Blog sobre relacionamentos, corte e lifestyle cristão.
 
 

#Relacionamentos | Ele (a) não é cristão (ã), e agora?

pneus

 

Olá pessoal!

 

Estamos muito felizes com o alcance dos posts e que o propósito do blog está acontecendo, que é edificar a sua vida! 🙂

 

Hoje quero falar sobre um tema que ainda gera muita dúvida de como agir quando isso acontece.

É comum adolescentes e jovens se envolvem com colegas na escola ou no trabalho e quando veem já estão apaixonados (as). O apóstolo Paulo fala algo aos Coríntios que nos dá uma direção sobre esse tema:

“Não se ponham em jugo desigual com descrentes. Pois o que têm em comum a justiça e a maldade? Ou que comunhão pode ter a luz com as trevas?” – 2 Coríntios 6:14

 

Você sabe o que é um jugo?

Jugo é uma “canga ou junta de bois”! Ainda não esclareceu? Rsrsrsrs… É um objeto de madeira que une dois bois para igualá-los, com o propósito de puxar algo. Essa peça faz com que os bois andem em sintonia. Entendeu agora?

 

boisImagem: ahcravo.wordpress.com

 

Assim como no jugo, é difícil caminhar com alguém que não anda no mesmo propósito que você e, o relacionamento de corte e santidade torna-se praticamente impossível para quem tenta se aventurar achando que não há nada demais.

Muitos dizem que a pessoa é boa, não rouba, não mata e que só falta Jesus. Hahahahahaha… Desculpe a risada, mas dizer que uma pessoa tem tudo e só falta Jesus é querer se enganar, porque se falta Jesus, falta TUDO!

Algumas pessoas dizem que no coração não se manda, mas à luz da palavra de Deus vemos que ela nos alerta que o nosso coração é enganoso, que devemos guarda-lo e que devemos fugir da aparência do mal:

 

“Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o poderá conhecer?” – Jeremias 17:9

  “Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida”. – Provérbios 4:23

“Afastem-se de toda forma de mal”. – 1 Tessalonicenses 5:22

 

Diante dessas informações e orientações que a bíblia nos dá, posso te afirmar que é possível sim, guardar o coração e não andar fora do propósito.

Essa situação de jugo desigual me lembra quando Abraão pediu para o seu servo Eliezer jurar que Isaque, o filho da promessa, casaria com uma mulher seria de sua parentela, ou seja, teria os mesmo ideais, o mesmo Deus e o mesmo propósito de vida que eles tinham. Foi então que ao ir à casa da parentela de Abraão, a filha de Betuel, Rebeca se destacou para casar-se com Isaque (Confira toda a história no livro de Genesis, capitulo 24). Essa história é linda e nos inspira a esperar em Deus e entender que não há comunhão de luz com trevas e que se falta Jesus, falta TUDO.

Você tem alguma experiência de jugo desigual para compartilhar? Comente ou se tiver dúvidas, nos mande um e-mail: contato@odiariodazoe.com.br.

 

Com amor,

pickerimage

5 de fevereiro de 2015 Corte
No comments yet


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top