Blog sobre relacionamentos, corte e lifestyle cristão.
 
 

Deus

#Gratidão – 2016.

dinamica-da-gratidao

Olá pessoal, tudo bem com vocês?

Eu sei que um monte de gente tem feito posts e vídeos sobre gratidão, mas quero contar a minha experiência de gratidão à Deus, por tudo o que Ele fez em minha vida.

Todo início de ano sempre fazemos metas e planos, e no ano de 2015 não foi diferente, fiz minhas metas e alvos do ano e em dezembro quando fui ler o que eu havia proposto, para a minha surpresa NENHUM, isso mesmo NENHUM dos alvos haviam sido alcançados. Fiquei super frustrada e chateada comigo mesma, não eram coisas difíceis de se colocar em prática, mas como a maioria de nós, negligenciei o ano todo e queria ao final dele ter algum resultado, isso é insanidade!

Diante daquela frustração falei pra Jesus que eu não ia fazer nenhum alvo para 2016, ia deixar as coisas acontecerem e ser guiada por Ele, porque na minha força eu não ia conseguir nada mesmo. Confesso que falei isso num momento não muito são, eu estava enfurecida e não queria saber de alvo nenhum, mas Jesus mesmo assim ouve as nossas orações e começou a fazer coisas em minha vida que eu nunca teria colocado nos alvos.

Logo nos primeiros dias do ano, aconteceu de manifestar nas juntas do meu corpo e depois por outra regiões umas manchas vermelhas, quentes e que coçavam! Fui ao hospital e a primeira vista o médico disse que estava com cara de artrite reumatoide e me encaminhou pra passar com o reumatologista. Entrei em parafuso, porque essa doença te paralisa, além de ser autoimune, ou seja, era meu corpo lutando contra ele mesmo. Na mesma semana marquei com a reumatologista, ela me examinou, ficou chocada com o tamanho das manchas, tirou umas fotos, passou alguns exames e um remédio.

1

Resumindo a história, fiz os exames, tomei o remédio e nada das dores e manchas desaparecerem. Foi então que em um dia de ceia, enquanto eu compartilhava com a célula, declarei que Jesus já levou sobre si todas as minhas dores e enfermidades, e então tomei o cálice declarando que naquela hora eu estava sendo curada. Sai do culto e as dores e manchas desapareceram, nunca mais tive isso. Aleluia, fui curada!

Quem me conhece sabe que sou muito elétrica, estou sempre fazendo algo, mas um desejo que tenho já faz um tempo é de poder ser do lar, ou trabalhar de casa. Um dia eu estava na igreja me preparando pra tocar (pra quem ainda não sabe, eu toco contrabaixo) e o Espírito Santo me disse: Se prepara, porque você ainda vai trabalhar muito! De início não entendi, mas logo que o mês de março chegou e o meu esposo, assim como muitos outros brasileiros, foi dispensado do trabalho, entendi com maior clareza, que eu iria literalmente trabalhar bastante para poder sustentar a casa. Nesse mesmo mês tivemos a conferência dos vencedores, onde Deus falou demais comigo e alinhou conexões que eu nunca em minha vida inteira iria imaginar.

2

Na conferência ficamos sabendo da Conferência Vinha África e em abril decidimos ir, mesmo sem ter o dinheiro para todas as despesas e o Marcos estando desempregado. Agimos por fé e gente, como vocês puderam acompanhar aqui no blog (eu sei que falta postar alguns vídeos, mas em breve finalizo isso… rsrsrs meta de 2017!) Deus nos surpreendeu demais, cuidou em cada detalhe e fomos pra África com uma conexão em Frankfurt na Alemanha. Conhecemos dois continentes em uma única viagem. õ/

Ah! Em abril meu querido esposo estava indo com o nosso pastor para o sítio em um encontro de pastores, e o carro que estavam rodou na pista e ele que estava na parte de trás, sem cinto, se debateu como um bebê indefeso e apesar de não ter quebrado nada, se machucou feio, ficando uns 2 meses com sequelas do acidente. Todos os dias ele tomava remédios, eu passava uma creme pra ajudar nas dores e etc… mas o que mais me alegra nessa situação toda é que o Senhor poupou a vida dele, o pior poderia ter acontecido.

Maio foi o mês do meu aniversário (como em todos os anos kkkk) e também aconteceu uma das coisas mais legais que poderia acontecer conosco (Eu e Dani), que foi sermos convidadas para fazer parte da equipe de comunicação da Vine International. õ/

Em junho como já falei fomos para a África!! Foi demais, conheci muita gente tanto de lá como daqui do Brasil, pessoas que em outras circunstâncias eu nunca conheceria. A conferência foi demais, conhecer nossos irmãos africanos também. Tive a oportunidade de conhecer pessoalmente o Estevão Martinho, de Cabo Verde e entregar os dois notebooks que conseguimos aqui no Brasil para ajudar os nossos irmãos.

4

Junho foi um mês de muitos acontecimentos! Voltamos da África, minha célula se multiplicou e finalizamos o seminário (faltam umas quatro matérias pra nos formarmos…rsrsrsrs).

3

Depois de junho, trabalhamos muito com a Vine, inclusive em dezembro participamos da conferência de pastores e líderes em Goiânia como equipe. Aconteceu o casamento de um amigo querido e tivemos a oportunidade de fazer muitas outras conexões.

