Blog sobre relacionamentos, corte e lifestyle cristão.
 
 

#Relacionamentos | Corte – Tenho filhos, posso cortejar?

filhos_ok

Olá pessoal!

Quero expressar a nossa felicidade com o alcance dos posts e que a igreja está sendo edificada, aleluia! 🙂

Confesso estar ansiosa para a Conferência dos Vencedores… está chegando e espero ter o prazer de conhecer muitos de vocês que nos leem aqui no blog.

Há alguns dias (para não dizer meses… rsrrsrs) tenho sido conduzida a escrever sobre este tema, tenho resistido por ser um tema extremamente polêmico, mas não pude mais esperar para escrever, pois tenho certeza que algumas pessoas se identificarão e serão edificadas.

Em nossa vida temos duas decisões importantíssimas e que mudam o curso das nossas vidas. A primeira delas é aceitar Jesus como Senhor e Salvador e a segunda é a escolha da pessoa com quem vamos nos casar, afinal, é uma decisão pra vida toda!

Pensando na importância dessa decisão e no propósito de Deus envolvido nisso tudo, resolvi falar a respeito de duas dúvidas que sempre surgem, mas que quase ninguém tem coragem de responder:

  • Tenho um filho, tenho obrigatoriamente que me casar com ela com o pai/mãe dele?
  • Tive um filho na adolescência, posso cortejar?

Minhas respostas para tais perguntas são: Não e Sim!

  • Não! Você não tem que obrigatoriamente se casar com essa pessoa.
  • Sim! Você pode cortejar.

Para explicar, vamos por partes 🙂

  1. Não! Você não tem que obrigatoriamente que se casar com essa pessoa.

Algumas pessoas pensam que essa afirmação é antibíblica, pois vai contra o princípio de família. Entendo que um filho é uma ligação muito forte entre duas pessoas, mas sei também que o filho veio ou porque foi um ato no tempo de ignorância (antes da pessoa conhecer Jesus), ou porque mesmo consciente do pecado houve a queda, ou seja, isso é uma consequência de um ato do passado, mas vamos dar nome aos bois, o filho é uma consequência do pecado cometido.

A instrução que SEMPRE dou para essas pessoas é a seguinte: Ore! Peça para que o ES fale com você e confirme se o pai/mãe do seu filho é realmente a pessoa para você se casar e cumprir o plano de Deus.

Em alguns casos é nítido que não é a pessoa, o ES está berrando ao invés de falar, sinaliza de todas as formas, mas muitas vezes por comodidade, por medo, por acharem que é assim mesmo que as coisas funcionam acabam por se casarem com pessoas que não são o plano perfeito de Deus para a vida delas e sofrem muito em seus relacionamentos. Quero te lembrar que a nossa vida é feita de escolhas, o fato de você ter tido um filho com essa pessoa não define que você deve passar o resto da sua vida ao lado dela. Esteja sensível ao ES, ouça e obedeça!

  1. Sim! Você pode cortejar.

Se você se arrependeu do pecado que cometeu no passado e hoje tem buscado a vontade de Deus para a sua vida, respostas para o seu relacionamento, entenda que independente de ter um filho, o Senhor tem um plano perfeito para você, um plano santo, um plano que cumpre o propósito d’Ele. A minha pergunta é: Você está disposto(a) a pagar o preço para viver este plano perfeito?

Mas que preço é esse, Carol? É o preço que todo jovem que não tem filhos paga: o preço da espera, da consagração ao Senhor, da dependência…e por aí vai. Não é porque você tem um filho que as coisas serão diferentes para você, a palavra e os propósitos de Deus continuam os mesmos. 😉

Quando orar por um relacionamento santo não aceite acusações em sua mente, pois a palavra de Deus nos diz em 1 Co 5:17 que as coisas velhas se passaram, eis que tudo se fez novo. Aleluia! O que você praticou no passado é lá mesmo que deve ficar. É claro que as consequências disso te acompanharão, mas filho é bênção de Deus!

Você pode até falar: Carol, tenho um filho…. ninguém se interessará por mim!!

Quero te dizer que Deus não une pessoas, Ele une propósitos! Deus tem uma pessoa separada para você que te aceitará com o seu filho e tudo será lindo e perfeito! Creia nisso e se consagre ao Senhor, guarde seu coração, espere n’Ele e veja que no lugar da vergonha você terá dupla honra (Is 61:7)!

Quero deixar claro que pode sim ser o plano de Deus que você se case com o pai/mãe do seu filho, a questão toda está em ouvir a opinião do ES e obedecê-la.

Enquanto eu escrevia este post, estava ouvindo a música Light Of THe World da Lauren Daigle:

O Senhor é a luz e a luz vem para mostrar a verdade, verdade essa que é o próprio Jesus. Jesus não nos trás confusão, nem dúvidas… Ele nos dá a resposta e a instrução do que fazer. Portanto, guarde o seu coração no Senhor e viva o melhor d’Ele para a sua vida. Com filho ou não, Deus quer glorificar o nome d’Ele nessa área da sua vida… onde muitos já não acreditavam mais, Ele acredita e quer fazer novas todas as coisas. Você quer?

 

Você passa por isso? Compartilhe conosco, a sua experiência pode edificar outros.

 

 

Com amor,

 

pickerimage

 

 

 

 

 

 

@anacarolina.dz

anacarolina@odiariodazoe.com.br

 

 

26 de março de 2015 Testemunho
4 comments

4 Responses to “#Relacionamentos | Corte – Tenho filhos, posso cortejar?”


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top