Blog sobre relacionamentos, corte e lifestyle cristão.
 
 

#Relacionamentos | Eu – Da solidão a solitude!

solidao

 

Oi gente,
Estou muito surpresa com o alcance dos posts. É muito prazeroso descobrir que pessoas que você nunca imaginou estão lendo seus textos e mais, estão sendo edificados. Que privilégio!
Hoje quero compartilhar sobre um assunto comum, muito falado, mas pouco resolvido: Solidão.

Quem nunca se sentiu sozinho? Não importa o tanto de atividades que você tenha no seu dia a dia, se está cercado de pessoas, se é solteiro, corte, noivo ou casado. Todos já fomos acometidos pela “solidão”. Aquele sentimento profundo e palpável de estar só. O desejo sobre-humano de se isolar.
Algumas vezes não identificamos a solidão. Sentimos uma inconstância nos sentimentos e no humor, achamos que é um período de TPM (para as meninas), ou cansaço (para os meninos). Nos sentimos desanimados para os eventos sociais e estar em casa parece bem mais atraente do que uma roda de amigos. Nossos estímulos criativos são afetados também. Chegamos em casa já ligando a TV, o rádio ou o computador e saímos a procura de algo interessante, mas nada parece despertar nossa atenção então o melhor mesmo é dormir.
Nesse momento somos bombardeados com pensamentos como: “Ninguém sente minha falta”, “Ninguém me liga”, “Não tenho amigos”, “A vida é tão chata”, “Não sou importante para ninguém”, “Nem Deus me ouve”, “Tenho muitos problemas”, “Nunca vou mudar” e etc.
São tantos pensamentos, tantos sentimentos que pra ajudar colocamos aquela música de fossa, pra criar um climão de velório onde enterramos todos os sonhos e promessas que Deus nos deu. Agora é só abrir a boca cheia de dentes e dar oi, porque a #depressão chegou!
Você pode dizer: Nossa Dani, que deprê esse post!
Pois é, mas é bem assim que muitos de nós nos sentimos e acabamos indo de um estado mal para um pior.
Lembro que quando eu ainda não era convertida, esse ai em cima era o meu cenário. Tanto é que cheguei a tomar remédios (aqueles tarja preta) para resolver o problema, mas é claro que não resolveu. Eu tinha pavor de ficar sozinha comigo mesma, odiava almoçar sozinha, vivia o tempo inteiro conectada ou rodeada de amigos. Nos finais de semana eu sempre tinha que ter uma programação, se não era #morte. Creio que é por isso que tantas pessoas vivem de balada em balada, ou trabalho atrás de trabalho sem hora pra voltar pra casa. Afinal, estar em casa muitas vezes representa “estar sozinho”. Mas eu não tinha Jesus, e sem Ele a vida é uma verdadeira #depressão.
E porque ainda encontramos cristãos que vivem na “bad” da solidão? Sabemos que o homem tem necessidade de se relacionar, isso é algo comprovado cientificamente. Algumas pesquisas mostram que pessoas solitárias tem a tendência de morrerem mais cedo do que as pessoas que são conectadas a famílias e amigos. Necessitamos de relacionamento e eles são a base para nossa transformação.
O que nos faz sentir a solidão é a falta de identidade. Pessoas que não sabem quem são vivem tentando ser aceitos e com isso deixam de lado suas vontades e personalidade acabando por se perderem nesse caminho dando de cara com a #depressão.
Precisamos nos lembrar quem somos e o que temos. Muitos na ânsia de resolver o problema da solidão, buscam desesperadamente por um “par romântico” e caem nos laços da alma e é claro nos destroços dela também.

 

tumblr_ltyh13m2rt1qhrq7eo1_500
Só há uma solução para nossas vidas. É a solução para todos os problemas, para todas as crises, para nossas emoções! Sim, essa solução é Jesus! Mas não é simplesmente conhecer Jesus e fazer uma oração de entrega. É necessário desfrutar d´Ele e é ai onde muitos se perdem, inclusive eu mesma me perdi algumas vezes. Nos tempos de pressão onde as coisas não acontecem como gostaríamos temos a tendência de ouvir e aceitar as falácias de satanás, nos isolamos e não queremos a ajuda de ninguém.
Alguns erroneamente dizem que a solidão é saudável. Que todos precisamos de um tempo a sós, mas não é bem assim. Claro que não discordo dessa afirmação, e também não quero deixar você confuso, mas é certo de que nunca estaremos a sós. O homem que está só é aquele que ainda não conheceu a Cristo, esse na verdade não sabe que o Senhor sempre estará com ele.