5

Pra fechar o ano com chave de ouro, meu esposo conseguiu emprego para início no dia seguinte que voltamos de viagem de Goiânia. Aleluia!!

2016 foi um ano de muitas crises para mim também, mas o Senhor é fiel e além de me sustentar, cumpriu outras promessas em minha vida, como cantar (sim, cantar!! rsrssrs) no ministério de louvor e ser uma missionária (dos bastidores).

Toda essa gratidão me lembra o trecho de uma música do Diante do Trono:

“Não tenho palavras pra agradecer, Tua bondade, dia após dia me cercas com fidelidade. Nunca me deixes esquecer, que tudo o que tenho, tudo o que sou e o que viera a ser, vem de Ti, Senhor!”

gratidao-claudia1

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comecei 2017 focada para não perder nenhuma parte daquilo de Deus quer fazer na minha vida e através dela. E você já parou pra pensar no que tem à agradecer?

 

 

Grande abraço,

 

Carol Assinatura

 

Ana Carolina Ferreira

@anacarolina.dz

anacarolina@odiariodazoe.com.br

 

 


#Testemunho | Voto – Joyce Corrêa.

12144930_1186405651375692_8335445171664273479_n

Hello!!!

 

Com toda certeza do mundo você ficou com curiosidade para saber a historia do voto da Joyce Corrêa, que postamos a foto em nosso face na semana passada! hahahaha…

 

Vamos então matar a sua curiosidade, segue o testemunho dela 😉

 

No começo desse ano senti de raspar o cabelo logo após uma vigília na igreja Dinamus. Aquilo queimou em meu coração de uma forma inexplicável. Mas abafei o caso (pensei que era algo da minha imaginação e nem se quer orei a respeito).

Sábado dia 04/10 novamente em uma vigília no mesmo lugar, Deus libera o mesmo desejo, e para ser mais sobrenatural, liberou visões, sinais e palavras. Eu saí daquela vigília decidida no que ia fazer, pois Deus me tocou de uma forma tão real, não era algo da minha mente. Deus usou uma moça para liberar uma palavra em minha vida, ela falou: “Deus pede para você seguir com o que você viu, ouve a voz do espírito, pessoas próximas não vão te apoiar.” E de fato foi assim. Após a ceia no domingo falei para os meus discipuladores e para o meu líder. Cheguei em casa e falei para a minha mãe (que não gostou). E aguardava a segunda para informar minha chefe.

Deus conduziu absolutamente tudo. Orei a respeito e já tinha dia e hora para cortar, dia 7/10 as 18h.

Fui em um salão próximo da minha casa. Primeiro foi tirado o cumprimento do cabelo (doei crianças com câncer). E falei: passa maquininha zero! Confesso que pensei que ia chorar, sofrer, mas graças a Deus não sofri nada, fiquei tão feliz e satisfeita que sinceramente pensei que ia ser arrebatada hahahahaha. Testemunhei sobre o amor de Deus e foi tremendo. Assim tem sido após renunciar os meus cabelos que cobriam a minha nuca.

Estou muuuito feliz, e crendo no melhor de Deus .

 

12166676_1188543521161905_2036596758_n

Achamos interessante compartilhar o testemunho da Joyce, para que vocês tenham uma visão diferente do voto. Que não é uma versão gospel da promessa (sempre esperando alcançar alguma bênção), mas sim uma marca que você faz em si para não se esquecer da consagração que fez ao Senhor, ou até mesmo como foi com a Joyce, uma marca para quando perguntem para ela o porque de estar sem os cabelos, ela testemunhar do amor d’Ele e impactar vidas.

 

Um dos versículos que se aplica ao testemunho da Joyce é I Coríntios 1:25:29:

 

Porque a loucura de Deus é mais sábia do que os homens; e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens.
Porque, vede, irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem muitos os poderosos, nem muitos os nobres que são chamados.
Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes;
E Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são;
Para que nenhuma carne se glorie perante ele.

 

Espero que tenham sido edificados com o post sobre voto, com os testemunhos que temos compartilhado e se o Senhor estiver falando com você sobre isso, não hesite em obedecê-lO.

 

Se você ainda tem dúvidas sobre o assunto, deixe nos comentários ou nos mande um e-mail. 😉

 

Grande abraço,

 

pickerimage

 

E-mail: anacarolina@odiariodazoe.com.br

Insta: anacarolina.dz

Snap: anacarolina.dz

 

 


#Relacionamentos | Corte – Voto.

pray_2

 

Hello! 😉

 

Tudo bem com vocês?

 

Como sempre, estamos sumidas e corridas, mas é por boas causas.  🙂

 

Hoje vamos falar sobre VOTO. Afinal, o que é isso?

 

De acordo com o dicionário informal voto é a promessa que alguém faz à divindade, para obter uma graça ou simplesmente para agradá-la. Uma oferenda em cumprimento dessa promessa: depositar o voto ao pé do altar.

Lendo essa definição parece até aquelas religiões que temos que agradar os santos, mas calma, vou explicar direitinho.

 

Na bíblia, temos o exemplo do voto de Ana, onde ela pede ao Senhor um filho e faz o voto de entregá-lo para servir ao Senhor como sacerdote e que ele não cortaria seus cabelos.

