Blog sobre relacionamentos, corte e lifestyle cristão.
 
 

Relacionamentos

#Relacionamentos | Pré -corte?

 

Oi, gente!

Já falei que falta pouco pro meu casamento, né? Ainnn… não vejo a hora! 😀

Estamos super atarefadas, pois é a semana do primeiro Seminário da Corte organizado pelo DZ e as expectativas são grandes.  Aproveitando que estou me preparando para falar muito sobre corte no seminário, lembrei de um termo que ouvi recentemente a “Pré-corte” e  resolvi  escrever esse post, porque… affs!

Como assim “Pré-corte” ? :O Pois é, essa é a minha cara ao ouvir sobre isso.

 hein

O que é a Pré-corte?

Segundo os especialistas praticantes dessa modalidade, a pré-corte se caracteriza pela amizade entre duas pessoas que são candidatos à corte. Esses “amigos íntimos” trocam mensagem por WhatsApp horas a fio, ligam um para o outro, saem juntos e os demais amigos já tratam os dois como um casal. Ah, mas vale ressaltar que não é oficial é só a “Pré-corte”.

 meme_pare

Opaaa, para tudo!

Quer saber a verdade nua e crua da pré-corte? Vou te contar. A pré-corte nada mais é do que um “namorico”! Ridículo esse nome, né? Mas a pré-corte é exatamente assim, ridícula. É a banalização de uma visão que é uma benção de Deus pra nós.  Você deve estar pensando “Nossa, Dani! Por que você é tão radical com isso?“

Quero, então, esclarecer o porquê de ser tão radical com respeito à pré-corte. Ela se caracteriza por aspectos que são vividos em determinado estágio da corte, só que de forma não oficial, ou seja, não tem a benção para acontecer e isso caracteriza rebeldia.

Viu como é mais sério do que parece? Infelizmente, no meio da igreja isso tem acontecido “por atacado” e tem gerado muitos corações defraudados.

jack

Como não cair nessa?

Precisamos, antes de tudo, ter informação. Você precisa saber o que é a corte e, principalmente, decidir se quer andar nesse caminho ou não. Você precisa ter a revelação de que a corte não é um ajuste que os crentes fizeram no “namoro” tirando o beijo e o sexo e continuando com as conversas, flertes e mentalidade envolvidos no namoro.

No meu tempo de espera, tomada pela ansiedade, me peguei vivendo uma pré-corte. Comecei uma amizade sem nenhuma outra pretensão além do compartilhar da vida de Deus. Acontece que as conversas pela internet passaram para o celular. Todos os dias, no mesmo horário, lá estava eu no celular contando todo o meu dia para esse amigo. Isso gerou confusão nas minhas emoções e criou um laço emocional.  Comecei a cogitar que esse meu “amigo” poderia ser um pretendente à corte mas, como já falei, essas conversas acontecem “na corte”. Fui transparente com minha liderança e, quando aquilo começou a me incomodar, compartilhei com minha discipuladora que,  sabiamente, me orientou a dar um fim nessa história.

Me senti horrível naquele dia, pois estava entregando meu coração ao poucos para um amigo.

No meu caso, não chegamos ao nível de pré-corte de conhecer famílias, sairmos juntos, etc., mas talvez isso só não tenha acontecido porque esse meu amigo morava em outra cidade.

Quero, então, deixar algumas dicas para que você passe bem longe de viver algo assim:

 

  • Não se precipite

Atente-se para o que a palavra de Deus diz:

Não despertem nem incomodem o amor enquanto ele não o quiser.
Cânticos 8:4

 

Você já viu alguém que se precipita no falar? Há mais esperança para o insensato do que para ele.
Provérbios 29:20

 

  • Diga não à intimidade sem compromisso


Existe uma grande diferença entre amizade e intimidade, saiba dar limites às suas amizades. Esses limites é você que precisa estabelecer.  Uma dica saudável para uma amizade sem segundas intenções com o sexo oposto é incluir outras pessoas nas conversas.

 

  • Não aceite insinuações

 

É possível se envolver em uma pré-corte apenas por se deixar levar pelas insinuações dos amigos, que sugerem que há “um clima” diferente entre você e “tal amigo(a)”. Seja posicionado e corte esse tipo de brincadeirinha. Infelizmente no meio da igreja, muitos irmãos ainda tem a mentalidade mundana de “cupido” e querem dar uma mãozinha para Deus.

 

  • Não estabeleça a corte em uma base errada

 

Sempre que tiramos Deus do centro somos facilmente dominados pela paixão e podemos cair nas bases erradas de um relacionamento: O flerte e a paixão platônica.  Tudo isso se resume em ilusão e com toda certeza acabará em frustração.

