Blog sobre relacionamentos, corte e lifestyle cristão.
 
 

noivado

#Testemunho | Lohanne e Yuri Santos – Seus olhos são lindos!

 

Olá amores!

Esta semana fui desafiada a contar o testemunho do meu relacionamento.

Sempre quis ter uma linda historia da corte ao casamento, mas nem sempre as coisas são como desejamos ou sonhamos. Ao decorrer da minha vida com Jesus aprendi a sempre procurar enxergar com bons olhos aquilo que Deus quer me ensinar independente da situação.

Espero conseguir passar o que esta em meu coração sobre santidade no relacionamento e dependência de Deus.

Me converti há 4 anos em um Encontro com Deus. Voltei completamente impactada com a Glória e o amor de Deus. Tinha um relacionamento no mundo e não gostaria de abrir mão dele. Continuamos nos relacionando em santidade, mas um mês depois de minha conversão estive em uma conferencia (Radicais Kids 2011), onde Deus me marcou e me chamou para ser esposa de pastor e mudar uma Geração. A partir daí, com muita graça de Deus abri mão do meu relacionamento, pois não estava no propósito de Deus. Apesar de lastimar, tinha em meu coração a convicção que estava abrindo mão do momentâneo e tomando posse do eterno.

Desde então comecei a crescer em Deus, investir em meu ministério e orar por um relacionamento que me levaria a cumprir o proposito de Deus. Conheci alguns irmãos, até orei, mas não tinha convicção em Deus. Foi então que Deus me levou a orar por um sinal e por dois anos orei por este sinal, que era: o homem de Deus para minha vida me falaria “Seus olhos são lindos!”. Tive algumas decepções, mas sempre confiando na Palavra que Deus havia me dado e confirmava sempre em meu coração. Me recordo de noites em que chorava diante de Deus, clamando por um relacionamento. O choro durou algumas noites, mas a alegria chegou após algumas manhãs mostrando que o tempo de Deus não é o mesmo que o nosso.

Antes de conhecer meu esposo recebi muitas palavras proféticas sobre nosso relacionamento, como: “Seu casamento será um marco!”, “Mesmo que você esteja envolvida na obra, seu esposo vai te achar onde você estiver envolvida!”, “Você vai se relacionar quando entrar no seminário!”, dentre outras que me levaram a crer que Deus tinha o melhor.

Então em uma “Festa das Nações” ao acompanhar uma amiga, sentei em uma mesa com alguns irmãos e inesperadamente um irmão (Yuri) diz “Sua unha é de gel?”, sem saber que esse assunto super inusitado nos levaria ao altar.

Cumprindo uma das profecias, nos reencontramos no primeiro dia de aula do seminário e a partir dai nasceu uma amizade. Como sempre tive muitos amigos, pra mim era apenas mais uma amizade, e ele orava com uma irmã, então eu ajudava com dicas de romantismo e ele começou a me ajudar a conhecer alguém, mas em pouco tempo percebemos que a amizade tinha se transformado em algo maior, mas por conta da situação em que estávamos ele me chamou para marcar uma conversa pessoalmente para resolvermos, pois ele tinha alguém e nós dois não achávamos certo permanecer com esse sentimento, mas ao marcar essa conversa pelo Face ele disse a frase, o sinal: “Quero falar com você olhando nos seus olhos que são lindos”, neste momento só pedia a Deus revelação do que fazer, mas nunca pensei no que faria quando acontecesse. Não disse nada pra ele sobre o sinal e fui ao encontro marcado, onde ele me disse que não poderia prosseguir com a nossa amizade e era melhor nos afastarmos, eu nem dei ouvidos, pois já tinha o “Sim” de Deus. Continuei orando e por fim não conseguimos nos afastar, após um tempo orando chegamos a uma conclusão em Deus e ele terminou o relacionamento que tinha. Oramos alguns meses e após a benção de pais e pastores entramos na corte.

