Blog sobre relacionamentos, corte e lifestyle cristão.
 
 

laços de alma

#Relacionamentos | Laços de Alma – Tudo novo!

tudonovo

Oi gente!

É ano novo!!! Aeeee \o/ \o/ \o/
Não sei vocês, mas eu esperava ansiosamente a chegada de 2017, por muitas razões e graças a Deus ele chegou. 🙂

Desejo a vocês um excelente ano, desfrutem da perfeita  vontade de Deus. Vamo que vamo 2017!!!

Faz algum tempo que quero escrever sobre Laços de Alma  e esse é um dos posts  mais acessados e comentados aqui no blog, a cada dia aparece mais pessoas com dúvidas sobre este assunto. O que mais me chama a atenção é a forma como as pessoas interpretam a questão dos laços de alma, alguns pensam ser apenas algo espiritual e que por essa questão é tão difícil de resolver, mas quero quebrar esse paradigma, deixar a religiosidade de lado e te ajudar de uma vez por todas a viver livre desse mal. Afinal, é ano novo, tudo novo!

Para aprender a romper os laços de alma, precisamos nos lembrar como eles são construídos. Já falamos sobre Investindo em laços de alma aqui no blog. Neste caso, seria investir nos bons laços, mas o princípio é o mesmo quando falamos de nos relacionar.

Para começarmos um relacionamento, seja ele qual for é necessário ter contato. Isso pode acontecer face a face ou por qualquer outro meio de comunicação. Se desejamos que este laço se estreite vamos precisar dedicar tempo e atenção a esse relacionamento e o comum é fazermos de tudo para que cada vez mais ele se torne íntimo.

Abrimos nosso coração pra pessoa entrar, conhecer nossos pensamentos, ideais, sonhos,  gostos e preferências. Envolvemos a família, os amigos e vamos tornando esse laço cada vez mais forte. Como eu disse, seja qual for o nível de relacionamento, quanto mais você abrir espaço pra ele, maior ele se tornará e é aí onde mora o perigo. Se o laço for bom como uma boa amizade, seu relacionamento com seus pais ou cônjuge, ótimo, mas e quando é algo que te faz mal, te suga, te influência para longe da vontade de Deus? O que fazer?

Não existe mágica da mesma forma que você abriu a porta do seu coração e da sua vida para esse relacionamento, terá que fechá-la e isso implica em dedicação e disposição do mesmo jeito, só que agora o exercício será para romper esse laço que foi construído. É uma questão de hábito.

Muitos se sentem presos aos ex-namorados, ou amigos que foram muito próximos e passa ano atrás de ano e não consegue caminhar na vida. Sabe tudo o que acontece na vida do outro, cada passo, amizade, namoro, emprego, etc., está sempre atualizado da vida do ex. Infelizmente isso vai perdurar até que você decida mudar isso.

Todo hábito exige disciplina, quando estamos apaixonados o preço das coisas não importa, por exemplo lembro de quando eu e o Rafa (meu esposo) começamos a corte, virávamos a noite conversando pelo WhatsApp, parecia que o assunto nunca acabava. No outro dia acordar cedo pra ir trabalhar não era tão difícil, afinal aquela noite de conversa valeu a pena.

Contudo, quando temos que nos disciplinar a algo que não é gostoso, mas é necessário, fica difícil. Antes de conhecer o Rafa, eu tive um namorado e eu passava todos os finais de semana com ele. Vivi assim por um ano e meio. Quando o namoro acabou e eu entendi que aquele relacionamento não me fazia bem, (digo isso, porque mesmo depois de ter terminado o namoro eu ainda achava que um dia nós iríamos voltar, até que caiu a minha ficha e vi que aquilo não era pra mim) eu precisei aprender a viver sozinha nos finais de semana e foi horrível no começo. Eu passava os dias vendo maratona de filmes, sozinha e chorando. Sério! Eu sentia um vazio enorme, afinal estava acostumada com aquela rotina. Agora tudo dependia de mim, ou eu ficava lá vivendo uma fossa eterna ou me mexia para preencher aquele tempo que agora estava livre.

Precisei me dedicar a conhecer novas pessoas, fazer novas amizades e isso com tudo o que eu fazia antes. Por exemplo, os lugares que eu frequentava com aquele namorado agora precisavam ser transformados na minha mente, não podia passar em certo lugar que eu lembrava do meu ex, até que comecei a pensar diferente e a permitir que aqueles lugares que antes me traziam velhas memórias tivessem novas histórias. Isso é um fator muito importante, principalmente pra quem se relacionou com uma pessoa do mesmo circulo social e que a vê constantemente.