E fez um voto, dizendo: Senhor dos Exércitos! Se benignamente atentares para a aflição da tua serva, e de mim te lembrares, e da tua serva não te esqueceres, mas à tua serva deres um filho homem, ao Senhor o darei todos os dias da sua vida, e sobre a sua cabeça não passará navalha.

1 Samuel 1:11

 

Muitos cristãos, principalmente os do nosso meio, acham que para iniciarem a corte ou se relacionarem, precisam fazer um voto, como se fosse algo cabalístico.  Bom, não é necessariamente assim que as coisas acontecem. Temos que lembrar que nosso Deus é gracioso e não temos nenhuma obrigação de fazermos coisas pra comove-lo ou até mesmo merecer “a graça alcançada” com alguma promessa, mas podemos sim fazer votos não para atingir o Senhor e sim como marca de uma consagração nossa ao Senhor, para que nós não esqueçamos o voto que fizemos.

 

Em meu período de solteirísse fiz um voto com o Senhor, foi algo bem pessoal, eu precisava fazer um voto como sinal da minha consagração ao Senhor e só me relacionar ou entregar meu coração para o homem com quem eu me casaria.

Sempre fui meio doida, falo com Jesus a todo momento… Costumo dizer que conversamos bastante. E me lembro que eu estava andando na rua e falando com Jesus, foi então que entrei no assunto de casamento, que eu tinha o desejo de fazer um voto, pra que todas as vezes que eu me lembrasse do voto ou olhasse para o que eu ia fazer, me lembraria da consagração que fiz da minha vida sentimental e do meu coração. Comecei a pensar sobre o que fazer?

 

Um voto não pode ser algo fácil e muito menos algo que cairá no esquecimento, a palavra já nos diz para não fazermos voto de tolo, ou seja, fazer um voto que não vamos cumprir.

Quando você fizer um voto, cumpra-o sem demora, pois os tolos desagradam a Deus; cumpra o seu voto. É melhor não fazer voto do que fazer e não cumprir.

Eclesiastes 5:4,5

 

Olhei ao meu redor e pensei: podia ser algo de comer…kkkkk mas como estamos em constantes jejuns, não seria um diferencial. Depois pensei que teria que ser algo bem penoso pra mim e que fosse aparente. Foi então que eu tive a brilhante ideia de não cortar meu cabelo (tipo Sansão kkkkkk) até o dia do meu casamento. Porque o cabelo?

Pra quem me conhece antes desse período do voto, sabe que sempre fui meio doida com meus cabelos, sempre enjoei fácil dos cortes e metia a tesoura mesmo. Então de fato, foi algo bem difícil de manter e que eu não esquecia nenhum dia, porque meu cabelo quebrava as pontas e eu não podia nem acertar. rsrsrsrs

 

O voto é um passo de fé e confiança que o Senhor fará algo, porque eu poderia muito bem estar solteira até hoje e meus cabelos já estarem varrendo o chão. Mas o Senhor é rico em misericórdia e me honrou muito, providenciando um marido lindo e rápido. Hahahahahaha…

 

Nesse período de voto, as pessoas me zoavam muito, me marcavam nas redes sociais em fotos de mulheres com os cabelos nos pés, cabelos despontados e mal tratados. Fora a vontade incontrolável de cortar meus cabelos, minha mão coçava pra fazer algo.

 

cabeloslongos2

 

 

A dica que dou é que se você pense em fazer um voto, precisa pensar em todos os aspectos que o envolvem. Se você dará conta de manter o voto de pé, se não cairá no esquecimento, se você está fazendo algo com propósito e o mais importante, você saber que esse voto não é pro Senhor e sim pra você!

 

Explicando melhor o que eu disse no inicio do post, o voto assim como o jejum, é pra que você se lembre da consagração que fez, o Senhor continua belo, lindo, poderoso, maravilhoso, com ou sem o seu voto. Então, não pense que o fato de eu não cortar o cabelo fez com que o Senhor mandasse logo meu esposo, Ele poderia era ter me provado e deixado o cabelo chegar no pé! Mas vocês sabem que a graça de Deus é maravilhosa, né?! hahahhaha!!

 

Me casei com os cabelos na altura da cintura – a ultima ponta dele, né?! – , até fiz uns cachinhos pra poder disfarçar as pontas, mas mesmo assim não dava pra esconder o tamanho do cabelo.

 

eu noiva1

 

Algumas semanas depois que me casei cortei o cabelo e até hoje não paro de cortar, até raspar uma parte careca, raspei! 😮 hahahahahaha!

 

1511164_629759573753561_440756303_n

 

 

Alguma vez você fez voto? Compartilha com a gente! 😉

 

 

 

Abraços,

 

 

pickerimage

 

 

 

 

E-mail: anacarolina@odiariodazoe.com.br

Insta: @anacarolina.dz

Snap: anacarolina.dz


#Missões | Burkina Faso – África.

BF1

Sou Rafael do Vale, tenho 22 anos e sou estudante de teologia, servo de Deus. Não me dou ao luxo de dizer que sou missionário por não atuar no campo, apesar de acreditar que todo cristão é um missionário, se não for é um impostor.

