Blog sobre relacionamentos, corte e lifestyle cristão.
 
 

Casamento

#Dica | Casamento – Links para inspiração!

9641668-creative-light-bulb-and-the-best-idea-concept

Oi gente!

É muito gostoso pensar no casamento, em como será a cerimônia, quem vamos convidar, as músicas que tocarão, os detalhes da decoração e tudo mais envolvido com este dia tão especial.

Eu confesso que me apaixonei por esse universo das noivas. Li muitas histórias, visitei muitos sites, blogs e canais no YouTube. Em cada lugar encontrei algo que me inspirou nos detalhes do casamento e no fim ficou como eu sonhei. De verdade, não tive problemas de expectativa x realidade com respeito ao dia do casamento, cerimônia e principalmente decoração que era o que mais me preocupava. Graças a Deus foi tudo lindo!

Quero compartilhar alguns links de referências que peguei e quem sabe te inspirar também. 🙂

 

Inspirações

Sempre pesquisei coisas de casamento, mesmo antes de ter um noivo e um site que eu amava navegar era o Noivando, Casamento e Amando , infelizmente não sei o que aconteceu com o site, agora só encontro a página no Face. Mas nele as noivas enviavam suas histórias e fotos de todo o casamento. Era uma fonte riquíssima de inspiração, inclusive me inspirou a ter os testemunhos de corte e casamento aqui no blog. 🙂

O Pinterest é uma das melhores plataformas de imagens que existe. Se você quiser referencias para qualquer coisa, pode pesquisar lá que você vai encontrar coisas lindas.

 

Decoração

Sem dúvida o site que mais amei e me inspirou muitão em toda a decoração do meu casamento foi o Oh Lindeza. Fiquei tão apaixonada pelo trabalho desse pessoal, que até tentei fechar um orçamento com eles. No meu caso e do Rafa não foi possível, mas quem sabe pra você é?!?  Eles trabalham com um estilo muito legal de personalização de casamentos, é incrível!

Meu casamento foi inspirado nesse trabalho deles : Casamento Joanna e Marquinhos.

 

 

 

Porta Alianças

A entrada das alianças é um momento muito importante, mas eu queria algo simples, rústico, bonito… e achei! Minha inspiração e local onde comprei essa almofadinha rústica de aliança foi a Elo7, lá tem tudo o que você imaginar. O meu topo de bolo também comprei nesse site.

 

Cerimônia

A principal inspiração para minha cerimônia de casamento foi o casamento da Carol e do Marcos. No casamento deles a entrada da noiva aconteceu primeiro, simbolizando que a “Noiva – igreja” é quem espera o “Noivo – Cristo”.

 

Voto

Um dia uma amiga compartilhou esse vídeo de casamento, e foi nele que tive a ideia de fazer do meu voto um ato de honra ao meu marido lavando os pés dele.

 

 

 

 

Nesse vídeo também tive a ideia de escrever uma carta para entregar para ele, antes da cerimônia, e fiz isso. Ele ficou muito surpreso com tudo. <3

 

 

Espero que minhas inspirações tenham te ajudado. E se tiver alguma dica que ficou faltando ou algum link que você conhece, compartilha com a gente deixando seu comentário.

 

Aproveita para indicar esse post para seus amigos noivos e também para seguir a gente nas redes sociais.

Facebook
Instagram

 

 

Um super beijo,

 

 

dz

 

Danielle dos Santos
@danielle.dz
danielle@odiariodazoe.com.br


#Testemunho | Nossa história – Rajiv & Lorena

 

Nossa História

Onde todo sonho se inicia “No Coração”

Sabe aqueles versículos que queimam em nosso coração? Pois é, para mim um desses versículos está lá nos Salmos 139:16 “Os teus olhos me viram a substância ainda informe, e no teu livro foram escritos todos os meus dias, cada um deles escrito e determinado, quando nenhum deles havia ainda.” fui surpreendido por viver e experimentar a concretização dele em minha vida. Compartilharei um pouquinho dessa experiência fantástica que tive com o poder de Deus.