 

 

Ambos já tínhamos escutado e pregado inúmeras vezes sobre o relacionamento em santidade, mas foi ai que descobrimos verdadeiramente o que era. Vivemos muitos bons momentos de conhecer um ao outro, conhecer a família, os defeitos e as qualidades. Nos deparamos com o novo, super apaixonados, ele surpreendendo as minhas expectativas, o mais romântico do mundo, sempre com cartas, flores e serenatas. Entramos em uma paixão e após algum tempo de corte, não vigiamos o suficiente e nos beijamos…continuamos em santidade, mas após um tempo tratados e removidos de nossas posições de liderança. Foi um tempo de crescimento e amadurecimento, sempre confiando em Deus e na palavra que tínhamos.

 

foto 2

Noivamos em um corriqueiro dia de seminário, ele orou, jejuou e preparou tudo com muito zelo. Me honrando e surpreendendo com flores, serenata e meus amigos invadindo uma aula após uma declaração de amor. Em minha mente a nossa historia ia passando – muitas pessoas contra, a circunstância dizendo não, mas nada podia nos impedir. O “Sim” de Deus me fez sair do lugar.

foto 3

 

A partir dai começamos a conhecer varias faces de Deus, como provedor, misericordioso, amoroso, como nunca tínhamos conhecido antes.

 

Experimentamos de muita Graça em nosso noivado, com a presença de Deus, dos familiares, amigos e irmãos que nos abençoaram e nos honraram.

 

 

Começamos a organizar nosso casamento onde fomos surpreendidos com a plena provisão e cuidado de Deus.

 

Alugamos nosso apartamento, Deus proveu os moveis, tivemos um lindo Chá de Panela.

 

O grande dia chegou, Deus nos honrou em tudo, tivemos uma linda cerimônia, com a bênção de Deus e com a convicção que estávamos cumprindo o propósito que estava no coração do Pai.

 

casorio_ok

Nossa lua de mel foi incrível, ganhamos uma viajem para o Rio de Janeiro. Descobrimos o melhor de Deus em santidade, experimentamos a abundante graça e misericórdia de Deus.

foto 11

 

Talvez não conseguimos cumprir tudo aquilo que nos foi proposto em nosso relacionamento, mas como disse no inicio, precisamos sempre ver o melhor que a circunstância pode nos proporcionar. Foi um tempo de muito crescimento, amadurecimento, sofrimento, muita dependência de Deus e Fé. A santidade sempre é o caminho.

 

Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem que falte a vocês coisa alguma. – Tiago 1:1-4

 

Hoje estamos casados cumprindo o propósito de Deus, edificando a Igreja em santidade e revelação de que servimos a um Deus que nunca nos abandona e nos ama incondicionalmente e independente se acertamos ou erramos.

Profetizo sobre sua vida, um relacionamento que glorifique a Deus e um coração apaixonado por Ele sempre.

Lohanne Lourenço Santos.

Testemunho: Lohanne e Yuri Santos

Igreja: Videira Bueno – Goiânia/GO

Se você também tem um testemunho, envie por e-mail para: contato@odiariodazoe.com.br.

Lembre-se que o testemunho edifica a igreja, não deixe de compartilhar.

O Diário da Zoe.


#Ask | Você Pergunta e o DZ Responde!

fone1

 

Se você tem dúvidas sobre Corte, Hall da Corte, Santidade, Noivado e Casamento. Envie suas perguntas (anônimas ou não) e nós da equipe DZ responderemos pra você. E que o Espírito Santo nos capacite!!! \o/ \o/ \o/

Começaremos nosso canal de videos respondendo as suas perguntas, então não deixe de mandar. Manda, manda, manda! 🙂

Escolha um dos nossos canais de comunicação marcados na imagem acima e envie.

O Diário da Zoe.

 


#Testemunho | Da corte ao casamento – Eliza e Jonas Granero.

casamento2

 

Oiii meu nome é Eliza, tenho 28 anos e sou casada com o Jonas ^^… Espero conseguir resumir um pouco a história, afinal foram 10 anos de espera!

