Blog sobre relacionamentos, corte e lifestyle cristão.
 
 

#Relacionamentos | Corte – Não aguento essa pressão!!!

pressão

 

Oi gente,

Sei que é muito chato ser repetitiva, mas realmente os dias estão cada dia mais corridos, temos tido muito mais trabalho e não posso deixar de falar que meu coração está super “coisado” com os preparativos do casamento. Não vejo a hora de começar a montar a minha casinha e ser feliz com meu marido. Mas calma né? UAHuah

Hoje quero falar sobre a PRESSÃO! Calma, não é a pressão arterial, apesar de que em algumas situações ela pode até ser afetada.

Estava no carro ouvindo o jornal em uma rádio bem conceituada e uma especialista em gestão começou a falar sobre a gestão pessoal.  Achei bem interessante o assunto. Ela explicou que as situações de sofrimento e angustia que vivemos na vida costumam causar terror, mas é porque elas estão alargando nossa “consciência”, nossa “alma”.  Estudos apontam que essas circunstâncias nos fazem ser o que chamamos de “seres humanos”.  Cientificamente outras espécies não têm essa capacidade de alargamento mental como nós. Contudo, isso não é fácil e por isso sentimos dor em nossas emoções.

Ela ainda falou que a sociedade tem nadado contra isso, ensinando que se temos problemas devemos logo medicá-los, porque o correto é viver bem. Se a grama do vizinho está verde, a minha também tem que estar. Isso inibe essa pressão de alagar nossa capacidade mental para lidarmos com determinadas situações. Por isso, hoje, as pessoas estão doentes, pois não conseguem superar problemas, mesmo os mais simples. Trocando em miúdos, o que ela disse foi que, a pressão produz crescimento. Não podemos apertar o pino e aliviar a pressão senão não haverá resultado.

Quem conhece o pastor Marcelo Almeida sabe bem o quanto ele já nos ensinou sobre isso.  Vou até deixar no final do post a indicação do livro dele que fala sobre esse assunto e, também, a ministração. É um combo explosivo que produzirá poder em sua vida!

Bem, mas o que tudo isso tem a ver com corte e relacionamentos?

Todas as áreas da nossa vida geram pressão em algum momento, mas não há nada mais desastroso do que não saber lidar com a pressão nas “coisas do coração”. Tanto para quem está no tempo de espera, como quem está na corte, noivado ou no próprio casamento. Quero então citar alguns exemplos de pressão:

 

No tempo de espera

  • Pressão externa: Nesse tempo as pressões são diversas. Por todos os lados somos bombardeados com informações de não esperar coisa nenhuma. Manter-se em santidade parece até insano. A pressão acontece em maior escala na família. Se você é um rapaz, o apelo parte pra questão  da opção sexual. Se é uma moça, as piadas sobre ficar pra titia ou encalhada rolam soltas. Eu mesma vivi isso, só que era um pouco pior porque já tinha passado dos 25 anos. Imaginem só! 🙁

 

  • Pressões interiores: Não sei distinguir qual dessas pressões é a pior, se a externa ou a interna. Em nosso interior os questionamentos brotam quase que por segundo, milhares de sugestões para não permanecer no propósito que muitas vezes no levam a melancolia, carência excessiva e a autocomiseração. Isso quando não largamos todos os nossos sonhos pra vivermos algo momentâneo que não chega aos pés daquilo que Deus reservou pra nós.

Conseqüência: Se você ceder a essas pressões você poderá sofrer algumas conseqüências de entrar em um relacionamento fora da vontade de Deus e colher frutos amargos como: gravidez indesejada, separação, maus tratos, relacionamento desestruturado, emoções e sonhos frustrados.

 

Na corte

  • Pressão externa: Na corte, as pressões acontecem porque muitos não entendem como a corte funciona. Lidar com as insinuações das pessoas a respeito de um “pretendente a corte”, a coisa fica tão feia as vezes que aqueles que até então eram “amigos” são pressionados a agirem como um casal. Quando já estão na corte a pressão é fugir da tentação de estarem a sós, da necessidade de contato físico como o beijo e conversas que não são apropriadas para esse nível de relacionamento.