Quero deixar algumas dicas que eu pratiquei e me ajudaram muito a romper esses laços de alma:

  1. Pare de lembrar do que já passou, pense no agora e no futuro;
  2. Todas as vezes que passar por algum lugar, sentir um cheiro, ouvir uma música que te remeta ao passado, não se deixe levar pelas memórias, tente aproveitar o momento presente e transformar aquilo em algo novo;
  3. Crie coragem e jogue tudo fora, se você fica vendo fotos do que quer esquecer, você não está contribuindo com seu progresso nisso, seja radical;
  4. Não dê motivos para outros lembrarem do que já passou, se você quer esquecer, também precisa ajudar os outros a esquecerem. Ex: Ficar falando do passado, agir como íntimo (a) da pessoa, chamar por apelidos etc.;
  5. Não tenha medo de excluir essa pessoa do seu Face, Insta, Whats, contatos do celular. Se você está rompendo um laço, não pode deixar a pontinha pra a qualquer momento puxar, certo?
  6. Deixe a pessoa viver a vida dela, não procure saber sobre como a vida dela anda. Se fizer isso a sua vida ficará parada! Se alguém vier te contar, seja claro com essa pessoa e diga que você não quer saber (você não quer né?), peça pra ela te ajudar não falando sobre isso;
  7. Seja firme com você mesmo e lembre-se do alvo de romper com esse laço para o seu próprio bem. Com certeza lembrar do seu objetivo será uma grande força na hora da tentação de querer ligar, mandar mensagem, sentar na mesma roda de amigos;
  8. Ore por isso, se você não tiver convicção de que precisa romper esse relacionamento, poderá até se enganar achando que está bem quando na verdade o laço de alma continua firme e forte dentro de você. Peça pra Deus te livrar desse mal, dos sentimentos, lembranças. Ele é poderoso e ouve as nossas orações.

Você pode pensar que é impossível romper esse Laço de Alma, mas quero dizer que é possível e que um dia você poderá até mesmo ser amigo(a) dessa pessoa sem nem se lembrar do que aconteceu, porque você estará descontaminado desse envolvimento do passado.

Creia na palavra de Deus:

“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.” 2 Coríntios 5:17

Quero reforçar o quanto isso é importante pra você e para a saúde de seus relacionamentos. Vejo até mesmo no meio da igreja muitos adolescentes e jovens que erram nessa questão. Além do pecado, vivem enlaçados uns nos outros, ferindo seus próprios sentimentos e destruindo boas amizades.

Desejo profundamente que assim como eu consegui vencer essa dificuldade e desfrutar de um relacionamento novo, no padrão de Deus, você também desfrute dessa graça.

 

 

Com encargo,

 

dz

 

Danielle dos Santos
danielle@odiariodazoe.com.br
@danielle.dz

 


#Relacionamentos | Investindo em laços de alma! 

laços_20

 

Oi gente,

Sempre acompanhamos a audiência do blog, e dentre os textos que são mais acessados o post sobre Laços de Alma é um dos campeões de visualização! Então quero abordar um outro aspecto sobre esse tema.

Você sabia que nem todos os laços de alma são ruins ? Pois é, e ainda temos que investir em certos relacionamentos para que os laços de alma se tornem cada vez mais fortes.

Calma! Não fique escandalizado. Os laços de alma bons pra nós estão na palavra. Como o casamento, relacionamento entre pais e filhos e amizades genuínas de companheirismo. Todos esses relacionamentos envolvem laços de alma e só são possíveis através do amor ágape, amor de Deus fluindo em nós.

Quero mostrar alguns exemplos desses laços de alma na palavra:

 

CASAMENTO 

A primeira menção desse tipo de laço de alma aconteceu no Éden:

Então o Senhor Deus fez cair um sono pesado sobre o homem. e este adormeceu; tomou-lhe, então, uma das costelas, e fechou a carne em seu lugar; e da costela que o Senhor Deus lhe tomara, formou a mulher e a trouxe ao homem. Então disse o homem: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; ela será chamada varoa, porquanto do varão foi tomada. Portanto deixará o homem a seu pai e li sua mãe, e unir-se-á à sua mulher, e serão uma só carne. Genesis 2: 21 a 24

Sem dúvida o casamento é um dos laços mais fortes e mais importantes. Por isso a questão do sexo é tratada de forma tão séria na Bíblia. A perversão desse ato que pertence exclusivamente ao matrimônio está levando a sociedade e a igreja a decadência humana.

