Blog sobre relacionamentos, corte e lifestyle cristão.
 
 

comportamento

#Relacionamentos | Corte – Voto.

pray_2

 

Hello! 😉

 

Tudo bem com vocês?

 

Como sempre, estamos sumidas e corridas, mas é por boas causas.  🙂

 

Hoje vamos falar sobre VOTO. Afinal, o que é isso?

 

De acordo com o dicionário informal voto é a promessa que alguém faz à divindade, para obter uma graça ou simplesmente para agradá-la. Uma oferenda em cumprimento dessa promessa: depositar o voto ao pé do altar.

Lendo essa definição parece até aquelas religiões que temos que agradar os santos, mas calma, vou explicar direitinho.

 

Na bíblia, temos o exemplo do voto de Ana, onde ela pede ao Senhor um filho e faz o voto de entregá-lo para servir ao Senhor como sacerdote e que ele não cortaria seus cabelos.

E fez um voto, dizendo: Senhor dos Exércitos! Se benignamente atentares para a aflição da tua serva, e de mim te lembrares, e da tua serva não te esqueceres, mas à tua serva deres um filho homem, ao Senhor o darei todos os dias da sua vida, e sobre a sua cabeça não passará navalha.

1 Samuel 1:11

 

Muitos cristãos, principalmente os do nosso meio, acham que para iniciarem a corte ou se relacionarem, precisam fazer um voto, como se fosse algo cabalístico.  Bom, não é necessariamente assim que as coisas acontecem. Temos que lembrar que nosso Deus é gracioso e não temos nenhuma obrigação de fazermos coisas pra comove-lo ou até mesmo merecer “a graça alcançada” com alguma promessa, mas podemos sim fazer votos não para atingir o Senhor e sim como marca de uma consagração nossa ao Senhor, para que nós não esqueçamos o voto que fizemos.

 

Em meu período de solteirísse fiz um voto com o Senhor, foi algo bem pessoal, eu precisava fazer um voto como sinal da minha consagração ao Senhor e só me relacionar ou entregar meu coração para o homem com quem eu me casaria.

Sempre fui meio doida, falo com Jesus a todo momento… Costumo dizer que conversamos bastante. E me lembro que eu estava andando na rua e falando com Jesus, foi então que entrei no assunto de casamento, que eu tinha o desejo de fazer um voto, pra que todas as vezes que eu me lembrasse do voto ou olhasse para o que eu ia fazer, me lembraria da consagração que fiz da minha vida sentimental e do meu coração. Comecei a pensar sobre o que fazer?

 

Um voto não pode ser algo fácil e muito menos algo que cairá no esquecimento, a palavra já nos diz para não fazermos voto de tolo, ou seja, fazer um voto que não vamos cumprir.

Quando você fizer um voto, cumpra-o sem demora, pois os tolos desagradam a Deus; cumpra o seu voto. É melhor não fazer voto do que fazer e não cumprir.

Eclesiastes 5:4,5

 

Olhei ao meu redor e pensei: podia ser algo de comer…kkkkk mas como estamos em constantes jejuns, não seria um diferencial. Depois pensei que teria que ser algo bem penoso pra mim e que fosse aparente. Foi então que eu tive a brilhante ideia de não cortar meu cabelo (tipo Sansão kkkkkk) até o dia do meu casamento. Porque o cabelo?

Pra quem me conhece antes desse período do voto, sabe que sempre fui meio doida com meus cabelos, sempre enjoei fácil dos cortes e metia a tesoura mesmo. Então de fato, foi algo bem difícil de manter e que eu não esquecia nenhum dia, porque meu cabelo quebrava as pontas e eu não podia nem acertar. rsrsrsrs

 

O voto é um passo de fé e confiança que o Senhor fará algo, porque eu poderia muito bem estar solteira até hoje e meus cabelos já estarem varrendo o chão. Mas o Senhor é rico em misericórdia e me honrou muito, providenciando um marido lindo e rápido. Hahahahahaha…

 

Nesse período de voto, as pessoas me zoavam muito, me marcavam nas redes sociais em fotos de mulheres com os cabelos nos pés, cabelos despontados e mal tratados. Fora a vontade incontrolável de cortar meus cabelos, minha mão coçava pra fazer algo.

 

cabeloslongos2

 

 

A dica que dou é que se você pense em fazer um voto, precisa pensar em todos os aspectos que o envolvem. Se você dará conta de manter o voto de pé, se não cairá no esquecimento, se você está fazendo algo com propósito e o mais importante, você saber que esse voto não é pro Senhor e sim pra você!

 

Explicando melhor o que eu disse no inicio do post, o voto assim como o jejum, é pra que você se lembre da consagração que fez, o Senhor continua belo, lindo, poderoso, maravilhoso, com ou sem o seu voto. Então, não pense que o fato de eu não cortar o cabelo fez com que o Senhor mandasse logo meu esposo, Ele poderia era ter me provado e deixado o cabelo chegar no pé! Mas vocês sabem que a graça de Deus é maravilhosa, né?! hahahhaha!!

 

Me casei com os cabelos na altura da cintura – a ultima ponta dele, né?! – , até fiz uns cachinhos pra poder disfarçar as pontas, mas mesmo assim não dava pra esconder o tamanho do cabelo.