Tem uma frase/pergunta muito boa para isso:

 

Quando você olhar para sua história de amor, ela te fará chorar de alegria ou de remorso?

 

 

  • Tenha bons conselheiros

Precisamos valorizar nossos pais e líderes, pois Deus colocou essas pessoas em nossas vidas para nos ajudarem a cumprir o propósito d’Ele. Seja transparente com seus conselheiros e conte tudo a respeito de seus sentimentos e a respeito de suas amizades, lembre-se do que a palavra diz:

 

Não havendo sábios conselhos, o povo cai, mas na multidão de conselhos há segurança.
Provérbios 11:14

 

YES – Corte | NO – Pré-corte

Espero ter esclarecido suas dúvidas sobre a pré-corte. Que você decida andar pelo caminho sobremodo excelente da CORTE até o casamento. 🙂

 

Com amor ♥,

 

20140417-103021.jpg

 

 

 

 

@danielle.dz
danielle@odiariodazoe.com.br
facebook.com/odiariodazoe


#Relacionamentos | Hall da Corte – Enquanto espero… O que eu faço?

espera-no-senhor_okOK

 

Já falamos muito sobre espera, tempo certo para se relacionar e etc… Mas sabemos que muitos ainda têm dúvida do que fazer nesse período de espera, pois o mundo ao perverter os valores das coisas, prega pra nós que só aproveitaremos a vida se estivermos com alguém, o que não é verdade.

 

Confesso que eu também tinha esse pensamento e dúvidas, pois dos 15 aos 20 anos eu estava envolvida em um relacionamento (sim, foi muito tempo… Pasmem!! Kkkk) e quando me encontrei com Jesus e fui direcionada a terminar aquele namoro, pensei: E agora? O que vou fazer? Ele era meu companheiro em tudo… E todas aquelas dúvidas vieram à minha mente.

Hahahahaha… Como somos limitados, né!? E acabamos limitando o agir de Deus (só na nossa mente, é claro, porque Ele não deixa de ser Deus e soberano), óbvio que só penso isso hoje, porque no momento eu só chorava por ter aberto mão daquele relacionamento, mas cri que Deus faria algo. Aleluia, Ele fez!

 

Acredito que algumas das coisas que eu fiz em meu tempo de espera, de Hall da Corte, possam te ajudar, vamos lá?

 

 

1. Desenvolva um relacionamento com Deus

relaGodok

Sempre falamos isso pra vocês, pois o relacionamento com Deus é a base de tudo! Não há como eu me relacionar com os irmãos ou com alguém para o casamento, se não me relaciono com o Pai.

Depois que terminei o namoro eu fiquei “sozinha”, foi quando me vi em uma situação de extrema necessidade de Deus. Na verdade eu só tirei da minha vida aquilo que estava barrando meu relacionamento com Ele. Nos primeiros dias não foi fácil, mas me apeguei de fato ao Senhor e tive as mais doidas experiências com Ele em meu quarto. Conto sempre quando ministro sobre as vezes que eu dormia literalmente nos braços de Jesus e Ele me consolava. 🙂 só de lembrar já quero chorar, pois vi ali como Ele estava cuidando de mim. Como falamos no post sobre carência, fomos feitos para ter relacionamento com Deus.

 

 

2. Invista em você!

O tempo de espera é o tempo que você mais deve ser egoísta… Como assim, Carol? Isso mesmo! Seja egoísta no sentido de focar em você. Focar em seu crescimento com Deus, com seus amigos, família, nos seus estudos, na sua profissão e etc. Nesse tempo, dedique-se a leitura, a assistir filmes e séries que vão te enriquecer culturalmente, matricule-se em um curso de língua estrangeira, faça tudo o que você não poderá mais fazer quando for casado, pois como Paulo diz, o casado cuida das coisas de casado (I Co 7:33).

 

 

3. Desfrute da companhia dos amigos

friend

Outra pratica que mudei em minha vida foi em relação aos outros relacionamentos, os de amizade. Sai daquele mundinho do namoro onde só existia ele e eu, e parti para conhecer pessoas novas e até mesmo as que já estavam comigo há um tempo, mas não tive a oportunidade de conhecer de fato. Nesse tempo, ter a Dani ao meu lado (BFF *_____* ) foi fundamental pra eu experimentar coisas novas e ter sempre companhia para ir em qualquer lugar que fosse. Comecei a ir às conferências e a fazer amigos em outros lugares, amizades que perduram até hoje. 🙂

 

 

4. Invista no seu ministério

tesouro

Esse é o tempo de você buscar a Deus com relação ao seu chamado, se aplicar na célula, ser um membro do corpo que funciona.