Há seis anos sou líder de jovens na Catedral da Adoração “O Brasil Para Cristo” na cidade de Goiânia. Não sou cristão de modinha, nasci para morrer em Cristo. Tive meu primeiro contato missionário aos 20 anos, desde então, tive a oportunidade de ministrar e visitar alguns países como França, Burkina Faso, Alemanha, Bélgica, Holanda, Panamá, e Haiti…

 

BF2

Logo na primeira viagem, enfrentei uma discrepância social, cultural e climática tão grande, a ponto de sair da França com 4°C e chegar à noite na África com 39°C.

Burkina Faso, a Missão Desafio que é um projeto nacional, está a frente de alguns trabalhos como por exemplo abertura de poços, doação de alimentos e várias igrejas espalhadas por todos os países. Uma delas possui 800 crianças. No local em que estávamos havia vários “garibus”, são crianças de 2 a 14 anos que são rejeitadas pelos seus pais e ficam sob o cuidado dos muçulmanos do Islã que os escravizam e maltratam. Por obrigação as crianças devem decorar o alcorão, pedir esmolas com baldes nas costas e o que ganham dão aos muçulmanos e todo trabalho escravo. (90% da sociedade de Burkina Faso é Islã).

Os garibus que resistem às condições precárias de vida até aos 14 anos fogem ou morrem. Quando estávamos na divisa de Burkina com Mali, num lugar totalmente deserto, chegamos a um vilarejo onde havia várias crianças garibus. Paramos em uma loja de conveniência bastante simples, uma criança me pediu dinheiro, mas havíamos sido instruídos a não dar dinheiro. Comovido com a situação comprei 10 mil franco CFA de guloseimas e dei a eles. Nisso multiplicaram as crianças do pó da terra. Eu me alegrava com elas, tentávamos conversar com o básico de francês e inglês, perguntava o nome de cada uma, quando menos esperava todas estavam falando meu nome de uma forma engraçada e diferente o que me emocionava bastante.

Estávamos em uma casa próxima a uma base da Al-Qaeda. Segundo os missionários de campo, estávamos cercados pelo exército local. No país o risco de morte de cristão é muito grande. Logo pela madrugada levantamos eu e um amigo americano para orar pela nação e pelo povo. Passaram-se algumas horas e enquanto orávamos, notei olhos de pessoas na parede da casa. Quando abri a porta, milhares de crianças estavam nos esperando e algumas delas me chamaram pelo nome de um jeito engraçado, como na loja de conveniência – estávamos a 35 km de lá.

Nesse momento comecei a olhar como Cristo, verdadeiramente. Tive compaixão pela nação de Burkina Faso, chorava ao pensar na maneira que vivemos o evangelho no Brasil, Superficialmente. (Esta foi apenas uma das várias experiências em campo).

 

BF3

Na volta ao Brasil, orei meses pedindo estratégias, pois com uma mente tão diferente não conseguia formar ideias; tudo o que falava e falo não representa o que vivo. Mas enquanto orava, Deus me disse para amar pessoas mais que coisas, amar pessoas incondicionalmente e conscientizar a igreja da necessidade de trabalhadores na seara.

 

BF4

Sabendo disso, assumi a responsabilidade missionária em nossa comunidade de fé e da minha cidade, criando uma base missionária para alcançar todas as esferas da sociedade. A missão se chama Missão Desafio Goiás, onde estamos formando, aproximadamente, 15 missionários que atuarão com Cristo na cidade. Temos como objetivo somar com os projetos já existentes e dar continuidade, criar ramificações para alcançar, absolutamente, todas as pessoas, de pobres à ricos. Já fomos e, ainda vamos, em vários lugares do Brasil e do Mundo. Certa vez meu pai me disse que se temos poder para sonhar, Deus tem poder para realizar todos os nossos sonhos. Os trabalhos e missões são inúmeros e parecem impossíveis, mas cremos no Deus do impossível, capaz de fazer coisas inimagináveis, vivemos por fé e não pelo que vemos. Por isso, todo dia presencio um Milagre.

 

BF5

Caro leitor, espero que essas palavras tenham edificado sua vida e o mesmo Espírito que move em mim, se mova em você. Que você tenha uma consciência missionária. Você é a palavra de Deus para alguém.

Contribua com essa obra:

Banco Bradesco
Agência: 1777
Conta Corrente: 1000131-5

Rafael do Vale Maciel

 

Lembre-se que o testemunho edifica a igreja, compartilhe o que Deus tem feito e envie para contato@odiariodazoe.com.br.

 

O Diário da Zoe.

 

 


#Testemunho | Rosângela e Edson – Ela.

ER-116

Pela fé, Rosângela perseverou sem ter recebido a promessa e continuou sonhando, assim como José e hoje vive os sonhos de Deus.

 

Eu tive uma infância difícil, com um pai alcoólatra e complexo de rejeição. As brigas em casa eram frequentes, as agressões verbais eram diárias, sentia muito medo, desamparada. Lembro-me de noites em que nem dormia com medo do que poderia acontecer durante a noite em alguma discussão entre meus pais…

Cresci e me tornei uma adolescente rebelde, cheia de crises, feridas, que procurava a todo o custo aceitação. Cada decepção fazia com que eu construísse muros ao meu redor que impediam que as pessoas se aproximassem de mim e me tornava insensível, amargurada e vazia… Usava uma máscara que fazia com que as pessoas pensassem que tudo estava bem e o vazio que existia eu tentava suprir em baladas, relacionamentos, trabalho, estudos… Mas o vazio só aumentava.