 

eu noiva1

 

Algumas semanas depois que me casei cortei o cabelo e até hoje não paro de cortar, até raspar uma parte careca, raspei! 😮 hahahahahaha!

 

1511164_629759573753561_440756303_n

 

 

Alguma vez você fez voto? Compartilha com a gente! 😉

 

 

 

Abraços,

 

 

pickerimage

 

 

 

 

E-mail: anacarolina@odiariodazoe.com.br

Insta: @anacarolina.dz

Snap: anacarolina.dz


#Relacionamentos | Vida de Casada – Pureza (Para Mulheres).

pureza ok

Ainda nessa série sobre a vida de casada, quero alertar minhas irmãs na fé sobre alguns assuntos/praticas que são bem comuns entre as mulheres casadas e que sinceramente, não são muito legais.

 

Quando você é jovem e está esperando no Senhor, você foge das paixões da mocidade. Você se consagra, santifica, foge do pecado que tenazmente te assedia e procura andar em vitória, pois muitos dos pecados estão relacionados à área sexual. Pois bem, depois dessa fase algumas se casam e acham que os princípios aprendidos quando solteira já não valem mais e passam a entre as “casadas” terem comportamentos e assuntos que não condizem com uma cristã.

 

Nosso lindo Jesus nos diz para sermos santos como Ele é santo, certo? Ou ele diz: sejam santos só os solteiros, os casados estão liberados para fazerem e falarem o que quiserem, porque são casados…!?!? Temos que ser Santos e essa santificação é no olhar, no agir, no falar e é para TODOS.

 

O primeiro ponto que quero alertar é que muitas mulheres casadas que ainda não tiveram a mente renovada, compartilham sobre sexo com as amigas como as mulheres mundanas fazem. Parecem verdadeiras adolescentes falando besteiras… Confesso que fico com vergonha alheia (aquele sentimento horrível, que você quer até se esconder pra não ver de tão constrangedora que é a situação) quando vejo esse tipo de situação, que por sinal não é frequente de acontecer comigo, pois não dou a menor abertura para esse tipo de assunto, afinal o que acontece entre eu e meu marido, é um assunto nosso, não preciso compartilhar com as amigas/irmãs.

 

anigif_optimized-14746-1426332554-1

Mais uma prática que depois de casadas algumas mulheres têm é de baixar a guarda…é a questão de filmes, novelas e seriados com cenas picantes… Afinal, agora eu posso praticar isso, logo posso assistir… ERRADO!

O nosso lar é o lugar que devemos zelar de todas as formas, inclusive zelar pelo que entra ali. Temos que ser mulheres sábias e vigiar nesse quesito, pois por uma pequena legalidade que se dá as coisas dentro de casa começam a caminhar de forma estranha. O que é bom lembrar é que não existe nada neutro no mundo espiritual, ou nos faz bem ou nos faz mal. Em casa sempre analisamos se o filme tem alguma cena imprópria, se tem, já nem continuamos assistindo, pois entendemos que TUDO pode nos influenciar e não precisamos ver nada daquilo para poluir a nossa mente e nos fazer pecar. Preferimos que o ES nos conduza em tudo, absolutamente.

 

tumblr_mxpjldfy4l1slcrt7o1_500

Acho importante compartilhar esse assunto com você, pois quero te alertar que depois que casamos, não podemos baixar a guarda em momento nenhum, inclusive temos que vigiar dobrado, pois o inimigo das nossas almas não quer que a instituição que se inicia com o casamento, a família, prospere e temos que estar atentas para que nada seja motivo para alimentarmos a nossa mente com o que não deve.

 

Na igreja batista da Lagoinha toda última quarta-feira do mês acontece o culto com as mulheres. As ministrações são edificantes e eles disponibilizam no YouTube. Quero convidar você a ouvir essa sobre pureza.

 

 

Que o ES realmente te incomode quando você estiver praticando coisas que não glorificam o nome d’Ele, sendo você casada ou não.

 

 

Um grande abraço,

 

 

pickerimage

 

 

 

 

 

Insta: @anacarolina.dz

Snap: anacarolina1705

anacarolina@odiariodazoe.com.br


#Relacionamentos | Vida de Casada – Sozinhos?

aloness

 

Semana passada comecei a falar como foram os primeiros dias de casada e as atividades que podemos fazer juntos para aproveitar todos os momentos. Hoje quero compartilhar com vocês um pouco mais do que tenho vivido depois de um dos dias mais importantes da minha vida: 15/11/2013! *____*

 

Depois do esperado “sim!”, muitas coisas mudam… O seu nome (se você escolher mudar), a sua casa e a sua família (sua família agora é o seu cônjuge e os seus pais e irmãos se tornam parentela). Outra coisa que muda é que se você se relacionou na corte, provavelmente sempre estava rodeado de pessoas para te guardar (as famosas velas), mas de um instante pro outro, todos desaparecem e você fica nesse conflito de: “cadê todo mundo?”.

kd

Confesso que vivi isso e nos primeiros dias de casada, quando saíamos sozinhos ou estávamos em casa eu sentia a falta da galera e para preencher esse “vazio” começamos a receber muitos discípulos em casa a ponto deles já dormirem por lá, tanto era o nosso costume de estarmos juntos. Todos adoravam isso, mas com o passar das semanas isso começou a nos atrapalhar um pouco, pois não tínhamos muitos momentos sozinhos e sempre tinha uma visita.