Confesso que eu nunca avancei tão rápido no ministério como nesse tempo de espera. Me joguei de cabeça na liderança da célula, fiz eventos evangelísticos, multipliquei e como estávamos implantando a visão em nossa igreja, eu liderava a rede de jovens. Foi um tempo muito bom! A cada rede tínhamos experiências e mais experiências com o ES. Era até engraçado, pois éramos em poucos, mas mesmo assim fazíamos o louvor, a palavra e orávamos em muitas cadeiras vazias, que hoje em dia senta uma pessoa convertida. Aleluia! Seja intenso nesse tempo, lembre-se, Paulo também fala que o solteiro cuida das coisas do Senhor (I Co 7:32).

 

 

5. Ande mais perto da sua família

Siiiimmm!! A família é peça fundamental nesse tempo de espera, inclusive quando você se casar, sentirá certa falta deles, portanto, aproveite!

Como sou a única filha menina e tenho 3 irmãos mais velhos, sempre tive um bom relacionamento com meus irmãos e no tempo de espera eu pude ser mais amiga deles, fomos ao cinema, fazíamos coisas juntos e hoje continuamos com essa amizade.

 

É importante que no tempo de espera você “agilize” as coisas para o casamento, que você se resolva em algumas áreas da sua vida, assim tudo correrá mais rápido. No post Enrolados indicamos o livro “Uma vida resolvida” do Pr. Ricardo Guimarães. Esse post/livro é muito bom para detectar áreas e situações que precisam ser ajustadas.

 

Não há nenhum segredo para o que se pode ou deve fazer enquanto se espera pelo start para a corte, se você é nascido de novo e segue a dica 1, o próprio ES irá te conduzir a fazer tudo o que precisa.

 

Você tem mais alguma dúvida sobre o que fazer no tempo de espera? Deixe sua pergunta nos comentários ou nos mande um e-mail em contato@odiariodazoe.com.br. Teremos o imenso prazer em te responder. 😉

 

 

Um grande abraço,

 

 

 

pickerimage

 

 

 

 

 

anacarolina@odiariodazoe.com.br

@anacarolina.dz


#Testemunho | Mariana Loh – Casamento + Missões + Desafios.

IMG_1432

 

Pra você que acompanhou a primeira parte do testemunho da Mariana Loh, temos um pouco mais para compartilhar com você!

 

 

Lembre-se, o testemunho edifica a igreja! Compartilhe o seu conosco também através do e-mail: contato@odiariodazoe.com.br.

 

Grande abraço,

 

O Diário da Zoe.


#Relacionamentos | Corte – Como começar?

Start-Line__

 

 

O título desse post é a dúvida que permeia a mente de muita gente que já entendeu que a corte não é o substituto do namoro, que ela foi estabelecida com o propósito de conhecer a outra pessoa para o casamento, que é vivida por revelação e não leis/regras e que precisa estar alinhada com o propósito eterno de Deus.

 

No post Corte – Já posso nisso? falamos sobre os requisitos para saber se já estamos prontos para relacionar na corte. Se você já está pronto, pode partir para a parte prática! 😉

 

 

1 passo: Orar

 

 

menina_rezando

 

Hahahaha com certeza você achou que eu ia falar que era pra você avistar alguém para conversar e oficializarem a corte!?!?! Vamos com calma… Somos seres espirituais guiados pelo ES, então o primeiro passo é sim a oração. Para alguns quando falamos de oração, já pensam que queremos enrolar, deixar o tempo passar… Mas pelo contrário! A oração estabelece a conexão com Deus, que é quem te direcionará na escolha da pessoa que irá cumprir o propósito d’Ele ao seu lado pelo resto dos seus dias, então é importante consultá-lo para não perder o seu tempo em algo que Ele não é para você. O mundo banalizou o casamento e isso fez com que as pessoas, mesmo as crentes, pensem que se não der certo podem desfazer o “contrato” do casamento e partir pra outra. Quero te dizer que esse é um pensamento satânico, porque o casamento não é um contrato e sim uma aliança e alianças são eternas. Por isso a grande importância da oração, porque se você errar, o erro será para o resto da vida… Até que a morte os separe.

 

 

 

2 passo: Observar

 

tumblr_md0xw2Oxvj1ryfqeb

 

 

É importante que no tempo de oração você peça para o Senhor tirar as vendas dos seus olhos para que você possa enxergar as qualidades e defeitos das pessoas que te cercam, pois assim como falamos no post Sapo ou Príncipe, o seu príncipe/princesa pode estar do seu lado e você está julgando como sapo.

Observe os irmãos que já tem as prontos para se relacionar, assim como você. Veja se são frutíferos, intensos na obra, se trabalham e etc.