Os sonhos já não existiam mais e aos 23 anos eu era alguém a ponto de explodir. As minhas emoções eram doentes, eu me relacionava com as pessoas interessada, apenas, no que podiam me oferecer. Parecia estar tudo bem, não havia nada de diferente e eu estava quase entrando em depressão. Eu já havia procurado Deus em coisas, em lugares errados, em pessoas, mas nunca havia encontrado algo que de fato me preenchesse.

Uma noite saí pra balada (isso era normal) e durante a noite tive que ir ao banheiro para chorar. Sentia uma angústia… Ao final da noite quando voltava pra casa me questionava: “E agora? Nada mais me satisfaz!”

Nessa época eu trabalhava no centro de São Paulo e era comum os camelôs venderem CDs piratas pela rua. Em frente ao meu trabalho havia um desses camelôs que colocava os CDs para tocar e havia um que eu gostava do Diante do Trono, “Nos braços do Pai”.

Ao pegar o trem para trabalhar, havia um vagão que chamavam de “vagão dos crentes”. Eu sempre entrava neste vagão porque ficava mais próximo das escadas da estação Brás. Eu ia reclamando todos os dias do barulho que eles faziam e eles sempre cantavam a canção e, sem perceber, o Espírito Santo já estava começando uma obra na minha vida… Havia uma moça que cantava nos braços do Pai… As canções começaram a me tocar a ponto de sentir vontade de chorar.

Certa vez, no dia seguinte do retorno de uma balada, ao acordar, pensei: Eu preciso ir à igreja! Só falta isso! Decidi que naquele dia eu faria algo e minha vida iria mudar.
Eu me vesti de crente (rsrs), coloquei um vestido bem decente e fui até a casa de uma amiga e pedi para a mãe dela me levar à igreja que ela congregava. A mãe dela me levou e ao chegar lá era um culto evangelístico onde, na apresentação de uma dança, Deus falou muito comigo. A música era Quero me Apaixonar do Diante do Trono.

Eu chorava muito e naquele dia entreguei minha vida ao Senhor. Tinha certeza de que NUNCA, NUNCA, NUNCA mais eu seria a mesma. Havia uma convicção de que eu era outra pessoa e, desde então, Cristo vive em Mim!!!

Eu não fui evangelizada de forma pessoal, ninguém falou de Jesus pra mim, ninguém me disse que Ele me amava e havia se entregado por mim, mas Deus tinha um plano na minha vida e usou de estratégias para me atrair. A verdadeira paz, alegria e satisfação só são possíveis em Jesus! Eu descobri que tinha um pai amoroso, que cuidava de mim, que me aceitava, me amava… Eu tive um encontro com Deus!!! Aleluia!

Hoje eu sou feliz porque a felicidade é uma pessoa e eu me encontrei com essa pessoa. Seu nome é Jesus.

Eu me converti em uma igreja tradicional em 2005 e logo Deus me constrangeu com seu amor e santidade. Decidi que só iria me relacionar para o casamento, rompi um namoro e Deus falou claramente comigo que só voltaria a beijar novamente o meu esposo. Cheguei a pensar que fosse loucura, mas amava tanto ao Senhor que já não me importava mais em abrir mão dos relacionamentos errados.

Um dia, a convite de uma amiga, visitei uma das células da Videira da Armênia e me senti muito acolhida e amada, mas a distância era muito grande. Eu morava em Itaquaquecetuba e a célula era na zona norte. Depois disso visitei um culto e me senti desafiada a ir para a Videira, mas o que realmente me trouxe paz e convicção nessa decisão foi a forma como os jovens se relacionavam para casamento – a corte -, um relacionamento santo e com propósito. Foi quando me achei!!!

Desde então comecei uma jornada de fé, esperança, perseverança e confiança em Deus de que aquilo que Ele havia me prometido iria se cumprir. Escolhi ser fiel ao meu cônjuge antes mesmo de conhecê-lo. Decidi me guardar por amor a Deus e por amor àquele que um dia seria meu pra sempre… Fiquei reservada! “Eu Quero! Eu Escolhi! essa é a minha Decisão!”

Recebi meu chamado pastoral em 2009 e sabia que as minhas respostas teriam que me mudar. Me tornei líder de célula, me envolvi com as coisas de Deus e não poderia me relacionar de qualquer forma e com qualquer pessoa. Deus iria me casar com um homem chamado para ser pastor.

Os anos de espera pareciam não acabar. Foram 7 anos esperando a promessa se cumprir. Durante este tempo surgiram muitos questionamentos, crises, conflitos internos. Será que valia a pena esperar por algo que parecia que não iria se concretizar? Vi muitos casamentos se realizarem e o meu sonho de ter uma família, um esposo que fosse homem de Deus, que cuidasse de mim e me amasse ia ficando mais apagado em meu coração.

Em 2010 saí da Videira Armênia e fui congregar em Itaquera. Conhecia o Edson apenas de vista, fazíamos o seminário presencial juntos, mas nunca havíamos conversado. Apenas nos cumprimentávamos e não havia interesse de nenhuma das partes. Nosso relacionamento era apenas de troca de materiais do seminário por email e esporadicamente nos falávamos no Facebook. O projeto com as micro-igrejas começou e fui enviada com uma equipe de irmãos para a micro-igreja de Itaquaquecetuba. Fiquei muito feliz, pois vi a obra de Deus avançar e conquistar a região onde eu morava.