 

SLEEP

 

Em um discipulado compartilhamos essa dificuldade e nosso pastor nos orientou a inicialmente banir essa pratica das visitas diárias, semanais e do pessoal dormir em casa, para que aproveitássemos esse momento de conhecimento, sozinhos. Desse dia em diante não recebemos mais ninguém em casa e começamos a fazer a lição de casa, ficando sempre juntos para nos conhecermos melhor. Foi a melhor coisa que fizemos.

 

A corte é uma ferramenta importantíssima para nos relacionarmos para o casamento, mas não podemos incorrer no erro de querer continuar a corte depois de casarmos. Isso aconteceu conosco por puro hábito, mas com certeza nos prejudicamos um pouco.

Você até deve se perguntar: “Mas qual é a importância de estarmos sozinhos? Podemos nos conhecer em meio a galera!”. O tempo para se conhecerem em meio à galera já passou. Agora o tipo de conhecimento é outro e de fato você só conhece mesmo uma pessoa depois que passa a morar debaixo do mesmo teto. Você descobre coisas que nem imaginava de manias, reações e etc.

 

 

oh-my-god-janice-friends-gif-79nu

 

Fico pensando… se na corte temos algumas surpresas depois que casamos, imagine quem namora, que não conhece nada da outra pessoa? Pois no tempo de se conhecerem o casal ficou fazendo teatro para serem agradáveis, trocavam o tempo de conversa com beijos intermináveis ou discussões ciumentas.

 

Sempre citamos Eclesiastes 3 para falar do tempo de espera, mas ali cita que há tempo para todas as coisas, ou seja, há tempo de ficarmos rodeados de pessoas e há tempo de ficarmos sozinhos. 😉

 

Depois desse jejum de visitas em casa, começamos a voltar a receber pessoas, mas hoje ponderamos a questão de alguém dormir em casa ou de ir nos visitar, pois como trabalhamos secularmente, fazemos seminário, temos o discipulado e mais um monte de atividades, temos pouco tempo pra desfrutarmos sozinhos, e cada momento sozinhos é essencial para desfrutarmos da companhia um do outro.

 

 

Você tem uma experiência parecida? Compartilhe com a gente!

 

 

Um beijo!

 

pickerimage

 

 

 

 

Ana Carolina Ferreira

anacarolina@odiariodazoe.com.br

@anacarolina.dz

Snap: anacarolina1705

 


#Sorteio|Livro – Espelho, espelho meu!

 

promoção

Quer ganhar o livro da Pra. Mariana Almeida “Espelho, espelho meu: Existe alguém mais difícil do que eu?” Dedicado pela autora! 😉

livro

Para participar é simples, veja:

1. CURTA a página O Diário da Zoe no facebook;

2. CURTA, COMPARTILHE e MARQUE 5 amigos na imagem oficial do sorteio no facebook;

3. CLIQUE aqui para participar!!

Prontinho! 🙂

 

O sorteio acontecerá no dia 12/06.

Fique ligado em nossas redes sociais para acompanhar o resultado! 😉

OBSERVAÇÕES:

  • O sorteio será válido apenas para quem participar de todas as etapas descritas no regulamento.
  • Os ganhadores serão contatados via inbox do facebook, para informar os dados de envio do prêmio.

 

O Diário da Zoe

contato@odiariodazoe.com.br

@odiariodazoe

facebook.com/odiariodazoe


#Relacionamentos | Eu – Sai da minha aba, sai pra lá!

sai da minha aba

 

Com toda certeza do mundo o título deste post te lembrou uma música antiga do grupo Só Pra Contrariar chamada “Sai da minha aba (Bicão)”.

 

 

Calma! Não caia da fé… kkkk quero falar de uma situação na qual essa música é literalmente a trilha sonora.

Quem não gosta de ser querido e amado por alguém? Quem não se sente bem em saber que tem alguém que o admira ou até mesmo “paga um pau”? Você pode, talvez, responder: “Eu não!” hahaahhaha… quero te provar o contrário!

 

hum

Como vimos em alguns pots da série EU, nosso EGO a-do-ra ser massageado e em uma dessas situações é que somos provados e, quase sempre, somos reprovados. :/

Com esse tipo de situação, nosso EGO infla (tipo o baiacu mesmo) e a nossa atitude muda ao saber que alguém nos admira ou está interessado em nós. Passamos até a ter mais motivação para nos arrumar e ir para o lugar de convívio com essa pessoa; seja na escola, no trabalho, na igreja… enfim, nos produzimos (isso se aplica para as meninas e para os meninos também, ok?!) para encontrar essa pessoa, mesmo que seja um nerd todo desajeitado.