É fácil observar que maior parte de pessoas com problemas de depressão estão com problemas nessa área da vida. Uns por se divorciarem e romperem uma aliança que foi feita com o princípio de durar até morte,  outros por se envolverem sexualmente fora do casamento e unirem-se completamente com uma ou muitas pessoas.

Ainda sobre esse laço de alma é importante ressaltar alguns aspectos:

Por meio das ligações, se estabelece um canal espiritual. Por exemplo: em um casamento sadio, o Espírito Santo opera entre esposo e esposa. As bênçãos de Deus são comuns entre os dois, porque são “um“.

O mesmo princípio opera nas ligações de alma demoníacas. Os espíritos malignos em uma pessoa expõem a outra para a entrada de espíritos semelhantes ao ocorrer uma união pecaminosa entre eles pela qual se tomou “um” (transferências de demônios).

 

PAIS E FILHOS

“Agora, pois, se eu for ter com o teu servo, meu pai, e o menino não estiver conosco, como a sua alma está ligada com a alma dele, acontecerá que, vendo ele que o menino ali não está, morrerá; e teus servos farão descer as cãs de teu servo, nosso pai, com tristeza ao Seol.”(Gn.44:30-31).

 

Nesse exemplo, Jacó havia apegado sua alma a de seu filho Benjamin, isso aconteceu após a suposta morte de seu filho José. Jacó teve Benjamin como consolo por sua perda. Era um filho muito estimado.

É inegável o amor dos pais pelos filhos e a palavra ainda fala sobre isso para exemplificar o amor de Deus.

Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu não me esquecerei de ti. Isaías 49:15

 

 

AMIZADE

A amizade entre Jônatas e Davi:

“Ora, acabando Davi de falar com Saul, a alma de Jônatas ligou-se com a alma de Davi; e Jônatas o amou como à sua própria alma“. Esta amizade foi muito elevada e em todo o tempo houve presença de amor e respeito um pelo outro. 1 Sm.18:1 

 

Essa amizade é muito usada com uma interpretação errada, para justificar alguns comportamentos iníquos e abomináveis diante de Deus. Contudo seu real significado é uma amizade genuína de profundo companheirismo. Ela expressa o amor ágape entre dois amigos que se entregam completamente em confiança um para com o outro. Jônatas arrisca sua própria vida por amor a Davi, e Davi por sua vez cumpre até o fim sua aliança com o amigo Jônatas.

São o verdadeiro exemplo descrito em Provérbios.

O homem de muitos amigos deve mostrar-se amigável, mas há um amigo mais chegado do que um irmão. Provérbios 18:24

 

Temos outro exemplo desse tipo de amor e companheirismo, que é entre Noêmi e sua nora Rute.

Nos dias em que os juízes governavam houve um período de grande fome na terra e a família de Noêmi (ela, o marido Elimeleque e os dois filhos Malom e Quiliom) partem em direção à Moabe e ali permanecem. Seu marido morre e os dois filhos casam-se com mulheres moabitas (Orfa e Rute). Passando-se alguns anos morreram também os dois filhos, ficando assim Noêmi desamparada de seus dois filhos e de seu marido. Assim sendo, Noêmi e as duas noras saem de Moabe, caminhando para a terra de Judá novamente, pois ouvia-se que o Senhor havia visitado o seu povo, dando-lhe pão. Noêmi então sugere às suas noras, agora viúvas, que cada uma delas volte para a casa de sua respectiva mãe. Quando Noêmi as beijou, ambas levantaram a voz e choraram.

“Então levantaram a voz, e tornaram a chorar; e Orfa beijou a sua sogra, porém Rute se apegou a ela. Pelo que disse Noêmi: Eis que tua concunhada voltou para o seu povo e para os seus deuses; volta também tu após a tua concunhada. Respondeu, porém, Rute: Não me instes a que te abandone e deixe de seguir-te. Porque aonde quer que tu fores, irei eu; e onde quer que pousares, ali pousarei eu; o teu povo será o meu povo, o teu Deus será o meu Deus. Onde quer que morreres, morrerei eu, e ali serei sepultada. Assim me faça o Senhor, e outro tanto, se outra coisa que não seja a morte me separar de ti. “Rute 1:14-17

Uma forte ligação entre almas estava estabelecida entre Rute e Noêmi.