Aos 17 anos decidi que não iria mais me relacionar com qualquer um. Depois de terminar um namoro bem complicado firmei o compromisso com o Senhor de me guardar e pacientemente escolhi esperar!

Como na época tudo em minha vida com Deus explodiu – vivi o que nunca tinha provado em anos “convencida” pelo Evangelho – confesso ter pensado que nessa área também seria assim, explosivo mas, não foi assim. Foram anos de entrega, renúncia e também da “velha mulher” tentando ressuscitar. De tempos em tempos o coração enganoso apertava e a ansiedade tentava me consumir. Foi um período mais uma vez intenso, tempo de alinhar minhas emoções que sempre achei que viviam sob controle.

Depois dos 20 e poucos a coisa apertou, era até brincadeirinha da família! Os primos mais novos casando, tendo filhos e eu (a sleeping beauty) nada!

Em 2010 conheci o Jonas, olhei de longe quando ele chegou à igreja…

-“Bonitinho ele né” – disse pra uma amiga, mas andávamos com gente diferente e não nos aproximamos. O contato mais próximo foi em uma viagem com a rede toda pra Goiânia de ônibus em que eu dei um “super piti” com a “turma do fundão” que não me deixava dormir…quem estava lá com os olhos arregalados assustado comigo? Sim, o Jonas de novo.

O Senhor também tinha um processo pro Jonas, e finalmente ele resolveu entrar nele! Terminou um relacionamento e começou a viver maravilhosas experiências em Deus.

Agora estávamos os dois no plano esperar \o/ (2013) …

O que segue descobrimos depois de entrar na corte e foi parte da confirmação “o é ele! E o é ela!”:

Depois que o Jonas decidiu esperar, o Senhor me colocou no coração dele, mas ele não acreditava e até “amarrou” a ideia algumas vezes.

Eu recebi uma palavra, meu pastor duas vezes me disse que naquele exato momento meu marido estava me olhando cantar… Nessas duas vezes olhei e olhei procurando quem poderia ser o “escolhido”, em uma delas me lembro de ter olhado bem pra ele, mas nem de longe cogitei a idéia.

O Jonas continuava lutando internamente, achando que não tinha nada a ver…

 

 

corte 2

Nessa época caminhávamos com os mesmos discipuladores e tínhamos reuniões e programações juntos. Eu era responsável pelo teatro dos nossos encontros e resolvi chama-lo pra participar. Os ensaios começaram e acabamos por fazer uma pantomima juntos. Ele tremia quando precisou me abraçar…

Acabei decidindo falar com minha discipuladora a respeito dele, não era caso de paixão, mas havia um interesse. Na mesma época ele decidiu falar com o discipulador dele (sim, cada um falou com um “lado” do casal na mesma época, com questão de dias de intervalo sem saber). Nossos discipuladores foram sábios, não nos deixaram empolgar com a ideia assim tão fácil.

O Senhor falou comigo e era hora de caminhar com meus pais, que tinham sido enviados para outra região abrir uma igreja. Bem agora Deus????!! SIIIIIM…

Acabei ficando apreensiva, pois bem quando decidi ir embora me contaram do interesse dele. Fechei-me na concha e disse que se ele quisesse se aproximar ia ter que pagar o preço da distância (e essa era beeem longa, ele morava em Guarulhos e eu na zona leste de São Paulo).

Sem as programações juntos, o processo até a corte foi bem distante, conversávamos por mensagens na maioria das vezes. No começo era difícil porque ele é bem tímido, mas logo nos falávamos como amigos de muitos anos.

Não eram conversar de interesse, ou de tentar conquistar o outro. Essa é uma das coisas que amo a respeito da corte, o alvo é nos tornarmos amigos! Afinal de contas, se vamos viver com alguém pra sempre é extremamente importante que seja alguém em quem confiamos, com quem tenhamos assunto, coisas em comum, e até mesmo diferenças que nos levam a crescer.

