Blog sobre relacionamentos, corte e lifestyle cristão.
 
 

#Relacionamentos | Eu – Sai da minha aba, sai pra lá!

sai da minha aba

 

Com toda certeza do mundo o título deste post te lembrou uma música antiga do grupo Só Pra Contrariar chamada “Sai da minha aba (Bicão)”.

 

 

Calma! Não caia da fé… kkkk quero falar de uma situação na qual essa música é literalmente a trilha sonora.

Quem não gosta de ser querido e amado por alguém? Quem não se sente bem em saber que tem alguém que o admira ou até mesmo “paga um pau”? Você pode, talvez, responder: “Eu não!” hahaahhaha… quero te provar o contrário!

 

hum

Como vimos em alguns pots da série EU, nosso EGO a-do-ra ser massageado e em uma dessas situações é que somos provados e, quase sempre, somos reprovados. :/

Com esse tipo de situação, nosso EGO infla (tipo o baiacu mesmo) e a nossa atitude muda ao saber que alguém nos admira ou está interessado em nós. Passamos até a ter mais motivação para nos arrumar e ir para o lugar de convívio com essa pessoa; seja na escola, no trabalho, na igreja… enfim, nos produzimos (isso se aplica para as meninas e para os meninos também, ok?!) para encontrar essa pessoa, mesmo que seja um nerd todo desajeitado.

 

nerd

Às vezes até olhamos para a pessoa e pensamos: “NããããããoooOOOO! Eu jamais me relacionaria com essa pessoa, veja esses 344 mil defeitos que ela tem! E ainda por cima é feia!” … kkkkk essas jogadinhas do nosso ego são demais, pois, por mais que a pessoa seja feia, que realmente não queiramos nada com ela e o fato de já saber que não há propósito nesse relacionamento, mesmo assim não largamos o osso. Sabe porque?!?! Porque você e eu gostamos de ter alguém na nossa aba! #prontofalei!

Isso mesmo! Seja a pessoa mais feia, mais chata, mais bafuda (com muito bafo), mais tudo de ruim que exista nesse mundo, nós curtimos alguém no nosso pé, só pra massagear o nosso ego e por isso não cortamos de vez o mal pela raiz.

Quando esse tipo de situação acontece com um ‘EX-alguma coisa’, é pior ainda. Infelizmente, não se quer largar o osso e sempre ter alguém na manga para aqueles momentos de solidão. O que é mais triste é que você sabe que nada vai acontecer, que agora sua vida foi transformada, que você conheceu Jesus… mas sempre que bater a solidão, você vai querer ligar pra pessoa que está na manga, pra matar aquela saudade. Alguns ainda têm a cara de pau de falar pra pessoa: “Só você me entende!”, “Só você me acolhe em momentos como esse!”, “Eu sei que posso contar com você!”… isso tudo não passa de um jogo sentimental para que a pessoa que sempre volta e te acolhe não se sinta usada apenas naquele momento e sempre te acolha quando necessário.

Na música que é o tema do post, o Alexandre Pires canta que a pessoa não sai da aba dele, mas no nosso caso, cantamos para que fiquem na nossa aba. Gostamos disso! 🙁

Não vou entrar nos méritos da psicologia que explica o porquê de tal comportamento, mas quero te mostrar que esse tipo de comportamento pode ser transformado pelo ES e tenha muita certeza, Ele quer transformar isso logo.

 

– Ok Carol, agora que sei que sou um monstro, o que eu faço?!?

 

Decida dar um basta na situação

ursinhupanda

Decida dar um basta nisso tudo! Decida, realmente, romper com esse tipo de prática, uma vez que é feia e tem cara de novela mexicana. Sei que não será fácil se desvencilhar desse admirador/amigo/ex-alguma-coisa, pois existem laços de alma e sobre isso já falamos aqui no blog.

 

Entenda que vocês não poderão mais ser amigos

hug

A palavra de Deus nos orienta a fugir de toda aparência do mal (I Tes. 5:22) e fala para nós, também, que o nosso coração é enganoso (Jer. 17:9), então, se essa amizade tem cara de outra coisa, fuja disso! Se os outros acham que tem algo entre vocês… fuja, também! Não insista em uma amizade que todos já estão vendo o fim, menos você. Seja honesto com você mesmo, não confie no seu coração, pois quando você menos esperar, estará refém dos sentimentos envolvidos de novo e a história nunca vai acabar.

 

Aceite o tratamento de Deus e avance!

vSCPEN

 

Às vezes o tratamento de Deus parece ser muito doloroso, mas na verdade só é doloroso porque esperneamos e queremos que a nossa vontade seja feita. Se você crê que Deus é bom, que Ele quer só o melhor para os seus filhos, que a vontade d’Ele é boa, agradável e perfeita e que o que Ele te direciona a fazer é sempre o melhor, já se renda e obedeça aos direcionamentos que Ele tem te dado. Seja usando a sua liderança para falar, seja a palavra ou outra forma… simplesmente obedeça e desfrute da provisão que Ele dará, trazendo novos amigos (como a Dani já testemunhou aqui) e alargando a sua visão, para que enxergue de fato o que Ele quer fazer em você e através de você.

 

Declaro que nesses dias muitos “mortos” ressuscitaram na sua vida, mas serão, não para matar saudades e, sim, para que você se posicione e corte todo mal pela raiz.

 

Ficou com dúvida sobre o assunto? Pode me mandar um e-mail. Responderei com todo o prazer.

 

Beijos,

 

 

pickerimage

 

 

 

 

 

 

 

 

@anacarolina.dz

anacarolina@odiariodazoe.com.br

www.facebook.com.br/annacarolinafer

21 de maio de 2015 Tempo de solteiro (a)
2 comments

2 Responses to “#Relacionamentos | Eu – Sai da minha aba, sai pra lá!”


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top