 

nerd

Às vezes até olhamos para a pessoa e pensamos: “NããããããoooOOOO! Eu jamais me relacionaria com essa pessoa, veja esses 344 mil defeitos que ela tem! E ainda por cima é feia!” … kkkkk essas jogadinhas do nosso ego são demais, pois, por mais que a pessoa seja feia, que realmente não queiramos nada com ela e o fato de já saber que não há propósito nesse relacionamento, mesmo assim não largamos o osso. Sabe porque?!?! Porque você e eu gostamos de ter alguém na nossa aba! #prontofalei!

Isso mesmo! Seja a pessoa mais feia, mais chata, mais bafuda (com muito bafo), mais tudo de ruim que exista nesse mundo, nós curtimos alguém no nosso pé, só pra massagear o nosso ego e por isso não cortamos de vez o mal pela raiz.

Quando esse tipo de situação acontece com um ‘EX-alguma coisa’, é pior ainda. Infelizmente, não se quer largar o osso e sempre ter alguém na manga para aqueles momentos de solidão. O que é mais triste é que você sabe que nada vai acontecer, que agora sua vida foi transformada, que você conheceu Jesus… mas sempre que bater a solidão, você vai querer ligar pra pessoa que está na manga, pra matar aquela saudade. Alguns ainda têm a cara de pau de falar pra pessoa: “Só você me entende!”, “Só você me acolhe em momentos como esse!”, “Eu sei que posso contar com você!”… isso tudo não passa de um jogo sentimental para que a pessoa que sempre volta e te acolhe não se sinta usada apenas naquele momento e sempre te acolha quando necessário.

Na música que é o tema do post, o Alexandre Pires canta que a pessoa não sai da aba dele, mas no nosso caso, cantamos para que fiquem na nossa aba. Gostamos disso! 🙁

Não vou entrar nos méritos da psicologia que explica o porquê de tal comportamento, mas quero te mostrar que esse tipo de comportamento pode ser transformado pelo ES e tenha muita certeza, Ele quer transformar isso logo.

 

– Ok Carol, agora que sei que sou um monstro, o que eu faço?!?

 

Decida dar um basta na situação

ursinhupanda

Decida dar um basta nisso tudo! Decida, realmente, romper com esse tipo de prática, uma vez que é feia e tem cara de novela mexicana. Sei que não será fácil se desvencilhar desse admirador/amigo/ex-alguma-coisa, pois existem laços de alma e sobre isso já falamos aqui no blog.

 

Entenda que vocês não poderão mais ser amigos

hug

A palavra de Deus nos orienta a fugir de toda aparência do mal (I Tes. 5:22) e fala para nós, também, que o nosso coração é enganoso (Jer. 17:9), então, se essa amizade tem cara de outra coisa, fuja disso! Se os outros acham que tem algo entre vocês… fuja, também! Não insista em uma amizade que todos já estão vendo o fim, menos você. Seja honesto com você mesmo, não confie no seu coração, pois quando você menos esperar, estará refém dos sentimentos envolvidos de novo e a história nunca vai acabar.

 

Aceite o tratamento de Deus e avance!

vSCPEN

 

Às vezes o tratamento de Deus parece ser muito doloroso, mas na verdade só é doloroso porque esperneamos e queremos que a nossa vontade seja feita. Se você crê que Deus é bom, que Ele quer só o melhor para os seus filhos, que a vontade d’Ele é boa, agradável e perfeita e que o que Ele te direciona a fazer é sempre o melhor, já se renda e obedeça aos direcionamentos que Ele tem te dado. Seja usando a sua liderança para falar, seja a palavra ou outra forma… simplesmente obedeça e desfrute da provisão que Ele dará, trazendo novos amigos (como a Dani já testemunhou aqui) e alargando a sua visão, para que enxergue de fato o que Ele quer fazer em você e através de você.

 

Declaro que nesses dias muitos “mortos” ressuscitaram na sua vida, mas serão, não para matar saudades e, sim, para que você se posicione e corte todo mal pela raiz.

 

Ficou com dúvida sobre o assunto? Pode me mandar um e-mail. Responderei com todo o prazer.

 

Beijos,

 

 

pickerimage

 

 

 

 

 

 

 

 

@anacarolina.dz

anacarolina@odiariodazoe.com.br

www.facebook.com.br/annacarolinafer


#Relacionamentos | Eu – Temperamentos.

tempeR

 

 

Olá pessoal, tudo bem?

 

Nessa série de posts que intitulamos de “EU” queremos focar a questão do Ego, dos temperamentos e como lidar com tudo isso.

Na semana passada falamos sobre a reação de pessoas contrariadas e que a chave para fluir nos relacionamentos (seja lá qual for) é CEDER.

Para os temperamentos, temos 4 classificações que são: sanguíneo, melancólico, fleumático e colérico.

É importante dizer que nenhuma pessoa se encaixa perfeitamente apenas em uma classificação, cada um tem um percentual de cada temperamento e geralmente dois sobressaem mais.

Vamos ver as qualidades e defeitos de cada um?

temp

 

Com toda certeza você já se identificou com alguma classificação ou com todas! Kkkkk…

Geralmente quando comento com as pessoas que uma das classificações que sobressaem em meu temperamento é colérico já ouço um “vishhhh…!!” ou “Nossa!”. Quero esclarecer que não existe uma classificação melhor ou pior que a outra, pois todas têm as qualidades e os defeitos. Não temos porque nos orgulhar de ter essa ou aquela classificação de temperamento.