 

 

 

3 passo: Alinhe com a sua liderança

 

 

Desde que a intenção de casar surgiu em seu coração, é importante compartilhar com a sua liderança, para que você seja coberto de oração e seja instruído. Muitas vezes quando estamos dentro de uma situação, não conseguimos enxergar as causas e efeitos de forma abrangente, então é sim importante que a liderança esteja envolvida em todo o processo. Tem alguns irmãos que são super exigentes, se acham o melhor partido da igreja, mas não olham para si… E nada melhor do que um discipulado para aparar essas arestas.

Sua liderança nunca substituirá o ES, mas poderão te instruir dentro da palavra e te acompanhar nessa decisão super importante, que é com quem você irá passar o resto da sua vida.

 

 

 

4 passo: Envolva seus pais

 

 

Muitas pessoas agem conforme o mundo e acabam escondendo o processo de oração, de espera e observação de seus pais. Quero te dizer que a corte envolve sim a família, o contrário do namoro, que exclui. A família é peça chave para que o seu relacionamento avance. Seus pais não querem o seu mal, eles te amam e se não concordam com algo, é bom ponderar.

 

 

 

 

5 passo: A apresentação

 

tumblr_lp5wznp9971qf2oo3o1_500

 

 

Após todos os “sims” de Deus, dos pais, da liderança, das condições, é tempo de a sua liderança entrar em contato com a liderança da pessoa que há o interesse para que comecem a orar juntos e especificamente pelo relacionamento. Se a paz que é o árbitro em nossos corações permanecer confirmando no coração de todos para que o relacionamento prossiga, a corte é oficializada e de fato você pode começar a colocar em pratica as dicas do post o que fazer durante a corte. 😉

 

 

Lembre-se, cada um de nós é um indivíduo, portanto o que listei acima pode talvez acontecer de forma diferente com você em parte do processo ou nele todo.

 

 

Esse post foi inspirado nas perguntas do Leonardo Lopes Barbosa, da igreja Videira de Itaquera, São Paulo.

 

 

Ainda tem dúvida?

 

 

Fique a vontade para nos perguntar!

 

 

 

Um grande abraço,

 

 

pickerimage


#Testemunho | Mariana Loh – Conversão + Chamado + Corte.

2015-07-06 17.27.55

Oi gente!

 

Como sabemos que vocês gostam muito de testemunhos, trouxemos a Mariana Loh do Vlog Cartão Postal para contar sobre a conversão, o chamado pastoral e missionário e claro, nos contar sobre a corte.

 

Confere aí:

 

Fiquem ligados, pois esse testemunho terá mais uma parte!

 

Não esqueça de se inscrever em nosso canal do Youtube para receber as notificações quando tiver vídeo novo. 😉

 

 

Grande abraço,

 

O Diário da Zoe

contato@odiariodazoe.com.br

@odiariodazoe


#Relacionamentos | Afinal, qual o problema do namoro?

namoro

 

Muitos nos perguntam por que pregamos tanto a corte, porque levantamos essa bandeira e não abrimos mão disso? Afinal, qual o problema do namoro?

 

O namoro em si não tem problema nenhum, inclusive a premissa inicial dele é bem parecida com a corte, um relacionamento para as pessoas se conhecerem e se casarem. Muitos casamentos cresceram nessa base, mas o problema real está em: O QUE FIZERAM COM O NAMORO?

 

 

O tempo certo

TIME

Como o relacionamento visa o casamento, entendemos que deve ser desfrutado por pessoas com condições para tal, com os estudos completos, com um trabalho estabilizado, em uma idade considerável e uma série de questões naturais resolvidas para que dentro de pouco tempo o casamento seja consumado. Porém, a alteração drástica feita foi meninos e meninas de 12 a 18 anos namorando, sem estudos completos, sem estabilidade de nada, sem nenhuma pretensão de casamento… Namoros com a extensão de 10/15 anos, porque foram iniciados em uma idade completamente errada.

 

A amizade

O tempo para desenvolver amizade com a pessoa, conhecê-la melhor e checar as intenções são trocados por amassos, carícias, beijos sem fim e porque não dizer sexo!?!

tumblr_inline_mwy01laKRi1ru2zi4Cobranças desnecessárias também são inclusas nesse pacote e vemos muitos rapazes agindo como donos das moças, as proibindo disso e daquilo. Existe também a interferência nas outras amizades, pois como agora o casal está junto, ninguém quer ficar por perto, pois ou estão brigando ou se beijando e ninguém gosta de ser espectador desse tipo de “novela”. Isso afasta todas as outras amizades.

 

 

A Família

Dentro de um relacionamento o papel da família de ambos é fundamental para conhecer como a pessoa é dentro de casa, como valoriza aqueles que moram com ela, sem contar que precisam ter a bênção dos pais que são autoridade para se relacionar.