Durante este tempo não nos vimos e nem nos falamos mais. Na conferência dos vencedores de 2012, vi o Pr. Leonardo abraçando um rapaz muito quebrantado e declarando bênçãos sobre ele. Deus falou comigo naquela hora que este homem era um homem de Deus e eu iria me relacionar com ele. Na hora não compartilhei com ninguém e achei até que fosse loucura, minha alma gritando por sonhar tanto com o casamento.

Na semana seguinte à da conferência começamos a nos falar pelo Facebook. As conversas se tornaram cada vez mais interessantes e em 15 dias estávamos conversando com nossos líderes sobre o desejo de orarmos e, se houvesse a aprovação de Deus e da liderança, nos relacionar em corte.

e-session noivos

Foi muito rápido! Nossos líderes aprovaram e começamos a orar. Uma semana depois o Ed quebrou os 2 pés… Neste período não nos falamos por telefone, foi um tempo de depender de Deus. Não nos víamos e só falávamos pelo Facebook, mas a paz e convicção cresciam a cada dia e oramos durante 7 meses até a liberação da corte já com data para a realização do casamento.

Esta foi a carta que ele leu no telefone pra mim ao declarar seu desejo em casar-se comigo: Carta!

Nossa corte teve início. Que tempo lindo e precioso! Ao olhar a história que Deus escreveu para nós chego a me emocionar! Foram momentos marcantes e a distância fazia com que cada momento fosse desfrutado com muita alegria. O Ed estava em Itaquera e eu em Itaquá, mas nunca abrimos mão de eventos ou compromissos com a igreja local para estarmos juntos, pois sabíamos que o mais importante era o chamado de Deus para nossas vidas. O propósito nos uniria.

Ficamos noivos e nos beijamos apenas no altar…foi um momento inesquecível!!!

 

ER-582

Hoje desfruto de um casamento abençoado com um homem de Deus que me leva a estar mais próximo de Jesus e amar a sua vontade. Seremos pastores e iremos cumprir o propósito de Deus. Sou muito grata ao Senhor Jesus pelo seu zelo, proteção e amor, pelo tempo de espera, pois forjou em mim princípios eternos que hoje compartilho com as jovens que, como eu, desejam se casar e obedecer a voz de Deus. Sem Ele esse testemunho não existiria. Vale a pena honrar a Deus com as nossas vidas. Ele é o autor das mais lindas histórias de amor, Ele é o amor… Permita que ele escreva a sua, Ele irá te surpreender! O Espírito Santo irá te auxiliar nas suas fraquezas e te levará a suportar os tempos de solidão e espera.

Ao meu esposo e eterno namorado, Edson Melo, quero dizer que por mais que eu sonhasse ou idealizasse um padrão perfeito de marido, ele jamais chegaria aos seus pés. Você é o meu presente, meu amigo, meu amor, meu companheiro para toda a vida. Eu o amo com todo amor que posso expressar. Te entreguei a minha vida no altar!

 

Testemunho: Rosângela Melo

Igreja: Videira Itaquera

Cidade: São Paulo/SP

 

Leia também o testemunho dele – Edson Melo.

 

Lembre-se, o testemunho edifica a igreja. Compartilhe o que Deus tem feito em sua vida também. Nos mande um e-mail: contato@odiariodazoe.com.br.

 

O Diário da Zoe.

 


#Aconteceu | Seminário da Corte – Comunidade Betânia.

IMG_1725

No dia 08/08 (sábado) fizemos o nosso primeiro seminário da corte em nossa igreja local, a Comunidade Evangélica Betânia. õ/

 

Como sempre, Deus nos surpreendeu com tudo o que fez e como fez. Parecia um encontro com Deus só que voltado para relacionamentos. Houve libertação, cura e unção, e as dúvidas dos nossos irmãos sobre a corte foram respondidas.

 

Acompanhe o vlog!

 

 

Se você quer que o DZ ministre na sua igreja, entre em contato conosco através do e-mail: contato@odiariodazoe.com.br.

 

Grande abraço,

 

O Diário da Zoe.

 


#Missões | Testemunho Pr. Fernando Gomes – Videira Guiné-Bissau.

image1 (1)

Me converti quando criança, mas aos 17 anos me distanciei do Senhor. Voltei através de uma amiga que sempre me convidava para ir à igreja, isso foi no dia 20 de março de 1994, desse dia em diante permaneci no Senhor até hoje.

Comecei a perceber o meu chamado há 12 anos, quando liderava os jovens e era professor da escola dominical dos adultos na igreja onde me converti (liderada pelo meu sogro). Passado alguns anos conclui o meu curso de bacharel em ciências contábeis na África e comecei a me preparar para ir fazer pós-graduação no Brasil. Foi então que meu pastor me falou que eu tinha um chamado. Eu nem dei muita importância, pois para mim o chamado era para suportar financeiramente a igreja.

Um dia, através de um sonho, o Senhor falou comigo de uma forma clara, confirmando o que o meu pastor tinha me falado, então eu desisti do meu sonho de fazer a pós-graduação. Antes do Senhor confirmar o meu chamado eu trabalhava como contador, mas posteriormente abandonei por causa da obra.