Se você quer saber qual é o percentual que define o seu temperamento, acesse através desses links dois tipos de testes:

Ambos os testes não são tão completos, mas dá para ter uma noção do que compõe o seu perfil.

A Fabiola Melo falou um pouco sobre temperamentos nesse vídeo:

 

Agora que você já sabe se é sanguíneo, fleumático, melancólico ou colérico, quero te falar algo: Nenhuma dessas classificações define quem você é e muito menos é respaldo para agir como age!

Como assim Carol? :O

Pois bem, já te explico! 😉

Muitas pessoas usam a questão dos temperamentos para respaldar seus erros, o descontrole, as intolerâncias, a insubmissão e o velho egocentrismo. Existem aqueles que inclusive falam “Eu sou assim mesmo!” e andam segundo os desejos deles em nada ouvindo o ES.

Em Gálatas 5:22-26 vemos o que nosso temperamento e caráter devem expressar:

Entretanto, o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, paciência, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas virtudes não há Lei. Os que pertencem a Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e os seus desejos. Se vivemos pelo Espírito, andemos de igual modo sob a direção do Espírito. Não nos tornemos arrogantes, provocando-nos uns aos outros e tendo inveja uns dos outros.

 (Versão King James – grifo meu! 😀 )

 

Podemos notar que no texto após serem citados os frutos do ES é falado a respeito de crucificar a carne, as paixões e os desejos, ou seja, não fazer a sua própria vontade.

Temos sempre que ter em mente que apesar do nosso temperamento o que deve sobressair em nós é o caráter de Cristo, que tem cada um dos frutos do ES citados logo acima. Antes de pensar que você é colérico, pense: Sou cristão, um pequeno Cristo, e devo expressar a Ele.

Mas como fazer isso?

Confesso que para mim não foi e não é fácil lutar contra mim mesma, pois sempre quero fazer o mais cômodo que claro, é a minha vontade. Por exemplo: O que realmente pesa em meu temperamento é a autossuficiência, não depender de ninguém, quero fazer tudo sozinha… mas a palavra de Deus me diz o que? Que devo ser dependente de Deus, assim como Jesus foi. Então eu renovo a minha mente pela palavra para ver as situações de uma perspectiva diferente (a de Deus, claro!), não cedo a minha vontade, mas consulto ao ES e me deixo ser guiada por Ele. Repito: não é fácil… mas como diz um amigo meu: Quem disse que seria fácil? Rsrsrsrsrs.

Saber qual é a classificação do seu temperamento ajuda, mas não é um guia tipo um horóscopo que diz exatamente como você é e sempre será (misericórdia se você lê horóscopo!! :O). Lembre-se que estamos em constante transformação e inclusive o seu temperamento precisa ser transformado e conduzido pelo ES.

Se você se interessou pelo assunto e quer entender mais profundamente sobre, temos duas indicações de livros que irão te ajudar!

 

Qual a combinação do seu temperamento? Compartilha com a gente nos comentários qual tem sido a sua maior dificuldade! 😉

Com amor,

 

pickerimage

 

 

 
@anacarolina.dz

anacarolina@odiariodazoe.com.br


#Relacionamentos | Eu – Ego

ego_ok

 

Olá pessoal, tudo bem com vocês!?

 

Como a Dani já compartilhou, estamos muito felizes de termos participado da conferência dos vencedores e por ter conhecido alguns de vocês por lá! 😉

 

Hoje vindo para o trabalho passei por uma situação um tanto engraçada, mas foi bem infantil. Um rapaz estava saindo do ônibus e eu passei na frente dele, afinal, tinha espaço… mas, por eu ter entrado entre ele e a namorada, ele ficou muito nervoso e fez um barulho em minha orelha a fim de que eu me assustasse…rsrsrs é engraçado, pois as pessoas mostram quem são por tão pouco e a situação com ele não durou 10 segundos, mas ele se sentiu contrariado e agiu como a maioria de nós, como uma criança.

Essa circunstância me vez refletir como está cada vez mais nítido o egocentrismo das pessoas e as doenças emocionais que elas têm. Muitos agem como esse rapaz, como verdadeiras crianças quando as coisas não saem da forma que queriam que fossem.

crioonça

 

Mais um fato dessa semana que me fez chegar nessas conclusões, foi que eu estava conversando – pra variar! – sobre relacionamentos com algumas colegas de trabalho e surgiu o assunto sobre as mulheres serem explosivas, impacientes que muitas vezes tratam seus parceiros como seus filhos por conta de algumas atitudes passivas por parte deles. Não quero entrar a fundo nesse tipo de situação, podemos falar dela mais pra frente, mas quero ressaltar o principio de se agir assim, que é a tal briga de egos.

 

Quero alertar que um dos princípios para manter qualquer relacionamento, – seja com os pais, irmãos, colegas, amigos, corte, noivo, marido – é “ceder”. Isso mesmo, ceder! 😉

Palavra tão difícil de aplicar porque o EGO não permite que isso aconteça. Muitos estão com o EGO tão inflado que não conseguem ouvir, conversar e muito menos CEDER.