No atual namoro vemos que a família é o de menos, muitas vezes os pais não sabem do namoro, ou não aprovam, mas mesmo assim as pessoas estão lá sendo rebeldes, desobedientes e excluindo a família de tudo, afinal, “importa que eu seja feliz e a minha família não quer ver a minha felicidade!”. (parece até fala de novela mexicana…kkk)

A palavra de Deus é clara quando nos ordena a honrar o pai e a mãe para que os nossos dias na terra se prolonguem. Fique ligado nisso… Nem sempre você está vendo as coisas do ângulo certo, pois quais pais desejam o mal para os seus filhos? Qual pai o filho pedindo pão lhe daria pedra? Você pode até me dizer: Aaaaah Carol, você não conhece os meus pais! Realmente, não conheço, mas conheço a palavra de Deus e te digo que por pior que você ache que eles sejam, você deve honrá-los.

 

 

Troca de valores

Sempre falamos que não namoramos pra casar e sim casamos pra namorar, pois o tempo do namoro que deveria ser gasto/investido está sendo consumido pela vida de casal que aparenta ser até casado pelas brigas, crises, intimidades, cobranças e etc.

cryMuitos casais que namoram milhares de anos, quando se casam, não duram 1 ano juntos, acabam separando, pois não aguentam a pressão de um relacionamento sério. Exatamente porque no tempo de namoro isso não foi encucado e desenvolvido na pessoa.

 

 

Mas existe um pergunta que não quer calar: o que fizeram com o namoro? Pois bem… Quando as essências são perdidas, todo o resto se perde. O namoro entrou nos padrões do mundo e o mundo já está no domínio de satanás, ele não quer ver o plano da família se concretizar.

 

Então a corte é um substituto do namoro? De forma nenhuma! A corte é um caminho sobremodo excelente para os relacionamentos com propósito, e esse propósito que falamos não é o propósito de casar, de ter filhos e muito menos de ser feliz, o que enfatizamos é o propósito eterno de Deus alinhado com o nosso relacionamento com a outra pessoa. 😉

 

Se você namora, quero te encorajar a analisar cada tópico deste post e refletir se você tem namorado com as intenções e padrões deste mundo, ou tem agido em santidade e se relacionado com propósito.

 

 

Com amor,

 

pickerimage

 

@anacarolina.dz

anacarolina@odiariodazoe.com.br


#Dica | Livros – TOP 5 Relacionamentos!

top 5

 

Vocês sabem que nós lemos muitos livros – nesse período de seminário não tenho lido tanto como gostaria, mas estou lendo ainda… rsrsrs – e hoje quero compartilhar com vocês o TOP 5 de livros que li antes de me casar que foram bênção em minha vida e fez com que eu visse a questão dos relacionamentos de forma diferente. 🙂

 

 

 

1. Romance a Maneira de Deus – Eric e Leslie Ludy

roamnce

 

Esse eu li quanto tinha uns 15/16 anos, peguei emprestado com a Tia Cátia e devorei o livro muito rápido. A história desse casal é linda!! Eles resolveram andar debaixo da vontade de Deus nos relacionamentos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2. Corte X Namoro – Naor Pedroza

 

corte

 

Depois que se ouve falar em corte, esse é o livro que todos querem ler para tirar as dúvidas e entender de fato o que é a corte. Muito bom!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3. Garoto Encontra Garota – Joshua Harris

 

garoto

A Dani já deu a dica de leitura desse livro aqui no blog. Ele é realmente muito lindo! Quando eu o li, não estava prestes a entrar na corte e muito menos interessada no assunto… kkkk eu estava namorando e querendo viver o mesmo que o livro relata, só que dentro de um namoro sem propósito. 🙁 Ainda bem que Jesus é lindo e abriu os meus olhos e me casei com o melhor marido de toda face da terra!! Hahahaha (Você deve pensar igual sobre o seu esposo/noivo/corte, não é?! Kkkk

 

 

 

 

 

 

 

 

 

4. Porque algumas pessoas conseguem se casar e outras não, segundo a bíblia? – Naor Pedroza

 

porque

Quando vi o título desse livro me despertou um grande interesse sobre o conteúdo dele, pois na época eu estava orando por um esposo e achei que ali teria a resposta para os erros que eu estava cometendo e que estavam barrando meu esposo de se achegar a mim… hahaha!! Eu adorei esse livro, pois ele fala a respeito de propósito e com o título já fala, é casar segundo a bíblia! 😉

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

5. No Hall da Corte – José Carlos Melo Jr.

 

no-hall-da-corte

Hoje esse livro é uma coleção de 5 livros, mas na época que li era apenas um livro com toda a informação. Mas o conteúdo é o mesmo. O Pr. José Carlos fala de uma forma despojada sobre o assunto e gostei muito das abordagens para a pessoa que está no tempo de espera. Até hoje indico a leitura desse livro para os adolescentes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Você já leu algum desses livros? Compartilha com a gente!