 

 

IGREJA

Há ainda outro exemplo desse laço de alma importante para nós. Esse expressa a clara vontade de Deus nos relacionamentos. É a genuína essência da igreja.

“Da multidão dos que criam, era um só o coração e uma só a alma, e ninguém dizia que coisa alguma das que possuía era sua própria, mas todas as coisas lhes eram comuns. ” Atos 4:32

 

Paulo, era tão fascinado por essa verdade que sempre frisou em suas cartas o seu encargo pela igreja, com orações aos santos por essa revelação:

Oro para que, com as suas gloriosas riquezas, ele os fortaleça no íntimo do seu ser com poder, por meio do seu Espírito,
para que Cristo habite em seus corações mediante a fé; e oro para que vocês, arraigados e alicerçados em amor,
possam, juntamente com todos os santos, compreender a largura, o comprimento, a altura e a profundidade,
e conhecer o amor de Cristo que excede todo conhecimento, para que vocês sejam cheios de toda a plenitude de Deus. Efésios 3:16-19

 

Vimos em todos esses exemplos laços de alma, mas não aqueles que como a palavra diz são destrutivos pra nós:

“Espinhos e laços há no caminho do perverso; que guarda a sua alma retira-se para longe deles. Não faças amizade com iracundo: nem andes com homem colérico; para que não aprendas as suas veredas, e tomes um laço para a tua alma.” Pv.22:5;24-25

 

Os laços que estamos falando tratam-se de laços fundamentais para nossa vida.

Em cada um de nós há um desejo de vivermos um bom casamento, constituirmos família e termos bons relacionamentos com nossos pais e filhos. Possuir amizades verdadeiras e vivermos em unidade com os irmãos. Esse é um desejo legítimo e está dentro do propósito de Deus, afinal ele nos criou com essa finalidade. Fomos feitos pra nos relacionarmos.

Por isso é necessário investimos nesses nesses laços de alma. É perceptível que os problemas que nos cercam estão ligados diretamente à algum desses níveis de relacionamento. Também é claro o investimento de satanás para destruí-los.

Nos últimos 21 dias fizemos em nossa igreja local um jejum pela unidade, e pudemos compreender que a unidade fala do estilo de vida de Deus e que sem ela nunca desfrutaremos da plenitude d’Ele.

Nesse tempo eu tive revelação do peso dos relacionamentos na nossa vida, e também descobri que o descontentamento com a vida está ligado diretamente a eles.

Então, como investir nesses laços de alma?

Enquanto os passos para romper com os laços de alma malignos falam de tirar das nossas vidas tudo o que nos liga a eles, sejam lembranças, contatos físicos ou espirituais ou até mesmo objetos, para investir em laços de alma devemos fazer ao contrário:

  • Restaurar os relacionamentos quebrados;
  • Liberar perdão, ter uma conversa sincera;
  • Ser alguém que investe tempo de qualidade com essas pessoas;
  • Estar disposto e disponível;
  • Ouvir;
  • Abrir mão de sua razão em virtude de manter um relacionamento saudável;
  • Criar oportunidades para que esses relacionamentos se desenvolvam;
  • Dar prioridade.

Tive uma experiência recente onde uma amiga querida estava praticamente isolada, percebia a frieza dela no meio da igreja, e eu simplesmente havia abandonado esse relacionamento. Foi então que percebi meu erro e passei a contatá-la, conversamos, demos inicio a restauração desse relacionamento e posso testemunhar de um milagre que aconteceu, em pouco tempo ela voltou a atividade, é perceptível a transformação. Claro, ela ainda tem suas dificuldades, mas agora estamos juntas caminhando pra superar isso, mas eu tive que dar o primeiro passo.

As vezes estamos perdendo pessoas preciosas simplesmente porque não estamos dispostos a sofrer o dano, investir tempo, morrer pra nossa vontade ou mesmo passar por cima do ego e pedir perdão.

É importante valorizar os relacionamentos que Deus nos deu, eles são o canal pelo qual seremos tocados pelo amor de Deus.

Espero que esse post faça você refletir, buscar restaurar e investir nos relacionamentos da sua vida.

 

 

Com encargo,

 

 

 

dz

 

 

Danielle dos Santos
@danielle.dz
danielle@odiariodazoe.com.br

 

 


#Relacionamentos | Você é o que você come!

comida_ok

Olá pessoal!