A Corte – 11 de Maio de 2009



Tudo começou no dia 11 de Maio de 2009, quando tive um encontro com Deus e uma transformação maravilhosa em minha vida iniciou. Foi então que conheci uma maneira diferente de se relacionar, “Corte (Um relacionamento que não tem como foco a satisfação dos desejos da carne, mas sim na procura da pessoa que o Senhor separou para ser seu cônjuge, abstendo-se do beijo, lascívia e outras atitudes que levam ao engano, frustrações, feridas e até mesmo ao sexo antes do casamento. A escolha de dar o primeiro beijo no Altar)”. Para mim, inicialmente essa visão era algo impossível de se viver, mas à medida que o tempo se passava e as experiências em Deus se tornavam cada vez mais profundas, optei andar por esse caminho cheio de desafios, mas que agradava a Deus e que me levaria a desfrutar do melhor.

Ele “O Chamado” – 07 de Setembro de 2010



Passei a me preparar e a buscar uma vida de intimidade com Deus. No dia 07 de Setembro de 2010 na Conferência Radicais Livres, foi um marco – tive uma experiência sobrenatural com o Senhor, de uma forma tão clara, tão poderosa e convicta senti que o Senhor estava me separando, me chamando para as nações, em especial para a África. Foi tremendo, agora eu tinha um propósito específico em minha vida!

Uma grande preocupação que veio a era de encontrar uma mulher com o mesmo propósito que estaria ao meu lado me auxiliando no ministério. Entretanto, mal sabia eu que Deus já estava preparando minha esposa antes mesmo de eu ter me encontrado com Ele.

 

Ela “O Chamado” – 10 de Fevereiro de 2008



Foi assim no dia 10 de Fevereiro de 2008, Lorena Marques conheceu uma maneira diferente de se relacionar, uma visão, um caminho sobremodo excelente, a Corte. Apaixonou-se por essa visão e então decidiu que a partir daquele dia se guardaria para o homem que seria seu esposo. E assim, passou a orar, a sonhar e a se preparar para o dia em que se encontraria com o príncipe que Deus estava preparando para ela.

O tempo foi passando, e ela investiu em seus estudos, buscou se aprofundar na palavra de Deus, gerou frutos, liderou, multiplicou, recebeu o discernimento do seu chamado e a cada dia experimentava de uma porção cada vez maior no Senhor.

 

E os olhos foram Abertos

 

Em um momento de aconselhamento, um de meus líderes (Hérick Bueno) chamou minha atenção para uma moça que se destacava por seu coração quebrantado e por seu anseio em agradar o Senhor. E assim, procurei estar mais próximo para observá-la cuidadosamente. Com o passar do tempo nossos caminhos foram se cruzando através dos encontros, vigílias e festas da igreja.

Em um dos encontros da rede, Lorena precisou com urgência de um irmão para fazer um personagem de uma peça, e eu não pensei duas vezes e aproveitei a oportunidade para servi-la e assim estarmos mais próximos. De fato meu objetivo foi alcançado. Suas lideranças e amigos perceberam as afinidades e assim, as brincadeiras começaram a surgir e a serem mais frequentes com relação a nós. Nos tornamos amigos (só que no meu coração já tinha outras intenções).

 

Distância, desafio aceito!

 

Como disse anteriormente, meu o chamado para a África foi se tornando cada vez mais intenso, me impelido a tomar a decisão de largar tudo e ir cumprir à vontade de Deus. Mas ao mesmo tempo algo me incomodava “Como poderia cultivar um relacionamento estando tão longe daquela a quem o Senhor havia colocado em   meu coração?” E mesmo diante disso, decidi obedecer e responder ao Senhor, sabendo que se fosse à Sua vontade, nos reencontraremos. Afinal a palavra de Deus é a verdade:

“o Senhor trabalha para aquele que Nele espera (Is 64:4)”.