Alguns não conseguem nem ceder o lugar que vão comer, tem que ser do seu jeito… ou até mesmo a forma com que vão fazer determinada coisa. E se não for como o planejado… ai, ai, ai!! Cuidado, porque terá uma cena infantil que chamamos popularmente de “piti”.

Você pode até me perguntar: Mas só eu tenho que ceder e o outro??!

Bom, uma vez Deus usou o pastor Marcelo Almeida pra me “desbancar” nesse sentido. Ele disse em uma das pregações o seguinte: Quem tem a revelação é você, então quem tem que dar o passo é você! 😮

Essa frase foi marcante para que eu tomasse algumas decisões em minha vida.

 

Não ceder nos relacionamentos implica em algumas consequências, pois pessoas egocêntricas são difíceis de lidar, muitas vezes são chatas, pois todos sabem que em algum momento ocorrerá um “piti” e infelizmente, fica uma situação insustentável que as pessoas preferem ficar longe.

E você me pergunta de novo: Mas Carol, eu nem percebo quando dou “piti”, quando vejo, já foi! Como posso me ver livre desse mal?!?!? 🙁

 

É algo simples e que muitos fogem de fazer. Ore ao Senhor pedindo que Ele traga luz nas suas trevas, que Ele abra os seus olhos para que você se enxergue. Quando o ES começar a mostrar quem você é, dará uma tremenda vergonha, mas não fuja, é assim mesmo a primeira fase do tratamento rsrsrs. Depois que você ver quem é, terá que tomar atitudes práticas para mudar as suas ações. Já adianto que não será fácil… mas é um caminho respaldado pelo ES para que você avance!

E toda vez que você ver que algo está saindo do seu controle e está prestes a dar um “piti”, conte até 10, chame o ES para te auxiliar e prossiga para ser tratado (a). 😉

 

Com amor,

 

 

pickerimage

 

 

 

 

 

anacarolina.dz

anacarolina@odiariodazoe.com.br


#Relacionamentos | A morte do namoro – Pr. Ivan Rodrigues

Olá pessoal!

 

Estamos participando da Conferência dos Vencedores 2015 e além de sermos edificadas e transformadas para transformar, temos conhecido muitos irmãos apaixonados pela visão da corte e um deles é o Pr. Ivan Rodrigues que foi ordenado ontem (03/04) aqui mesmo na conferência.

privan

 

“Eu amo a corte e acredito que é a única forma de termos relacionamentos saudáveis para o casamento.

Sou radicalmente contra o namoro, pois nesse tipo de relacionamento temos um grande problema: Quando pensamos em casar com aquela pessoa que foi um dia a nossa namorada (o), nós precisamos na verdade matar a(o) nossa (o) namorada (o) para que ela (e) possa ser de fato a esposa e não a namorada que vive debaixo do mesmo teto. Se não for assim, a que um dia foi a namorada vai concorrer dentro do nosso coração com aquela mesma pessoa com quem casamos. Porque a namorada (o) faz o possível e o impossível para nos agradar e o proposito do casamento não é que sejamos agradados, mas sim que amando aquela pessoa possamos cumprir o que Deus planejou para o casamento, uma aliança.

Numa aliança nós cumprimos a nossa parte independente de que a outra pessoa cumpra a sua, então não necessariamente precisamos ser sempre agradados (o que acontece no namoro). O namoro na verdade é uma fantasia com atores desempenhando papeis, se enganando mutuamente.

Te convido a ingressar nessa aventura de ser um homem casado, que cumpre o propósito de Deus e exerce a sua masculinidade na plenitude durante o casamento. E você mulher, a ser uma grande auxiliadora nessa aventura chamada casamento.”

 

Pastor Ivan Rodrigues auxiliar igreja Videira Vila Mariana em São Paulo, casado há 28 anos com Wanda Rodrigues e pai de Ives Filipe, de 21 anos.

privan2

 

Gostou? Ficou com gostinho de quero mais, né? Mas fique ligado, faremos uma entrevista com o Pr. Ivan e com certeza você vai pirar com tudo que ele tem pra compartilhar. E isso é só um pouco de tudo o que tem acontecido aqui na Conferência dos Vencedores.

O Diário da Zoe.


#Testemunho | Corte – Amanda e Guilherme.

2Imagem: Acervo pessoal Amanda e Guilherme.

 

Alinhado com o post Tenho filhos, posso cortejar?, pela primeira vez temos um testemunho duplo, onde o casal conta a restauração dos sonhos e inicio da corte onde há um filho envolvido.

Leia, seja edificado (a), se inspire e creia que você também pode viver a restauração dos seus sonhos! <3

 

4

Vou contar um pouquinho do meu testemunho e de como Deus tem alinhado cada detalhe.

Sempre fui da igreja desde pequena, ia às células de criança, participava do Ministério de Dança, comecei a tocar teclado e ia participar do Ministério do louvor, todos sonhos que o Senhor tinha colocado em meu coração. Só que por motivos de ‘relacionamentos’ me desviei fiquei por um longo período desviada, mais ou menos uns 6 anos, ia em alguns domingos pra igreja, depois sumia de novo, aparecia do nada rs.