Não sou nutricionista, mas hoje quero alertar sobre a sua alimentação! 😉

Estamos junto com toda a igreja de São Paulo em 21 dias de jejum, acompanhado do livro SENTIMENTOS escrito pelo Pastor Wilson Oliveira. Confesso que o jejum tem sido poderoso e a leitura do livro esclarecedora. Muitos de nós pensávamos já estar completamente resolvidos, mas nesses dias temos descoberto que existem situações que ainda precisam ser tratadas. Falar de comida em período de jejum é um pouco difícil, mas não falarei especificamente de arroz e feijão e sim da alimentação da sua alma.

No post sobre laços de alma expliquei que a alma é composta por mente, emoções e vontade. A nossa mente é um campo de batalha e o domínio dela, deve ser nosso. Tudo o que colocamos diante dos nossos olhos é diretamente absorvido pela nossa mente, que provoca uma emoção, essa emoção desce para a vontade e aí que mora o perigo, colocar em prática aquilo que se viu e sentiu.

” Os olhos são como uma luz para o corpo: quando os olhos de vocês são bons, todo o seu corpo fica cheio de luz. Porém, se os seus olhos forem maus, o seu corpo ficará cheio de escuridão.” – Lucas 11:34

Depois que eu tive um encontro com Deus me posicionei para viver em santidade e esperar para ter um relacionamento à maneira de Deus. Nesse período eu literalmente parei de alimentar caraminholas na minha cabeça. Eu não assistia mais filmes românticos, não escutava musicas melosas e nem ficava alimentado nada do tipo em mim. Não estou dizendo para você matar o sonho de casar, mas sim tomar todo o cuidado com o que tem alimentado a sua alma. Geralmente em um filme romântico o mocinho e a mocinha se conhecem em um dia e no outro já estão deitados na mesma cama, partilhando de coisas que apenas os casados têm a bênção para viver. Claro que no meio do filme sempre acontece alguma coisa terrível que separa o casal, mas no final das contas eles descobrem que não conseguem viver sem o outro (isso em algumas semanas ou meses, dependendo do tempo que o filme atribuir). Isso quando no filme um dos mocinhos já não é casado e se separa para viver esse lindo romance.

Tudo isso é realmente muito lindo, lutar pelo amor, ser feliz… mas quero te perguntar: onde ficam os nossos princípios e a palavra de Deus diante disso? Quando assistimos a esse tipo de filme, série, novela sem ter a nossa identidade firmada acabamos por acatar aquilo que a mídia lançou como verdade e passamos a sonhar com algo igual para nós. Temos que lembrar que o nosso padrão de relacionamento é celestial! Não somos seres desse mundo, não devemos sonhar como o mundo sonha e nem nos alimentar do que o mundo se alimenta.

Me lembro que nesse período, eu li todos os livros de relacionamentos do pastor Naor Pedroza, do Pastor José Carlos e todos os outros que apareceram também. Eu participava de workshops, via muitos filmes bíblicos (o filme Rute foi chave, depois posto ele como dica para você! 😉 ), procurava coisas na internet para alimentar o sonho do casamento, mas sempre a maneira de Deus e não do mundo.

Quero deixar com você o versículo 8 de Filipenses 4:

“Por último, meus irmãos, encham a mente de vocês com tudo o que é bom e merece elogios, isto é, tudo o que é verdadeiro, digno, correto, puro, agradável e decente.” – Filipenses 4:8

Saiba se o que você tem comido é um lindo x-Burger com carne podre ou se é um prato de arroz e feijão genuíno com todos os nutrientes necessários! 🙂

Você tem sofrido com a alimentação da alma? Compartilhe com a gente sua experiência!

 

 

Com amor,

 

 

pickerimage

 

 

 

 

 

anacarolina.dz

anacarolina@odiariodazoe.com.br

 


#Relacionamentos | Corte – Inimigos do sonho II

 

inimigos_do_sonho_II

Oi gente,

Hoje quero compartilhar com vocês sobre outro inimigo do sonho de casar: Os relacionamentos do passado.

Esse inimigo é gerado por nós mesmos, pois se trata das escolhas que fizemos no passado e suas consequências, mas não precisa continuar assim, certo?

Durante todo meu tempo de espera (que não foi pouco rs), tive algumas experiências com esses inimigos do sonho especialmente os relacionamentos do passado. Como já contei no post anterior, eu tinha uma vida mundana, me relacionei com alguns rapazes no chamado “ficar” e também tive um namorado.  Eu ansiava encontrar a pessoa certa, então não importava se era um simples ficar em uma festa, ou um ficar de três meses, eu sempre me envolvia emocionalmente.