 

 

corte 3

Entramos oficialmente em corte em novembro de 2013 e no começo do ano seguinte começamos a planejar o noivado. Em junho de 2014 ficamos noivos com data marcada pro casamento: 15 de novembro de 2014!

noivado

A espera foi longa pra mim e, apesar de rápida bem profunda pra ele. O processo da corte um pouquinho mais distante que o normal porque cada um tinha suas programações, a distância não ajudava e achar uma vela pra sair juntos era coisa rara!

No início da corte colecionávamos semanas sem nos ver, procurávamos uma forma de juntar uma galera pra nos encontrar e aproveitávamos os eventos em comum (casamentos foram nossos preferidos!) pra passar um tempinho juntos.

 

corte 1

Na época do noivado sempre tinha alguma coisa pra definir ou ir atrás juntos e acabou ficando mais fácil. A forma como o Senhor nos abençoou para o casamento é digna de outra página de testemunho. Ganhamos praticamente TUDO! Foi um processo longo até a corte mas até o casamento foi beeeem mais rápido.

 

casamento3

Espero ter enchido os corações das moças “mais velhas” (que de velhas assim como eu não têm nada!), das que “não vêm esperança” na igreja local (sim, pode sair “algo de bom” daí!) e até das que tem dificuldade em crer no Deus que supre.

 

 

Escolhi esperar o melhor e hoje vivo o melhor em tudo!

 

Veja o teaser do casamento aqui!

 

Testemunho: Eliza Sarde Granero e Jonas Granero
Igreja: Videira Sapopemba – SP

Se você também tem um testemunho, envie um e-mail para: contato@odiariodazoe.com.br.

Lembre-se que o testemunho edifica a igreja, não deixe de compartilhar!

 

O Diário da Zoe.

 


#Relacionamentos | Eu – Inveja

inveja

 

Oi gente,

As coisas parecem meio paradas ultimamente aqui no blog, mesmo com todos os planos, todos os posts, não sabemos ao certo o que está acontecendo. Apenas confiamos que aquilo que Deus liberou sobre nós, irá se cumprir. Confesso que estou vivendo um tempo de morte para o meu eu, mas não é a morte morrida, é a morte matada. Deus tem permitido circunstâncias para me moldar e apesar de saber que tudo isso é para meu bem, não é nada gostoso.

Espero em breve compartilhar com mais detalhes sobre esse momento que estou vivendo, creio que tudo isso dará um grande testemunho.

Aproveitando o ensejo do “tratar” de Deus na minha vida para compartilhar sobre um tema bem #tenso: A INVEJA.

Certa vez ouvi que ninguém confessa o pecado de inveja e quase concordei com isso, mas decidi sair dessa estatística e confessei meu pecado. Pois é, eu já senti INVEJA e sabe o que é pior? Você também já sentiu! Ui!!!

Forte essa afirmação, não é? Mas infelizmente essa é uma realidade confirmada pela bíblia e também pela psicologia. A inveja é um sentimento inerente ao homem, faz parte de sua natureza.

“Houve tempo em que nós também éramos insensatos e desobedientes, vivíamos enganados e escravizados por toda espécie de paixões e prazeres. Vivíamos na maldade e na inveja, sendo detestáveis e odiando uns aos outros”.  Tito 3:3

O que é inveja?

INVEJA: palavra proveniente do latim invidĭa, significa o desejo de obter algo que outra pessoa possui e que você não tem. Representa a tristeza ou o pesar pelo bem alheio.

A inveja é um sentimento de frustração insuportável perante algum bem de outra pessoa causando o desejo inconsciente de danificá-lo. Em outras palavras, a inveja é a raiva vingadora do impotente que em vez de lutar por seus anseios, prefere eliminar a concorrência.

A inveja tem inúmeras formas de expressão: críticas, ofensas, dominação, rejeição, difamação, agressões, rivalidade, vinganças, ciúmes, desdém etc.