 

 

 

 

Um abraço,

 

 

pickerimage

 

 

 

@anacarolina.dz

anacarolina@odiariodazoe.com.br

 

 


#Relacionamentos | Corte – Como achar a mulher certa?

white_lupa_oka

 

Oi gente,

Estou empolgada, Deus é mesmo demais! Estava pedindo um tema pra essa semana e Ele deu não só o tema, mas já me trouxe todas as palavras pra usar de referência.  Glória a Deus por isso! 😀

Bem, hoje o post é para os homens, mas se você é mulher é interessante ler. Eu sempre li tudo de homem e de mulher até mesmo pra eu saber como agir em determinadas circunstâncias.

Então vamos lá! ♥

É comum vermos casais no meio da igreja completamente desconexos. Com um relacionamento aquém da vontade de Deus e o ministério completamente paralisado. Tudo isso por causa de escolhas erradas.  E não tem nada pior do que perder oportunidades por ter escolhido errado. Afinal a culpa é nossa.

Quando falamos de casamento temos os dois lados. Mulheres que não avançam por causa do marido e homens que não avançam por causa da sua esposa.  Ambos estão em uma situação complicada, mas no caso do homem é muito mais delicado, pois Deus criou a mulher justamente para ser a ajudadora dele. A mulher que tem o marido com dificuldades terá que desempenhar seu papel, pois é ela quem vai ajudar esse homem a chegar ao nível que Deus deseja. E quanto ao homem? Todo o seu ministério pode ir por água a baixo se não encontrar a auxiliadora idônea.

Quero alertar meus queridos irmãos a não se tornarem um Acabe. Podemos ver a triste realidade de um homem que tinha poder e autoridade, mas por ser completamente manipulado por sua esposa Jezabel foi completamente destruído. (I Reis a partir do capítulo 16).  É horrível, mas até hoje vemos o espírito de Jezabel agir no meio das mulheres.

Salomão, o homem que teve mais de mil mulheres.  Isso mesmo, 1.000 mulheres! (IRs 11:3). Adverte:

“E eu achei uma coisa mais amarga do que a morte, a mulher cujo coração são redes e laços, e cujas mãos são ataduras; quem for bom diante de Deus escapará dela, mas o pecador virá a ser preso por ela.
Vedes aqui, isto achei, diz o pregador, conferindo uma coisa com a outra para achar a razão delas;
A qual ainda busca a minha alma, porém ainda não a achei; um homem entre mil achei eu, mas uma mulher entre todas estas não achei”.
Eclesiastes 7:26-28

 

E ainda vemos muitas outras menções sobre o relacionamento com a mulher errada, leia atentamente cada versículo:

O filho insensato é uma desgraça para o pai, e um gotejar contínuo as contendas da mulher.
Provérbios 19:13

É melhor morar num canto de telhado do que ter como companheira em casa ampla uma mulher briguenta.
Provérbios 21:9

É melhor morar numa terra deserta do que com a mulher rixosa e irritadiça.
Provérbios 21:19

Melhor é morar só num canto de telhado do que com a mulher briguenta numa casa ampla.
Provérbios 25:24

O gotejar contínuo em dia de grande chuva, e a mulher contenciosa, uma e outra são semelhantes;
Tentar moderá-la será como deter o vento, ou como conter o óleo dentro da sua mão direita.
Provérbios 27:15,16

A mulher virtuosa é a coroa do seu marido, mas a que o envergonha é como podridão nos seus ossos.
Provérbios 12:4

 

Com certeza Salomão era alguém experiente e conhecedor das mulheres e por isso tinha legalidade para falar que o homem não deve casar com qualquer mulher. Ele é o mesmo que declarou o valor de uma mulher virtuosa, da auxiliadora idônea:

Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis.
O coração do seu marido está nela confiado; assim ele não necessitará de despojo.
Ela só lhe faz bem, e não mal, todos os dias da sua vida.
Provérbios 31:10-12

Eu fiz um voto com Deus há mais de três anos, e todos os dias eu leio um provérbio e sempre me deparo com esses alertas da palavra aos perigos da mulher errada na vida de um homem. Claro que como mulher, sempre aplico à minha vida, pois sonho em um dia SER e ouvir o meu marido dizer:

Muitas mulheres têm procedido virtuosamente, mas tu és, de todas, a mais excelente!
Provérbios 31:29

O fato é que não há nada que perverte mais o caminho de um homem de Deus do que uma MULHER errada.  Tantos sonhos e propósitos abafados por relacionamentos completamente fora da vontade de Deus.