Para onde me irei do teu espírito, ou para onde fugirei da tua face?
Se subir ao céu, lá tu estás; se fizer no inferno a minha cama, eis que tu ali estás também.
Se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar,
Até ali a tua mão me guiará e a tua destra me susterá.
Salmos 139:7-10

…porque Deus mesmo disse:
“Nunca o deixarei,
nunca o abandonarei”.
Hebreus 13:5

O que precisamos é sair da solidão em direção a solitude. A solitude é o desejo de estar só. Um desejo consciente de se isolar para ter contato e relacionamento com Deus. Já fizemos um post para o Sou Igreja falando sobre um livro que foi escrito pelo Pr. Wilson Oliveira, onde ele fala sobre a solitude, esse livro é pequeno, mas é muito poderoso. Nesse livro tive uma revelação que mudou meu relacionamento com o Senhor. Eu entendi que sou completamente livre pra me relacionar com Ele, entendi que não há regras. Talvez você assim como eu, esteja vivendo um tempo de solidão por não saber como desfrutar de Cristo, e infelizmente tem perdido o tempo que é tão precioso e único.
Precisamos entender algo fundamental: Não existe ninguém que vai nos amar como Ele nos amou. Não existe nada que vai nos suprir como ele nos supre. Não existe razão para viver se não for por Ele.
Quando entendermos e experimentarmos dessas verdades, não deixaremos mais a solidão tomar conta de nossos corações, mas buscaremos a solitude a fim de sermos completamente satisfeitos nEle.
Por experiência, estar na corte não muda seu mundo interior. Ter um bom emprego, não satisfaz sua alma. Viver os sonhos naturais é bom, mas não chegam nem aos pés do amor de Jesus.
Ainda quero compartilhar uma das experiências que tive, em um momento de pressão que vivi. Eu me sentia muito deprimida e parecia que o Senhor havia me abandonado. Eu não conseguia ouvi-lo, não conseguia orar, foi uma fase horrível. E em meio a esse desespero, me posicionei e em um momento de solitude clamei pela voz do Senhor. Comecei a pedir pra ele falar comigo, ainda que fosse uma disciplina, ainda que Ele fosse me mostrar o quão miserável eu era. Eu precisava ouvir a voz d’Ele. Coloquei a música da Ludmila Ferber – Dá-me ouvidos , e comecei a orar e quando menos esperava eu ouvi: Você é a menina dos meus olhos! Aquela frase quebrantou meu coração, fui cheia de amor. Fiquei tão constrangida, pois eu não esperava ouvir aquilo. Aquela experiência me deu revelação do amor de Deus, pois muitas vezes fugi da presença d´Ele por saber que estava errada e achava que Ele iria esfregar isso na minha cara quando na verdade Ele está sempre nos esperando com seu imensurável amor.
Convido você a não perder mais tempo na fossa da solidão, mas sim a investir tempo de solitude na presença do amado da nossa alma.

Ainda que me abandonem pai e mãe,
o Senhor me acolherá.
Salmos 27:10

Por isso não tema, pois estou com você;
não tenha medo, pois sou o seu Deus.
Eu o fortalecerei e o ajudarei;
eu o segurarei
com a minha mão direita vitoriosa.
Isaías 41:10

Deixo uma música que fala a respeito do amor de Deus que nos enche. A música é da Laura SougueLlis e no video você confere a versão em inglês e português. 🙂

Com amor,

20140417-103021.jpg

 

 

 

 

@danielle.dz
danielle@odiariodazoe.com.br

20 de maio de 2015 MúsicasPalavras de vidaTempo de solteiro (a)
6 comments

6 Responses to “#Relacionamentos | Eu – Da solidão a solitude!”


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top