O que a bíblia nos fala a respeito da inveja?

lendoabiblia

“O coração em paz dá vida ao corpo, mas a inveja apodrece os ossos”. Provérbios 14:30

 

“O rancor é cruel e a fúria é destruidora, mas quem consegue suportar a inveja?” Provérbios 27:4

 

“Pois onde há inveja e ambição egoísta, aí há confusão e toda espécie de males”. Tiago 3:16

 

“O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece”.1 Corintios 13: 4

 

“Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, fornicação, impureza, lascívia,
Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,
Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus”. Gálatas 5 : 19-21

Existem muitos outros versículos na palavra que falam sobre a inveja e há muitos exemplos de personagens bíblicos que expressaram inveja, como: Saul que teve inveja de Davi, Raquel que teve inveja de sua irmã Lia, os irmãos de José que o invejaram, o povo que se rebelou contra a autoridade de Moisés por inveja, Caim que teve inveja da oferta de seu irmão Abel e tantos outros.

Apesar de todos esses exemplos, como cristãos filhos de um Deus Santo não podemos aceitar esse sentimento. Todavia, ele pode acontecer, afinal estamos em processo de transformação das nossas almas.

Como comecei falando aqui no post, não é algo comum alguém confessar que sofre com o sentimento de inveja. Podemos falar abertamente sobre os pecados de avareza, idolatria, impureza sexual, mas INVEJA é algo que dificilmente alguém expõe. Isso porque o orgulho e o egoísmo acompanham esse tipo de pecado. Pode acontecer de não identificarmos a inveja, pois ela pode ser sutil.

Minha experiência com a inveja.

minhaexperiencia

 

Já falei lá em cima, que já senti inveja e todas as vezes que percebo qualquer nuvem de inveja se aproximando de mim, rapidamente a neutralizo. Não sou mais dominada por esse sentimento, pois tomei posse da minha identidade em Cristo e não vivo mais eu, mas Cristo vive em mim (Gálatas 2:20).

Vocês sabem que eu e a Carol, minha parceira aqui no blog, somos muito amigas. Somos literalmente o Bob Esponja (Eu) e o Patrick (Ela) RS! No entanto, mesmo com todo nosso companheirismo e lealdade passamos maus bocados por causa da inveja. Quando a Carol estava para entrar na corte, eu também achava que isso estava pra acontecer comigo, lembra da decepção que contei no post – Porque é tão difícil guardar o coração? Pois é, aconteceu que o sonho dela se realizou e o meu não.  Poxa, que benção! Não aconteceu comigo, mas minha amiga está feliz, vou viver esse tempo com ela!  Claro que não pensei assim, pelo contrário deixei a minha velha natureza ressuscitar dos mortos e ao invés de me alegrar com a corte da Carol, senti um sentimento horrível dentro do meu coração. Detalhe, eu fui uma das pessoas que mais contribuiu para que esse sonho se realizasse e quando ele aconteceu eu simplesmente não conseguia me alegrar com ele. Eu questionava a Deus o porquê de ter abençoado ela e eu não!

Eu lutei muito contra esse sentimento, não queria sentir aquilo, mas sentia :(. Todas as vezes que via a felicidade dela, eu me lembrava da decepção que vivi. Apesar de todo esse turbilhão dentro de mim eu aparentava ser diferente. Lembro que no tempo em que a Carol estava na corte tivemos uma crise na nossa amizade, pois eu achava que tinha que procurar novos amigos, mas hoje falando tudo isso eu vejo que eu só queria abafar o sentimento de inveja me afastando dela.  As coisas ficaram um pouco piores quando ela ficou noiva e compartilhava as coisas do casamento comigo. Poxa, eu deveria ser a amiga que blaster iria ajudar. Infelizmente, demorei muito para me livrar desse mal até que um dia escutei uma ministração da Helena Tanure onde ela compartilhou a experiência que ela teve com a inveja.

Essa ministração marcou minha vida. Depois disso, me arrependi por aquele sentimento, procurei a Carol, confessei o meu pecado, pedi perdão e foi um grande liberar de Deus naquele dia. Nossa aliança de amizade foi fortalecida e decidi que viveria aquele momento com ela sendo sua maior colaboradora.  Estive nos momentos mais especiais dos preparativos pro casamento como a escolha do vestido de noiva. Também tive o privilégio de semear na vida dela e do seu esposo.