Tive um relacionamento de um ano, onde eu engravidei e nasceu o Gabriel. Eu e  o pai do meu filho não demos certo e com isso o diabo foi roubando meus sonhos, destruindo as minhas esperanças onde eu achava muitas vezes que nunca ia conseguir achar alguém que aceitasse o meu filho, que não tivesse preconceito. O meu sonho sempre foi a Corte, pois eu via desde pequena esses princípios e achava algo maravilhoso da parte do Senhor, o fato de o Senhor ser o centro, da pessoa esperar por você, isso me encantava.

Nesse período de desvio o Senhor sempre colocou pessoas maravilhosas na minha vida e que nunca desistiram de mim, pessoas que eu agradeço a Deus por ter permitido conhecer, e com isso comecei a voltar a ir aos cultos, a me envolver com o pessoal da igreja e o Guilherme foi uma das pessoas que investiu em mim, sempre me chamando pra todos os eventos, tudo quanto é tipo de reunião, ele também estava voltando ambos querendo algo da parte do Senhor, querendo cumprir o propósito que o Senhor separou pras nossas vidas. Com isso cresceu uma amizade muito grande, onde a cada dia ele me aproximava de Deus, mandando louvores, exercitando pra que eu mandasse palavras que Deus tinha falado comigo.

Da minha parte começou a surgir um sentimento diferente e conversei com ele, resolvemos conversar com os nossos lideres e começamos a orar todos juntos. Em minhas orações sempre pedi que a pessoa que o Senhor tivesse separado pra mim amasse meu filho, o respeitasse porque isso é o mais importante, quando se é mãe a primeira coisa que pensamos é no bem estar dos nossos filhos. No começo foi meio estranho o Gabriel não ia muito com ele, pois também ele era muito pequeno tinha só dois aninhos. Oramos mais ou menos uns 10 meses e o Senhor nos tratou demais, fomos amadurecendo espiritualmente, amadurecendo nas atitudes, o Gabriel começou a ficar um grude com ele rs o Gui toca violão e o Gabriel ama pegar a palheta dele pra tocar também, o Gabriel vê ele com um referencial. Na igreja quando o Gui está orando ele fica olhando admirado e isso me encanta porque ele faz o mesmo.

E então no dia 29.11.2014 começamos a Corte, eu olho e vejo a mão do Senhor em cada detalhe, restaurando os sonhos dos dois, mostrando pra mim que apesar dos meus erros o que Cristo mais ama é um coração quebrantado e contrito, foi assim que Ele fez comigo.

5Imagem: Acervo pessoal Amanda e Guilherme.

 

E fazer Corte é realmente coisa de outro mundo rsrsrs… realmente nós não somos dessa terra hahahaha! Quando Cristo é o centro das nossas vidas, quando buscamos fazer a vontade d’Ele e o Seu reino, Ele vem acrescentando as demais coisas de uma maneira sobrenatural. DEUS É BOM DEMAIS! Sem Ele eu não estaria contando esse testemunho.

E você que acha que não pode se casar, que nunca vai achar ninguém que ame seu filho por ser mãe solteira, eu te digo que o nosso Deus é um Deus misericordioso, Ele nos ama e vai cumprir os sonhos d’Ele pra sua vida, busque as coisas do Senhor, busque ensinar seu filho a andar nos caminhos d’Ele porque quando você menos esperar o Senhor te acrescenta as demais coisas, o seu futuro esposo *–*

Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação; as coisas antigas já passaram, eis que tudo se fez novo. – II Coríntios 5:17

– Amanda Nunes

 

 

3

Fiel é esta palavra: Se já morremos com ele, também viveremos com ele; se perseveramos, também com ele reinaremos; se o negamos, ele, por sua vez, nos negará; se somos infiéis, ele permanece fiel, pois de maneira nenhuma pode negar- se a si mesmo. – 2 Timóteo 2:11-13

 

1Imagem: Acervo pessoal Amanda e Guilherme.

 

Esse texto resume a nossa história, temos uma longa história, erros, aprendizados, enganos, acertos, infidelidade, confiança, alegria, tristeza, mágoa… algumas coisas que marcaram as nossas vidas, antes de termos uma corte que a cada dia está mais firmada em Cristo, tivemos muitos momentos de guerra. A Amanda depois de muitos relacionamentos frustrados colecionou diversas decepções, assim como eu, ela por sua vez recebeu em um desses relacionamentos uma bênção da parte de Deus, o Gabriel. O Senhor tem o prazer de consertar as nossas vidas. Quando a conheci, era uma jovem muito retraída, sem sonhos ou expectativas, com um semblante bem triste, os dois tinham acabado de voltar aos caminhos do Senhor, os dois com a vida estragada, ansiando por restauração. A amizade sempre foi nosso ponto forte, sempre conversamos, compartilhamos juntos, Deus foi aos poucos alinhando os pontos, enquanto orava por um sentimento estranho em meu coração, vi Deus me surpreendendo, e já organizando tudo, fui infiel às promessas de Deus. Sempre fui daqueles que quer tudo para ontem, e com a minha futura esposa não foi diferente. Sempre fui muito ansioso e quebrei a cara por isso rs. O tempo foi passando e Deus foi se mostrando um Deus das terceiras chances, erramos muito; agora éramos dois antigos desviados tentando se fortalecer no Senhor, a minha grande dificuldade foi em relação ao Gabriel, como seria a aceitação dele, mas Deus se mostrou presente de novo, as orações já estavam sendo feitas, e aquilo que antes era uma dificuldade, hoje se tornou a minha alegria, amo ele como se fosse meu filho mesmo, Deus alinhou os pontos, no começo foi difícil me relacionar com ele, mas depois tudo foi dando certo. Mas enfim, o nosso testemunho se resume na fidelidade de Deus, Ele nos prometeu e cumpriu, fomos infiéis sim, mas Ele permaneceu fiel, o Senhor fez tudo perfeito e ainda faz, a cada dia estamos sendo moldados, a cada dia eu olho pra Deus com mais paixão, antes aqueles dois inconsequentes, agora dois jovens com o coração incendiado por Deus. SEM DEUS NÃO SERIA POSSÍVEL.