Muitos ao escolherem uma mulher para se casar, olham apenas para a beleza exterior.  A coisa é tão gritante, que os homens nem avaliam se a moça é boa dona de casa, se cozinha bem, se sabe cuidar das coisas. Não pensam no dia-a-dia, esquecem que no casamento não haverá mamãezinha cuidando das coisas e infelizmente quando se casam, o casamento se torna um transtorno. A moça linda, só sabe fazer chapinha, unha e make, mas com certeza só isso não sustenta um lar.  Pra piorar, não são mulheres de oração para edificarem a sua casa.

Você deve estar se perguntando, então como eu encontro a mulher certa? E a resposta está na palavra:

A casa e os bens são herança dos pais; porém do Senhor vem a esposa prudente.
Provérbios 19:14

Não há outra maneira de encontrar a mulher certa, se não pela direção do Senhor. Devemos ser conduzidos pelo ES em tudo.  Ele não julga como nós:

Nos lábios do rei se acha a sentença divina; a sua boca não transgride quando julga.
Provérbios 16:10

Nosso coração é enganoso, nossos olhos só veem o exterior, mas o Senhor vai além disso, Ele enxerga o propósito d’Ele e sabe exatamente o tipo de esposa que você precisa para vencer as provas que ainda estão por vir.

Aquele que encontra uma esposa, acha o bem, e alcança a benevolência do Senhor.
Provérbios 18:22

 

A mulher graciosa guarda a honra como os violentos guardam as riquezas.
Provérbios 11:16

 

Meu encargo é que você seja conduzido pelo Senhor na segunda maior escolha da sua vida. Sim, porque a primeira foi Jesus!

E se você é mulher, que você busque no Senhor ser essa mulher.

Com amor,

20140417-103021.jpg

 

 

 

 

@danielle.dz
danielle@odiariodazoe.com.br
Snap: solwila


#Relacionamentos | Vida de Casada – Pureza (Para Mulheres).

pureza ok

Ainda nessa série sobre a vida de casada, quero alertar minhas irmãs na fé sobre alguns assuntos/praticas que são bem comuns entre as mulheres casadas e que sinceramente, não são muito legais.

 

Quando você é jovem e está esperando no Senhor, você foge das paixões da mocidade. Você se consagra, santifica, foge do pecado que tenazmente te assedia e procura andar em vitória, pois muitos dos pecados estão relacionados à área sexual. Pois bem, depois dessa fase algumas se casam e acham que os princípios aprendidos quando solteira já não valem mais e passam a entre as “casadas” terem comportamentos e assuntos que não condizem com uma cristã.

 

Nosso lindo Jesus nos diz para sermos santos como Ele é santo, certo? Ou ele diz: sejam santos só os solteiros, os casados estão liberados para fazerem e falarem o que quiserem, porque são casados…!?!? Temos que ser Santos e essa santificação é no olhar, no agir, no falar e é para TODOS.

 

O primeiro ponto que quero alertar é que muitas mulheres casadas que ainda não tiveram a mente renovada, compartilham sobre sexo com as amigas como as mulheres mundanas fazem. Parecem verdadeiras adolescentes falando besteiras… Confesso que fico com vergonha alheia (aquele sentimento horrível, que você quer até se esconder pra não ver de tão constrangedora que é a situação) quando vejo esse tipo de situação, que por sinal não é frequente de acontecer comigo, pois não dou a menor abertura para esse tipo de assunto, afinal o que acontece entre eu e meu marido, é um assunto nosso, não preciso compartilhar com as amigas/irmãs.

 

anigif_optimized-14746-1426332554-1

Mais uma prática que depois de casadas algumas mulheres têm é de baixar a guarda…é a questão de filmes, novelas e seriados com cenas picantes… Afinal, agora eu posso praticar isso, logo posso assistir… ERRADO!

O nosso lar é o lugar que devemos zelar de todas as formas, inclusive zelar pelo que entra ali. Temos que ser mulheres sábias e vigiar nesse quesito, pois por uma pequena legalidade que se dá as coisas dentro de casa começam a caminhar de forma estranha. O que é bom lembrar é que não existe nada neutro no mundo espiritual, ou nos faz bem ou nos faz mal. Em casa sempre analisamos se o filme tem alguma cena imprópria, se tem, já nem continuamos assistindo, pois entendemos que TUDO pode nos influenciar e não precisamos ver nada daquilo para poluir a nossa mente e nos fazer pecar. Preferimos que o ES nos conduza em tudo, absolutamente.