“confie no Senhor e ele satisfará o desejo do seu coração (Sl.37:4)”.

“Buscai primeiro o reino do Senhor e as outras coisas lhes serão acrescentadas (Mt. 6:33 )”.

Tendo essas convicções em meu coração, fui em paz!

 

A Lorena, por outro lado, não correspondia ao mesmo sentimento ou interesse, deixando claro em suas atitudes que através desta viagem para a África tal sentimento e brincadeiras chegariam ao fim. Mas estava muito enganada, pois mesmo sem minha presença, nossos amigos continuavam brincando e evitando que outros rapazes se aproximasse dela – “Glória a Deus”.

 

 

A Ligação

 

Durante meu primeiro ano na África, confesso que nosso contato era mínimo, resumido em pequenas conversas pelo messenger. Um dia ela recebeu uma ligação com um código de área diferente, quando atendeu ao telefone, era eu (resolvi me encher de coragem e ligar), a quem ela tanto evitava. Foi um espanto, a ligação foi rápida, mas o choque durou muito tempo. Então ela começou a tentar entender o porquê que mesmo estando tão distante, eu ainda insistia em falar com ela. Percebi que deveria surpreendê-la de outra forma, então aproveitei à visita do Pr. Luís Rigonato a África e mandei por ele um presente para ela (um porta jóias no formato do mapa da África). Ela ficou muito surpresa ao ser procurada pelo pastor e ficou em choque quando recebeu o presente, a partir de então, percebeu que meu interesse por ela era sério e que eu fazia questão em envolver minha liderança.

 

imagem2

 

O tempo foi passando e com o whatsapp nossa comunicação foi se tornando mais frequente, mas ela mesmo assim, não se permitia gerar um sentimento que fosse além de um a amizade superficial, o que tornava a situação um pouco mais complicada pra mim. E como não bastava a distância entre nós e a indiferença dela, surgiram outros contratempos, por exemplo outros rapazes interessados por ela, mas eu confiei no Senhor e Ele cuidou disso pra mim

 

A Volta

 

No ano de 2014, voltei para o Brasil com planos e um objetivo principal, conquistar o coração da Lorena e ultrapassar a linha de apenas “amigos”.

 

imagem3

 

Nos primeiros três meses, comecei aproximar da família dela e meu objetivo foi ficando cada vez mais próximo, até que eu sem hesitação a convidei a fazer parte da minha vida, inicialmente ela resistiu, mas depois de 21 dias de Jejum e Oração, o Senhor a fez compreender sua vontade perfeita. E assim no dia 18 de Maio de 2014, entramos na corte.

 

imagem4

 

 

O Cumprimento da Promessa

 

Enfim meu plano estava em execução, nós estávamos relacionando. Mesmo assim não foi fácil, pois ela ainda me resistia. Porém, quando é propósito de Deus, tudo é transformado na hora e no tempo certo. Continuamos a nos conhecer melhor e a vontade de Deus foi ficando mais clara e seu coração foi se abrindo para mim.  Comecei a perceber que estava no tempo para um próximo passo e assim depois de um ano e sete meses de relacionamento, no dia 15 de outubro de 2015, (no seu aniversário) a surpreendi com o pedido de casamento. Foi uma surpresa linda, com a presença da nossa família, pastores, amigos, líderes. Com direito a anel de noivado, buquê de flores, champanhe e brindes… Pronto, uma nova fase em nossas vidas foi iniciada, caminhando então com os preparativos para o grande dia em que nos tornaremos uma só carne, para o cumprimento do propósito eterno do Senhor.
imagem5

 

E no dia 11 de junho de 2016 concretizamos este grande sonho que se resultará na edificação do Reino de Deus por onde passarmos estamos experimentando o melhor de Deus, e diante de tudo só podemos dizer “Deus é fiel”.