Essa experiência me trouxe revelação da palavra:

“Alegrai-vos com os que se alegram; e chorai com os que choram”; Romanos 12:15

Por que sentimos inveja?

pqsentimos

 

A inveja acontece quando não somos satisfeitos em Cristo. Como contei, na minha experiência com a inveja o que deu vazão foi à frustração que eu havia vivido.  Meu coração estava amargurado com aquela decepção.

Pessoas que não tem uma visão clara de si pela ótica da palavra estão propensas a serem constantes invejosas. Tudo na verdade é reflexo de uma alma completamente deformada que não se submeteu ao moldar da palavra conforme Cristo. A perda da nossa identidade em Cristo nos faz invejar até mesmo os ímpios, como contou o Salmista:

“Quanto a mim, os meus pés quase que se desviaram; pouco faltou para que escorregassem os meus passos. Pois eu tinha inveja dos néscios, quando via a prosperidade dos ímpios”.
Salmos 73: 2-3

 Como vencer a inveja?

vencendoainveja

 

Como tudo na vida cristã, o segredo é depender do Espírito Santo, mas baseada na minha experiência, na palavra e no conselho de homens de Deus (ou seja, não é uma regra), quero dar algumas dicas:

  • Quando sentir um desconforto com a felicidade ou conquista do próximo, cheque seu coração diante de Deus. Peça a Ele que sonde o seu coração e que esquadrinhe o seu ser, a fim de mostrar qual o real sentimento por trás desse incomodo;
  • Diante do que Deus mostrar, arrependa-se e exponha-se, peça perdão a pessoa na qual sua inveja havia sido direcionada;
  • Torne-se o maior admirador dessa pessoa, com toda certeza não haverá lugar para a inveja muito menos para satanás e seus enviados;
  • Aproxime-se de Deus, busque cada vez mais a intimidade com ele. Pois é o único lugar onde você poderá ser suprido. Assim como o Salmista que sofria com a inveja:

“Mas para mim, bom é aproximar-me de Deus; pus a minha confiança no Senhor DEUS, para anunciar todas as tuas obras”.
Salmos 73: 28

Sou invejado!

souinvejado

 

Sei que o post está gigantesco, mas não posso deixá-lo incompleto. Preciso compartilhar sobre o outro lado da história.

Quando invejamos os outros, sentimos vergonha ou ficamos assustados e nos reprimimos. Se percebemos a inveja dos outros, ficamos com medo ou raiva da outra pessoa.

Todo esse texto surgiu de algumas circunstâncias que vivi depois que entrei na corte. Pessoas que oravam, choravam comigo, simplesmente mudaram. Ao invés de desfrutarem desse tempo comigo, só conseguiam olhar para elas mesmas. Pois é, vivi o outro lado da história. 🙁

Como eu já havia passado por isso como a “invejosa” consegui lidar bem com a situação. Não senti nem medo nem raiva, pois sabia o que essa pessoa estava vivendo.  Porém, quando a pessoa “invejada” não enxerga a situação como no meu exemplo o clima pode ficar muito tenso a ponto de amizades serem rompidas.

A inveja é enganosa, muitas vezes desejamos aquilo que é do outro sem nem mesmo termos consciência do que é de verdade. Lembro-me de uma vez, que uma irmã passou a mão no meu cabelo e disse: Queria que meu cabelo fosse igual ao seu! Naquele momento, eu só pude clamar por misericórdia a Deus, pois aquela irmã não sabia o perigo daquilo que ela estava pedindo. Eu, naquela época, usava aplique no cabelo porque eu estava CARECA. Pasme!

Não podemos deixar de mencionar que algumas pessoas se sentem “invejadas” pelos outros por que “se acham” demais. O fruto do EGO é tanto que a pessoa acha que todo mundo sente inveja dela. CUIDADO!

Se perceber que alguém por algum motivo sentiu “inveja” de você reconheça-se como de fato você é: NADA! Tenha compaixão dessa pessoa que está invejando algo que não existe, pois o único que tem TUDO é Deus!