 

tumblr_mxpjldfy4l1slcrt7o1_500

Acho importante compartilhar esse assunto com você, pois quero te alertar que depois que casamos, não podemos baixar a guarda em momento nenhum, inclusive temos que vigiar dobrado, pois o inimigo das nossas almas não quer que a instituição que se inicia com o casamento, a família, prospere e temos que estar atentas para que nada seja motivo para alimentarmos a nossa mente com o que não deve.

 

Na igreja batista da Lagoinha toda última quarta-feira do mês acontece o culto com as mulheres. As ministrações são edificantes e eles disponibilizam no YouTube. Quero convidar você a ouvir essa sobre pureza.

 

 

Que o ES realmente te incomode quando você estiver praticando coisas que não glorificam o nome d’Ele, sendo você casada ou não.

 

 

Um grande abraço,

 

 

pickerimage

 

 

 

 

 

Insta: @anacarolina.dz

Snap: anacarolina1705

anacarolina@odiariodazoe.com.br


#Relacionamentos | Vida de Casada – Sozinhos?

aloness

 

Semana passada comecei a falar como foram os primeiros dias de casada e as atividades que podemos fazer juntos para aproveitar todos os momentos. Hoje quero compartilhar com vocês um pouco mais do que tenho vivido depois de um dos dias mais importantes da minha vida: 15/11/2013! *____*

 

Depois do esperado “sim!”, muitas coisas mudam… O seu nome (se você escolher mudar), a sua casa e a sua família (sua família agora é o seu cônjuge e os seus pais e irmãos se tornam parentela). Outra coisa que muda é que se você se relacionou na corte, provavelmente sempre estava rodeado de pessoas para te guardar (as famosas velas), mas de um instante pro outro, todos desaparecem e você fica nesse conflito de: “cadê todo mundo?”.

kd

Confesso que vivi isso e nos primeiros dias de casada, quando saíamos sozinhos ou estávamos em casa eu sentia a falta da galera e para preencher esse “vazio” começamos a receber muitos discípulos em casa a ponto deles já dormirem por lá, tanto era o nosso costume de estarmos juntos. Todos adoravam isso, mas com o passar das semanas isso começou a nos atrapalhar um pouco, pois não tínhamos muitos momentos sozinhos e sempre tinha uma visita.

 

SLEEP

 

Em um discipulado compartilhamos essa dificuldade e nosso pastor nos orientou a inicialmente banir essa pratica das visitas diárias, semanais e do pessoal dormir em casa, para que aproveitássemos esse momento de conhecimento, sozinhos. Desse dia em diante não recebemos mais ninguém em casa e começamos a fazer a lição de casa, ficando sempre juntos para nos conhecermos melhor. Foi a melhor coisa que fizemos.

 

A corte é uma ferramenta importantíssima para nos relacionarmos para o casamento, mas não podemos incorrer no erro de querer continuar a corte depois de casarmos. Isso aconteceu conosco por puro hábito, mas com certeza nos prejudicamos um pouco.

Você até deve se perguntar: “Mas qual é a importância de estarmos sozinhos? Podemos nos conhecer em meio a galera!”. O tempo para se conhecerem em meio à galera já passou. Agora o tipo de conhecimento é outro e de fato você só conhece mesmo uma pessoa depois que passa a morar debaixo do mesmo teto. Você descobre coisas que nem imaginava de manias, reações e etc.

 

 

oh-my-god-janice-friends-gif-79nu

 

Fico pensando… se na corte temos algumas surpresas depois que casamos, imagine quem namora, que não conhece nada da outra pessoa? Pois no tempo de se conhecerem o casal ficou fazendo teatro para serem agradáveis, trocavam o tempo de conversa com beijos intermináveis ou discussões ciumentas.

 

Sempre citamos Eclesiastes 3 para falar do tempo de espera, mas ali cita que há tempo para todas as coisas, ou seja, há tempo de ficarmos rodeados de pessoas e há tempo de ficarmos sozinhos. 😉

 

Depois desse jejum de visitas em casa, começamos a voltar a receber pessoas, mas hoje ponderamos a questão de alguém dormir em casa ou de ir nos visitar, pois como trabalhamos secularmente, fazemos seminário, temos o discipulado e mais um monte de atividades, temos pouco tempo pra desfrutarmos sozinhos, e cada momento sozinhos é essencial para desfrutarmos da companhia um do outro.

 

 

Você tem uma experiência parecida? Compartilhe com a gente!

 

 

Um beijo!

 

pickerimage

 

 

 

 

Ana Carolina Ferreira

anacarolina@odiariodazoe.com.br

@anacarolina.dz

Snap: anacarolina1705

 


 
1 2 3 4
 
Top