cabelo (tipo Sansão kkkkkk) até o dia do meu casamento. Porque o cabelo?

Pra quem me conhece antes desse período do voto, sabe que sempre fui meio doida com meus cabelos, sempre enjoei fácil dos cortes e metia a tesoura mesmo. Então de fato, foi algo bem difícil de manter e que eu não esquecia nenhum dia, porque meu cabelo quebrava as pontas e eu não podia nem acertar. rsrsrsrs

 

O voto é um passo de fé e confiança que o Senhor fará algo, porque eu poderia muito bem estar solteira até hoje e meus cabelos já estarem varrendo o chão. Mas o Senhor é rico em misericórdia e me honrou muito, providenciando um marido lindo e rápido. Hahahahahaha…

 

Nesse período de voto, as pessoas me zoavam muito, me marcavam nas redes sociais em fotos de mulheres com os cabelos nos pés, cabelos despontados e mal tratados. Fora a vontade incontrolável de cortar meus cabelos, minha mão coçava pra fazer algo.

 

cabeloslongos2

 

 

A dica que dou é que se você pense em fazer um voto, precisa pensar em todos os aspectos que o envolvem. Se você dará conta de manter o voto de pé, se não cairá no esquecimento, se você está fazendo algo com propósito e o mais importante, você saber que esse voto não é pro Senhor e sim pra você!

 

Explicando melhor o que eu disse no inicio do post, o voto assim como o jejum, é pra que você se lembre da consagração que fez, o Senhor continua belo, lindo, poderoso, maravilhoso, com ou sem o seu voto. Então, não pense que o fato de eu não cortar o cabelo fez com que o Senhor mandasse logo meu esposo, Ele poderia era ter me provado e deixado o cabelo chegar no pé! Mas vocês sabem que a graça de Deus é maravilhosa, né?! hahahhaha!!

 

Me casei com os cabelos na altura da cintura – a ultima ponta dele, né?! – , até fiz uns cachinhos pra poder disfarçar as pontas, mas mesmo assim não dava pra esconder o tamanho do cabelo.

 

eu noiva1

 

Algumas semanas depois que me casei cortei o cabelo e até hoje não paro de cortar, até raspar uma parte careca, raspei! 😮 hahahahahaha!

 

1511164_629759573753561_440756303_n

 

 

Alguma vez você fez voto? Compartilha com a gente! 😉

 

 

 

Abraços,

 

 

pickerimage

 

 

 

 

E-mail: anacarolina@odiariodazoe.com.br

Insta: @anacarolina.dz

Snap: anacarolina.dz


 
1 2 3 5
 
Top