 

“Antes que eu te formasse no ventre materno, eu te conheci, e, antes que saísses da madre, te consagrei, e te constituí profeta às nações.” Jr. 1:5.

 

Testemunho: Rajiv e Lorena
Igreja: Videira – Goiânia

Se você também tem um testemunho, envie um  e-mail para: contato@odiáriodazoe.com.br
Lembre-se o testemunho edifica a igreja, não deixe de compartilhar.


#Dica |Casamento – Músicas para o grande dia!

casamento_musicas

Oi gente!!!

É muito bom quando vocês interagem com a gente compartilhando suas dúvidas, isso sempre nos dá ideias para novos posts. E esse post foi feito a pedido de uma de nossas leitoras a Samara Dutra. Ela pediu para compartilharmos sobre músicas para tocar no casamento. Então vamos lá!

A escolha das músicas é algo muito gostoso de se fazer. Muito tempo antes de saber que eu iria me casar, eu já tinha escolhido a música da minha entrada na cerimônia de casamento e todas as vezes que eu orava por esse sonho, eu orava com essa música e visualizava como seria  “O Grande Dia “.  A medida que as coisas foram acontecendo, fomos escolhendo as músicas juntos, e elas passaram a fazer parte do nosso dia a dia até o casamento e claro depois dele também!

Como fazer a escolha das músicas?

Eu creio que o casamento é para glorificar a Deus, por isso todas as músicas que escolhemos para nosso casamento eram direcionadas à Ele e também eram músicas que faziam parte de toda nossa história. Por exemplo : A música da entrada do Rafa na cerimônia de casamento foi a King Of All Days – Hillsong United, essa música eu ouvi pela primeira vez em uma rede de jovens aonde o Rafa havia ministrado, isso quando eu tinha acabado de chegar na igreja. Um dos fatos da nossa história é que o Rafa acabou se afastando, estava literalmente perdido. Nesse tempo sempre que eu ouvia essa música me lembrava dele e orava para que ele se reconciliasse com o Senhor.  Muita coisa aconteceu e muitas águas rolaram até que ele finalmente voltou e de maneira incrível e inesperada Deus abriu os nossos olhos, um para o outro. Quando finalmente chegou o tempo de escolher as músicas para o casamento contei sobre como essa música me lembrava ele e concordamos que essa seria a nossa escolha. Foi tão lindo e o mais especial, ele cantou todas as músicas. <3

Nossa cerimônia foi com música ao vivo onde o Rafa cantou e nossos amigos tocaram.

 

 

Já que a dica é sobre as músicas para tocar no casamento, fizemos duas playlist,  uma com as músicas do meu casamento e outra com músicas do casamento da Carol para inspirar os noivos na escolha!

Se você curtiu ou se tem alguma dúvida deixe seu comentário!
Aproveita e dê uma passadinha nas nossas redes sociais, curta e compartilhe com seus amigos. Isso nos ajuda muito!

 

Super beijo.

 

 

dz

 

Danielle dos Santos
@danielle.dz
danielle@odiariodazoe.com.br


#Casamento | Lorena Chaves – Casando em 30 dias.

maxresdefault-1

 

Olá pessoal, tudo bem?

Casar não é algo simples e fácil, muitas noivas ficam doidinhas com a organização. A Lorena Chaves nos provou que dá pra organizar um casamento em 30 dias e mostrou tudo isso em uma web série muito legal!

Se você assim como nós, adora casamentos, acompanhe como foi essa aventura dos 30 dias e o resultado no grande dia!

 

Episódio #1

 

Episódio #2

 

Episódio #3

 

Episódio #4

 

Se você está noiva (o), com certeza esses vídeos te inspiraram. Se eu não fosse casada, ia querer fazer algo muito próximo ao que ela fez no casamento dela. rsrsrsrs

Comemorar agora só os anos de casado e esse faço 3 anos! :O Passa muito rápido!