 

  • Pressão interna: Esse é um tempo de muita pressão, alguns entram em crise para saber se é a pessoa certa. Crise por não saber agir na corte, se trata como amigo ou o que. Pressões das mentiras na mente, pressão para decidir casar ou não, falar ou não.

Conseqüências: Neste caso, pode acontecer a defraudação ou mesmo o casal que fez o voto de santidade cair em pecado destruindo o sonho da corte.

 

No noivado

  • Pressão externa: O noivado é um nível maior de relacionamento e as pressões também são maiores. Têm a pressão pra marcar a data do casamento, pressão para a organização da cerimônia e festa, pressão dos pais, pressão da casa onde irão morar, pressão pra pagar as contas que vão surgindo, pressão pra aprender a lidar com as divergências nesse tempo, pressão das novas responsabilidades adquiridas. Gente, é muita coisa! Dá até pra ficar doidinha da silva. Rsrsrs

 

  • Pressão interna: As mudanças que virão com o casamento são muito grandes como: sair da casa dos pais, a mudança de lar, a intimidade e compartilhar da vida com outra pessoa. Essas mudanças causam muitas vezes medo e insegurança. São muitas as pressões emocionais, mas de todas elas a pior é a ansiedade.

 

Estou vivendo essa fase e posso afirmar que não é fácil. São muitas mudanças radicais e todas ao mesmo tempo, acompanhadas de responsabilidades, emoções e sensações.

 

Minha oração nesse tempo é para que Jesus seja o centro, pois são tantas coisas que, se não vigiarmos, facilmente ocupamos nossos pensamentos e tempo só com coisas do casamento.

 

Conseqüências: Algumas conseqüências que podem acontecer ao cedermos às pressões são as brigas e desentendimentos, dívidas, problemas de saúde, insônia e até mesmo o rompimento do compromisso para o casamento.

 

No casamento

 

  • Pressões externas: Dentro do casamento as pressões externas surgem com a vida a dois, pois agora a sua família não está mais lá e se você é a esposa, todas as atividades do lar não serão mais feitas pela sua mãe, e sim por você. Existe a pressão de administrar o tempo para que tudo seja feito, como compras, lavar as roupas, programar as refeições, deixar a casa limpa e organizada, fora organizar momentos para ficarem a sós e sair da rotina. Outra pressão que vem é a da família e amigos cobrando para que você os convide para conhecer a sua casa e cobrando um filho… vamos com calma, tudo em seu tempo! 😉

 

  • Pressões internas: Internamente você não quer abrir mão do seu EU nas discussões e conversas. Muitas vezes você não concorda com o que está sendo exposto e por talvez ter razão em alguns aspectos, não quer ceder, não quer dar o braço a torcer e pensamentos como “Eu vou desistir disso!” podem ser sugeridos na sua mente e é assim que satanás trabalha para que as famílias sejam destruídas.

 

Consequências: As consequências de não ceder dentro das situações do dia-a-dia te tornam uma pessoa amarga, confusa e, porque não dizer, chata e de difícil convivência?! Não há cônjuge que aguente isso! Logo a sugestão de satanás pode ser transformada em realidade. 🙁

Como não sou casada, a Carol me deu uma forcinha nesse texto. ♥

Esses são alguns exemplos de pressões e possíveis consequências. Nada aqui é regra, pode acontecer dessa forma ou não.  Contudo, precisamos aprender a lidar com as pressões da vida.

Como havia prometido no início desse post, indico o livro do Pr. Marcelo Almeida :

livro_pressão

 

Preço: R$29,90
Compre aqui

E você também pode ouvir a ministração sobre este assunto. Vale muito a pena investir seu tempo nisso.

 

 

Espero que esse post tenha te ajudado!

 

Com amor,

 

20140417-103021.jpg

 

 

 

 

@danielle.dz
danielle@odiariodazoe.com.br
facebook.com/odiariodazoe

 

 

 

20 de agosto de 2015 CorteRelacionamentos
2 comments

2 Responses to “#Relacionamentos | Corte – Não aguento essa pressão!!!”


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top