Esteja disposto a pedir perdão por gerar um sentimento errado em seu irmão e é claro, a perdoar.

Nem um, nem outro!

A inveja não é boa pra ninguém. Nem para quem sente, nem para quem é invejado. Devemos mesmo é cultivar os frutos do Espírito:

“Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei”. Gálatas 5:22 -23

Desejo profundamente que Deus tenha falado com você através desse post e que você dependa do Espírito Santo para vencer essa e qualquer outra dificuldade.

 

Com encargo,

20140417-103021.jpg

 

 

 

 

 

@danielle.dz
danielle@odiariodazoe.com.br


#Testemunho | Francielli e Clécio

fc1

“Meu nome é Francielli, eu me converti há 3 anos, e desde então decidi me guardar em santidade para esperar o homem de Deus que o Senhor havia separado para mim. Um ano depois de me tornar cristã, eu estava prestes a ser levantada líder, quando conheci meu marido em uma gincana no prédio da igreja. Foi amor à primeira vista. Rs… Na verdade, foi sorriso à primeira vista. Ele era o líder da equipe e eu nunca havia visto ele antes, mas aquele sorrisão me balançou. Uma semana depois adicionei ele no face, começamos a conversar, a nos conhecer… nossa liderança estava ciente e nos acompanhou neste tempo. Ficamos quase quatro meses nos conhecendo e crescendo em amizade, até que um belo dia, eu estava na célula e as flores mais lindas do mundo foram entregues com um cartão, me convidando para jantar. Então nossa corte foi oficializada e a partir dali começamos a viver algo muito melhor que um conto de fadas, pois é real: a corte! Um relacionamento com propósito.

fc2

Em fevereiro de 2014 ficamos noivos e em 23 de Agosto de 2014 eu me casei com um príncipe, separado e escolhido por Deus para ser o meu marido, meu pastor, meu sacerdote. A corte e o nosso noivado foram dias incríveis. Dias em que eu descobri dia após dia o amor de Deus em minha vida, me proporcionando viver um relacionamento tão puro, verdadeiro, separado, santo. Ali pudemos nos conhecer, conhecer nossas famílias, orar, sorrir, chorar, ganhar e perder… ali pudemos ver o sonho do nosso casamento se tornar realidade, pudemos ver o cuidado e o favor de Deus dia após dia.

 

fc3Foto: Acervo do casal.

Nos casamos com cada detalhe sonhado. O vestido dos sonhos, a orquestra desejada, a comida, as fotos e filmagem, cada detalhe, como sonhamos. E a melhor parte, a lua de mel dos sonhos. Deus nos permitiu passar nossos primeiros dias de casados em Cancun, no Caribe. E hoje, seis meses depois de ter me casado, posso colher os frutos que plantei durante a nossa corte. Estamos crescendo e ainda aprendendo a nos relacionar em alguns momentos, temos tido alguns ajustes que fazem parte, mas que não chegam nem perto do privilégio que é ter um relacionamento fundado na rocha, que é Jesus, e não na areia. Amo a nossa história. Amo meu marido. Amo a corte. Amo o sonho de Deus para as nossas vidas. Amo o Deus que mudou a minha história, que me tirou do fundo do poço, pra poder viver hoje uma história de princesa. Amo a Santidade de Deus!”.

 

Confira o vídeo com o testemunho contado pelos dois através do link: https://vimeo.com/121904119.

 

 

Testemunho:  Francielli Pongiluppi

Igreja: Videira Tatuapé –SP

 

Se você também tem um testemunho, envie um  e-mail para: contato@odiáriodazoe.com.br.
Lembre-se o testemunho edifica a igreja, não deixe de compartilhar.

O Diário da Zoe


#Relacionamentos | Noivado – O componente essencial, FÉ!

Quero contar um pouco do meu testemunho de noivado e gerar em você noiva ou noivo expectativa para o que o Senhor pode mover no seu noivado e na realização do seu casamento.



Continue reading

 
1 2
 
Top