 

Gostou? Compartilha a sua opinião com a gente!

 

 

Grande abraço,

 

Carol Assinatura

 

 

Ana Carolina Ferreira

anacarolina@odiariodazoe.com.br

@anacarolina.dz


#Dica | Livro – O Ato Conjugal

SEXO

 

Oi gente,

Outro dia ouvi algo que é verdade. Muitas pessoas investem anos da sua vida se preparando para uma profissão, gastam quatro, cinco e às vezes até dez anos estudando para ser um bom profissional, mas não investem tempo estudando e se preparando para o casamento. Infelizmente essa falta de preparo resulta em casamentos fracassados, famílias destruídas e pessoas frustradas.

Se queremos ser bons maridos e esposas precisamos investir em cursos, como no caso do curso de noivos, livros, palavra, conselho, como está na palavra:

“Semelhantemente, ensine as mulheres mais velhas a serem reverentes na sua maneira de viver, a não serem caluniadoras nem escravizadas a muito vinho, mas a serem capazes de ensinar o que é bom. Assim, poderão orientar as mulheres mais jovens a amarem seus maridos e seus filhos,
a serem prudentes e puras, a estarem ocupadas em casa, e a serem bondosas e sujeitas a seus próprios maridos, a fim de que a palavra de Deus não seja difamada.” –
Tito 2:3-5

Desde que Deus colocou no meu coração o sonho de me casar, eu comecei a me preparar para isso. Sempre gostei muito de ler, então li muitos livros desde a corte. Hoje estou casada, mas ainda estou no primeiro ano, ou seja é tempo de aprendizado, de conhecermos melhor e aprendermos a sermos um. Por isso não parei de estudar sobre o assunto.

Algo que eu não imaginava era que até para ter uma vida íntima saudável era necessário estudar. Isso porque nascemos numa cultura que trata o sexo de uma forma banalizada que todos pensam que já sabem de tudo. Isso é na verdade um grande engano.

Certa vez um noivo muito nervoso às vésperas do casamento perguntou a um pastor o que ele deveria fazer quando estivesse a sós com sua esposa, afinal ele era virgem e estava com medo de não saber o que fazer. O pastor rindo daquela situação respondeu: Meu filho, você não precisa se preocupar, quando vocês estiverem a sós tirem as roupas e o instinto de vocês fará o restante do trabalho!

É claro que nossos instintos sexuais se encarregam de nos conduzir nos momentos de intimidade, mas se você não souber como agir nesse momento pode ter uma vida sexual frustrante.

Você pode pensar que estudar sobre sexo é somente para quem é virgem. Muitos por já terem vivido uma vida sexual ativa pensam que não precisam aprender mais nada. Esse é outro engano! O sexo é um presente dado por Deus para ser desfrutado dentro do matrimônio. E a Bíblia trata isso com muita importância. Ao estudar sobre o assunto muito paradigmas e mentiras inventadas por satanás cairão por terra e tudo o que foi aprendido e praticado na velha vida será transformado pela renovação da sua mente através da palavra.
Lembro de quando a Carol estava noiva e no curso de noivos ela teve aulas sobre esse assunto. Eu falei pra ela, nem quero pensar nisso, quando chegar minha vez ficarei muito envergonhada nessas aulas. E ela falou algo que me marcou. Ela disse: – Dani isso não será como era no mundo, é completamente diferente é algo santo é um presente de Deus.

Temos na mente que “Sexo” é pecado. Por isso havia essa repulsa no meu coração. Mas nada melhor do que fazer as coisas no tempo de Deus. Quando chegou minha vez de fazer o curso e ler os livros sobre o assunto, tudo aconteceu tão natural, sem culpa e vergonha. É maravilhoso ser guiado por Deus.