 

– Guilherme Artigiani

 

Testemunho: Amanda Nunes e Guilherme Artigiani

Igreja: Videira Parque São Vicente – Mauá/SP

 

Se você também tem um testemunho, envie um e-mail para: contato@odiariodazoe.com.br. Lembre-se o testemunho edifica a igreja, não deixe de compartilhar.

 

O Diário da Zoe.

 


#Relacionamentos | Vontade de Deus

vontade de Deus_ok

 

Olá pessoal, tudo bem?

 

No final de semana passado fui a um casamento da família do meu marido e em conversa com uma pessoa sobre o relacionamento dela, fiz algumas perguntas: “Você está orando o que? Para que o Senhor faça a vontade d’Ele? Você já parou pra pensar que a vontade de Deus pode ser que você termine tudo e espere?”. Depois me pus a pensar sobre essa questão da vontade de Deus e analisei como foi em minha vida no quesito relacionamentos.

Eu estava em um relacionamento de 5 anos, ambos não sabíamos o que queríamos e como já falei em outros posts, eu tinha muito medo de estar me relacionando com a pessoa errada. Quando eu tive um verdadeiro encontro com Deus, comecei a fazer a oração suicida: “Deus, que seja feita a sua vontade!”. Essa oração é suicida porque você de livre espontânea vontade está abrindo mão dos seus planos para obedecer e viver a vontade de Deus para a sua vida. O que há de errado nisso?!?! NADA! Está completamente correto, pois a vontade de Deus é boa, agradável e perfeita (Romanos 12:2) e como filhos que confiamos em nosso Pai Celestial, entregamos a Ele o controle de tudo, afinal Ele sabe muito mais o que é melhor para nós do que nós mesmos.

Depois dessa oração Deus me disse que a vontade d’Ele não era que eu continuasse naquele relacionamento, que eu serviria de exemplo para muitos com a atitude de obedecê-lO e por mais que fosse doer, Ele estaria comigo. Nesse tempo, a palavra que me marcou foi:

“Em verdade, em verdade vos digo: se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas, se morrer, produz muito fruto. Quem ama a sua vida perde-a; mas aquele que odeia a sua vida neste mundo preservá-la-á para a vida eterna. Se alguém me serve, siga-me, e, onde eu estou, ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir, o Pai o honrará. Agora, está angustiada a minha alma, e que direi eu? Pai, salva-me desta hora? Mas precisamente com este propósito vim para esta hora.” – João 12:24-27

 

Confesso que obedecer e permanecer em obediência não foi nada fácil. Tive momentos de intensa crise onde até falei pra Jesus que “se eu fosse Ele não teria morrido por seu ninguém!”. Mas nesse tempo tive a ajuda dos irmãos e como nunca, me joguei nos braços de Jesus e vivi coisas profundas como nunca antes. Hoje colho os frutos da decisão de obedecer e permanecer! 🙂

Contei essa experiência para vocês, pois muitas vezes oramos e cantamos que a vontade de Deus seja feita, até choramos… Mas você já parou pra pensar que a vontade de Deus pode ser o contrário do que você tem planejado? Que Ele pode pedir isso que você tanto preserva e ora para que aconteça? Às vezes nem é um relacionamento, mas é a faculdade que quer cursar, ou a área que quer trabalhar, são as missões que você quer realizar… são coisas legitimas, mas são realmente a vontade perfeita de Deus para você?

Hoje vim com muitas perguntas para que você avalie se está disposto(a) a pagar o preço pelas orações suicidas. Te digo que nem para Cristo foi fácil! Como lemos em João 12, Ele estava com a alma angustiada, mas disse algo que foi chave para mim e que eu sempre repetia: “…e que direi eu? Pai, salva-me desta hora? Mas precisamente com este propósito vim para esta hora.”. Eu tinha entendido que o propósito de tudo aquilo era a glória de Deus em minha vida e não o meu sofrimento.

E você? Tem orado o que? Se for para que a vontade de Deus seja feita esteja preparado(a) para tomar decisões, muitas vezes difíceis, mas que glorificarão o Pai.

Compartilhe conosco a sua experiência com a vontade de Deus para sua vida!

 

Com amor,

 

pickerimage

 

 

 

 

 

 

 

 

 

anacarolina@odiariodazoe.com.br

@anacarolina.dz


 
1 2
 
Top