 

Em 2007 fui ungido como evangelista e um ano depois casei com a filha do nosso pastor. Liderei a abertura de algumas igrejas no interior do nosso país (Assembleia de Deus de Nhoma).

 

Conheci a igreja Videira através da pastora Beatriz da Bélgica. Eu e minha esposa conseguimos uma bolsa para ficarmos 4 anos em Foz do Iguaçu, no Brasil e, posteriormente, recebemos a proposta de bolsa para Goiânia. Entramos em crise por qual das bolsas aceitaríamos. Finalmente oramos e decidimos aceitar a bolsa para fazer o seminário em Goiânia. Foi um tempo de grandes dificuldades, de adaptação, mas conseguimos superar e foi muito bom para o nosso ministério. Durante esse tempo no Brasil nasceu o nosso filho.

 

image2 (1)

 

Depois da minha formação na turma de 2012, fui enviado para Moçambique onde consegui mais 5 bolsas para jovens do meu país (guineenses) estudarem no seminário e, ao final de 2014 eles se formaram na primeira turma. Fui o primeiro pastor africano ordenado ao ministério da palavra na Videira. Para mim foi um privilégio, mas também uma responsabilidade. Posteriormente, eu, minha família e os 5 jovens guineenses voltamos para Guiné-Bissau sob a supervisão do Pr. Washington Andrade, supervisor da Vinha África.

 

image2

A igreja na África, graças a Deus, esta crescendo muito. Vimos a mão de Deus sobre todas as igrejas Videira na África.

No dia 15 de janeiro saímos de Moçambique com a finalidade de voltar para Guiné-Bissau. Depois da nossa chegada iniciamos contatos para dar início às primeiras células e, com a legalização da igreja, graças a Deus, começamos as nossas células e o culto.

 

image3

 

Trabalhamos com objetivo de fechar o nosso primeiro semestre com alvo de 50 membros, mas pela graça de Deus, conseguimos encerrar o semestre com 62 membros. No dia 21 de junho batizamos 28 pessoas entre elas 4 muçulmanos.

 

image6

 

No dia 25 de julho realizamos o nosso primeiro casamento (um dos jovens que se formou em Moçambique).

 

Seguem os contatos da Igreja Videira Guiné-Bissau e dados bancários para você ser um investidor dessa obra:

 

Endereço: Rua Eduardo Mondlane, nº 7 – Chão de Papel

Caixa-Postal: 278 – Bissau

E-mail: videirabissau@gmail.com

Skype: gomes1209

Celular, Viber & Watshapp: +245 927 8497

Guinea Bissau (África)

 

Banco: BRADESCO

Agencia: 896

Conta Corrente: 3591-2

CPF: 701.465.901-47

Titular: Fernando Gomes

 

 

O Pr. Fernando Gomes tem 38 anos, é casado com Maria Augusta Gomes, pai de Asafe e Abner e hoje lidera a igreja Videira de Guiné-Bissau.

 

O diário da Zoe.

 

 

 


#Relacionamentos | E a tal carência?

triste coiso__

 

 

Todos vocês com certeza já se sentiram sozinhos e bateu aquela carência. Alguns gostam de curtir essa “fossa” e partem pros filmes românticos, regados a muito chocolate e sorvete. Já outros para fugirem desse sentimento horrível, correm pra primeira festa ou reunião de amigos para arrumar alguém pra ficar e tudo isso passar logo.

 

love-349632_640

O ser humano geralmente é carente. Tem aqueles que por alguma circunstância são carentes de pais, de amigos… Mas a carência geral é a de Deus. Em Romanos 3:23 a Bíblia diz que nós carecemos da glória de Deus, ou seja, dele mesmo. Costumo dizer que há uma peça de quebra-cabeça em nosso coração, que é no formato de Deus e só Ele cabe ali. Tentamos colocar outros relacionamentos, seja com amigos, namoro, família… Mas só cabe Deus, não adianta! E quanto mais você tenta colocar outras peças que não encaixam no lugar de Deus, só se machucará e frustrará. 🙁

 

box1

 

Muitos com o coração quebrado de um relacionamento difícil correm para Deus pedindo uma solução e é claro que Deus move, mas saiba que a intenção d’Ele antes de restaurar qualquer relacionamento humano é restaurar o seu relacionamento com Ele.

Você pode pensar: Mas Carol, eu nunca fui tão chegado assim de Deus, Ele vai restaurar o que?

Essa história é longa e antiga, nada tem a ver com o que você fez ou faz e sim com o que você é. Um pecador. Nós somos pecadores por natureza, ou seja, nascemos assim. E pecamos porque somos pecadores e não somos pecadores porque pecamos. O pecado é algo nato em nós, antes de aprendermos a falar, andar e etc, já sabemos pecar, nos rebelando contra as autoridades (nossos pais) querendo atenção e que tudo seja feito do nosso jeito (Sim! Bebês agem assim…). Mas o que tem a ver o pecado com o relacionamento com Deus? Tudo! Deus não compactua com o pecado, portanto o pecado nos afasta de Deus.