Por isso quero indicar um livro pra você que está às vésperas do casamento. Mas antes quero dar um recado importante pra quem não está perto de se casar. Eu aprendi que algo certo na hora errada é errado e até mesmo ler um livro fora do tempo de ler, nos leva a pecar. Esse é um desses casos. Estou falando isso, porque nesses livros que vou indicar fala de um assunto que pertence a quem é casado. Se você não se encaixa nesse perfil, porque despertar algo que não poderá suprir?

…não despertem nem provoquem o amor enquanto ele não o quiser. Cânticos 2:7

Bem, se você é um noivo ou noiva as portas do casamento então invista seu tempo lendo esse livro: O Ato Conjugal.

o-ato-conjugal-tim-lahaye-251711-MLB20620138366_032016-F

 

O Ato Conjugal é um dos livros que trata do relacionamento sexual mais respeitados no meio cristão. Ele esclarece dúvidas que muitos de nós temos, numa abordagem séria e confiável. É um livro completo e mostra a beleza e importância da intimidade sexual. O livro esclarece dúvidas que preocupam os casais e as respostas são muito precisas e explícitas. Os problemas mais comuns também são esclarecidos e com muitas dicas práticas. Eu sou suspeita pra falar dos autores, eu amo os livros do Tim e Beverly LaHaye.

Com certeza ele rompe barreiras, tabus e preconceitos que paralisavam a vida sexual de muitos cristãos principalmente das mulheres. Eu considero um livro essencial para todo casal. Mesmo para aqueles que já estão casados, pois com certeza ele quebrará paradigmas e ajudará a reparar os erros já cometidos. E o melhor, tudo isso a luz da palavra de Deus.

Eu e meu marido fomos muito abençoados com esse livro, a leitura gerou em nós uma expectativa positiva para a noite de núpcias. Pois apesar dos noivos ansiarem por esse momento, os medos e paradigmas de quem não recebe a orientação necessária tornam aquilo que deveria ser sonho, em pesadelo e ao invés de estarem cheios de expectativas ficam ansiosos e preocupados.

Espero que tenha gostado da dica. Se você já leu esse livro, deixe seu comentário. Curta, compartilhe esse post e claro marque seus amigos que estão noivos.

Com a graça abundante de Deus.

 

dz

 

Danielle dos Santos
@danielle.dz
danielle@odiariodazoe.com.br

 


#Relacionamentos | Casamento – Curso de noivos

Casar não é uma tarefa simples e precisa ser levada a sério. A importância dessa aliança é tanta que os preparativos não podem ser de qualquer jeito. Vimos no último post da série a importância de cuidar da saúde fazendo os exames pré-nupciais e agora vamos falar sobre o curso de noivos.



Continue reading

#Relacionamentos | Côrte – Resolvidos para casar.

noivos ok

 

 

Olá pessoal, tudo bem?

 

Esses dias tenho tido aulas de sociologia do casamento no seminário, e claro que isso me inspirou a escrever sobre o assunto para vocês. 🙂

 

Antes de qualquer coisa, quero desmentir algo que as pessoas têm a tendência de achar. Ela pensam que quando estamos prontos para casar, estamos TOTALMENTE resolvidos em TODAS as áreas da vida, que estamos perfeitos e etc, mas se chegarmos a esta “estatura de varão perfeito”, seremos assuntos aos céus e não chegaremos ao altar (o que não é má ideia! Rsrsrs). Mas, isso não nos exime de alinharmos nossas vidas para chegarmos ao casamento mais resolvidos que hoje, ou seja, mais “inteiros”. Para facilitar, vamos dividir o assunto em tópicos:

 

 

 

chorando

Resolvendo-se Emocionalmente

 

Essa é a primeira área que precisamos nos preocupar, pois se você não está inteiro emocionalmente, quando se unir a outra pessoa, terá sérios problemas de carência, de dependência emocional, que gerarão brigas, discussões, conflitos e etc.