Quando me converti eu ainda namorava, mas somente ao final do namoro eu me entreguei genuinamente à Cristo. Nesse momento, eu só queria saber de Jesus e sua palavra, queria ter experiências com ele e não pensava em relacionamento. No entanto, percebia que de tempos em tempos eu sentia uma carência bem aguçada e sempre nesse período algum “falecido” (os ex alguma coisa) aparecia.

Bom, no inicio eu não sabia lidar muito bem com isso e ficava balançada, chegava até pensar que se essa pessoa tinha ressurgido na minha vida era plano de Deus, podia ser o “escolhido”. Humpf!!! Quanto engano!

Apesar de ser fortemente atacada por satanás, Deus sempre me guardou e felizmente não cai nas armadilhas do inferno, mas as vezes saia com alguma ferida :(.  Até o dia que eu decidi não viver mais assim, pois a cada balançada que meu coração dava e a cada decepção eu ia me fechando pro sonho de casar.  Fiz uma limpeza nas minhas coisas, joguei tudo que eu tinha ganhado ou que me lembrava essas pessoas, fiz uma fogueira e queimei tudo. Cortei todos os laços de alma que existia. Foi difícil, mas eu fiz.

No início algumas pessoas nas quais eu cortei contato, não entendiam o porquê não poderíamos ser apenas amigos, mas eu havia entendido que não poderia sobrar nada, exatamente como Deus falou em sua palavra pra Moisés:

“E falou o Senhor a Moisés, nas campinas de Moabe junto ao Jordão na direção de Jericó, dizendo:
Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: Quando houverdes passado o Jordão para a terra de Canaã,
Lançareis fora todos os moradores da terra de diante de vós, e destruireis todas as suas pinturas; também destruireis todas as suas imagens de fundição, e desfareis todos os seus altos;
E tomareis a terra em possessão, e nela habitareis; porquanto vos tenho dado esta terra, para possuí-la”. – Números 33:50-53

No entanto, apesar de expulsar todos os antigos moradores do meu coração, eu ainda vivia sendo atacada por esse inimigo. Eu sonhava constantemente com as pessoas do passado e sempre acordava angustiada, até que entendi que além de cortar os laços de alma, eu precisava perdoar essas pessoas. E algo transformador, foi quando li em um livro que precisamos perdoar as pessoas por nós mesmos termos dado a elas a chance de nos magoar.

Então me posicionei e um dia em meu quarto, lembrei-me de cada experiência que havia me machucado e comecei a desencavar coisas do meu coração, lembro-me de começar a chorar e a sentir a dor que senti em cada situação, mas ao invés de empurrar essas lembranças para o fundo do baú eu as entreguei a Deus. Entreguei todo sentimento de dor e rejeição e tantos outros sentimentos que me perturbavam. Não queria mais, ao ouvir o nome dessas pessoas, sentir aquela dorzinha no coração, sabe? Nem mesmo, ao encontrar alguém na rua, fingir que não conheço, porque não é essa a questão e sim o concluir o passado.  Fiz tudo isso e refiz todas as vezes que percebia que ainda havia algo, foi libertador!

A partir dessas experiências comecei a me sentir aberta para um relacionamento a maneira de Deus.

Se você, assim como aconteceu comigo, tem sofrido ataques desse tipo de inimigo, posicione-se e não aceite as mentiras e enganos de satanás que dizem:

  • Se você cortar o relacionamento com essa pessoa, você vai se arrepender;
  • Se você jogar essas coisas fora, você vai arrumar confusão;
  • Não foi você que errou, foi ele (a) porque você vai liberar perdão? Quem tem que te pedir perdão é ele (a);
  • É sempre bom ter alguém correndo atrás de você.

Esses e muitos outros pensamentos podem surgir ao se decidir por concluir o seu passado. Rejeite todos eles e faça aquilo que precisa ser feito. Não se preocupe, o melhor de Deus está por vir.

Que o Senhor te dê forças para destruir esse inimigo e tomar posse da terra prometida!!!

Tem uma música, que me faz lembrar essa fase de entrega onde nossa alma grita por suas vontades. O nome do ministério é muito lindo 😀 😀 😀 Ministério Zoe , música Aquieta Minh´alma. Pode chorar litros!

Confere a letra aqui 

PS: Não deixe de compartilhar conosco a sua experiência.

Com amor e encargo,

20140417-103021.jpg

 

 

 

 

@danielle_dz
danielle@odiariodazoe.com.br

 


 
 
Top