 

box2

 

Como nascemos pecadores e o pecado nos afasta de Deus, para nós não havia mais solução, porque já nascemos com essa “doença”, como curá-la? Foi então que Deus colocou seu plano em pratica e enviou Jesus, que nasceu sem pecado (porque não tinha a semente do pecado) e passou por tudo o que nós passamos aqui e continuou sem pecado. Ele se entregou na cruz, morrendo em nosso lugar para que hoje eu e você fôssemos livres dos nossos pecados e desfrutássemos novamente do relacionamento com Deus, para colocarmos a peça no lugar certo. Muitos por estarem cegos e não compreenderem que o que falta é a peça principal ficam curtindo as fossas sem fim, procurando satisfazer o vazio que há dentro de si. A palavra nos diz que um abismo chama outro abismo, então de fossa em fossa e mais o agravante do pecado as coisas só pioram.

Porque estou falando tudo isso?

Para mostrar a você que essa carência que bate na porta todo sábado à noite ou em dias frios, tem solução! E a solução é Cristo. Aleluia!

Existem muitos crentes que ainda sofrem dessa carência aguda, fossa ou até mesmo procuram novos relacionamentos para suprir. Mas como isso Carol? Eles já não têm Jesus? Sim! Mas temos o “suprir” de Jesus à medida que nos relacionamos com Ele e muitos desses crentes que falei, após sua conversão, não desenvolvem o relacionamento com Deus, portanto continuam com os mesmos sintomas de antes e procurando as mesmas soluções, só que agora gospel. 😐

Quero te convidar a se auto examinar, e ver em qual grupo se encaixa. Se nos que estão completamente afastados de Deus, pois nunca aceitaram o sacrifício de Jesus, se nos crentes que tem ainda vivido como se não conhecessem Jesus ou se nos crentes com suas carências supridas em Jesus. Peça para o ES te ajudar a enxergar qual grupo está. Se ainda sofre com as carências é importante que você se aproxime do Senhor Jesus, para ter um relacionamento com Ele, não só de pedir bênçãos, mas para que Ele seja o seu melhor amigo e supridor de toda carência que existe em seu coração.

 

 

Com amor,

 

pickerimage


#Sorteio|Livro – Espelho, espelho meu!

 

promoção

Quer ganhar o livro da Pra. Mariana Almeida “Espelho, espelho meu: Existe alguém mais difícil do que eu?” Dedicado pela autora! 😉

livro

Para participar é simples, veja:

1. CURTA a página O Diário da Zoe no facebook;

2. CURTA, COMPARTILHE e MARQUE 5 amigos na imagem oficial do sorteio no facebook;

3. CLIQUE aqui para participar!!

Prontinho! 🙂

 

O sorteio acontecerá no dia 12/06.

Fique ligado em nossas redes sociais para acompanhar o resultado! 😉

OBSERVAÇÕES:

  • O sorteio será válido apenas para quem participar de todas as etapas descritas no regulamento.
  • Os ganhadores serão contatados via inbox do facebook, para informar os dados de envio do prêmio.

 

O Diário da Zoe

contato@odiariodazoe.com.br

@odiariodazoe

facebook.com/odiariodazoe


#Dica | Música – Priscilla Alcântara.

slidepri5

 

Vendo a foto de capa desse post você pode talvez não reconhecer essa menina, mas vendo a foto abaixo, com certeza se lembrará das frases: “AaallôÔô… queeem fala?!” “Playstation!! Playstation!!”… lembrou?

 

BOM-DIA-1

 

A Priscilla Alcântara apresentava o Bom Dia & Cia no SBT junto com o Yudi e trabalhou nisso por longos 8 anos. O que muita gente não sabe é que ela é cristã (isso mesmo! 😮 ) e é cantora!

 

susto

 

Isso mesmo!!! Ela é CRENTE (na linguagem popular) e é da igreja Bola de Neve Church. Ela gravou CD, tem uma música que você já deve ter ouvido e ficou se perguntando quem cantava… é a música Espírito Santo.

 

 

Já comentei com vocês no post sobre a dica da Daniela Araújo que sou uma chatolina com música e com a Priscilla Alcântara não foi diferente. De inicio eu não curti muito o timbre dela, (apesar das músicas sempre serem bem legais) mas agora tenho ouvido bastante e claro que minha opinião mudou! J Sinto que ela é uma garota como nós, que ama Jesus e está cumprindo o chamado dela (ela fala isso na música…rsrsrsrs).

O canal no Youtube dela bomba de visualizações e recentemente ela postou essa entrevista muito legal, que nos ajuda a conhecer ela mais de perto. 😉

 

 

Por ser jovem, descolada, com suas roupas e cabelo, hoje a Priscilla Alcântara tem servido de referencial para muitas jovens e adolescentes no meio cristão e tem quebrado alguns paradigmas também. Fico muito feliz por ver o que Deus tem feito na vida dela e através dela e como Ele tem levantado pessoas de diferentes lugares para expressa-lO.

Acompanhe através desse vídeo um pouco de como ela ministra e veja que de fato Deus a usa.

 

 

A música que mais gosto é a “Onde Ele vai eu vou atrás”, na versão acústica. *___*

 

E você, já conhecia a Priscilla? Tem uma música preferida?

 

Um abraço,

 

 

pickerimage

 

 

 

 

 

 

 

anacarolina@odiariodazoe.com.br

@anacarolina.dz

www.facebook.com.br/annacarolinafer

 


 
1 2 3
 
Top