Quando eu entreguei meu namoro (leia mais aqui!) para o Senhor, eu entendia que aquela era a vontade d’Ele, mas confesso que agi por fé e obediência, porque eu não entendia a real necessidade de fazer aquilo. Depois que eu respondi e comecei a avançar, compreendi que o plano do Senhor era que eu dependesse apenas d’Ele. Enquanto Ele não fosse suficiente para suprir as minhas necessidades emocionais, eu nunca poderia me relacionar, pois se tornaria algo doentio. Então, após o primeiro período de desintoxicação da outra pessoa, passei a contar com Jesus para tudo! Ao invés de ligar para o namorado de noite, eu falava com Jesus. Quando eu me sentia carente e sozinha, Ele que me abraçava (literalmente! 😮 ). Nosso relacionamento cresceu demais, foi um tempo muito bom!  Porém, certo dia eu fui provada, pra ver se o meu coração estava mesmo escondido em Jesus e eu falhei! 🙁

Infelizmente, eu achei que tudo já estava OK, que eu estava prontinha pra me relacionar, que as intenções do meu coração estavam alinhadas com as de Deus, mas foi aí que eu me enganei. Após descobrir que eu ainda não estava pronta, me pus a orar e alinhar meu coração com o de Jesus. Claro que Ele foi super misericordioso e usou dessa situação pra me ensinar.

 

 

 

preocupado finan

 

Financeiramente

 

Quem é que paga as suas contas?

 

Outro aspecto que hoje as pessoas não são resolvidas é no âmbito financeiro. Nunca vi tantos jovens com nome sujo e dívidas altíssimas. Eu não me excluo disso, pois estava nesse meio! 😮

Eu tinha empréstimos, dívidas de cartão de crédito, nome sujo… E na realidade eu nem sabia pra onde ia todo o dinheiro que eu devia, porque eu não tinha muitas roupas e nem andava com coisas tão caras.

Entendo que quando servimos à Mamon, ficamos presos nele e em tudo aquilo que ele nos proporciona. Eu vivia presa em dívidas, mas nem desfrutava daquilo que eu tinha gasto.

Quando entrei na corte e fiquei noiva, o milagre de Deus em minha vida financeira foi tão grande que sinceramente, eu nem me lembro como fiz pra quitar tudo o que devia e iniciar a vida de casada apenas com algumas dívidas do casamento mesmo.

 

 

 

 

orando

 

Espiritualmente

 

Duas prerrogativas para iniciar a côrte é ser crente e ter mais de um ano de fé. Você deve ter preenchido esses requisitos, mas é importante também que seja alguém maduro, porque a côrte não é um conjunto de leis, e sim deve ser vivida por revelação e por fé. Aqueles que tentam viver a côrte sem ter intimidade com Deus, ser guiado pelo ES, sem ter uma visão espiritual das coisas poderá não chegar ao final da corte com um noivado, porque o peso da lei é muito forte.

 

Busque ao Senhor não só pra ficar resolvido e se casar, mas pra desfrutar de um relacionamento primeiro com Ele.

 

 

 

felicidade

 

Aprendendo a ser solteiro

 

“Você só estará pronto para casar, quando aprender a ser solteiro. Só pode se casar um dia, quem já foi solteiro.”

 

Essa frase acima é bem verdade, porque não tem como você se comprometer com alguém se um dia não experimentou ser solteiro. Vejo alguns casos de pessoas que nunca foram solteiras, nunca aproveitaram disso em suas vidas e sempre estavam com algum “rolo” por aí. A parte ruim disso é que quando essa pessoa casa, ela quer viver a solteirísse e me desculpe, uma vez o compromisso assumido, não tem como voltar atrás.

 

Depois que terminei o namoro, eu tive que aprender a ser solteira… A contar com os amigos, a sair e não precisar dar satisfações, a não ficar refém de alguém, a não aprisionar alguém, enfim… Foram imensas as barreiras que tive que transpor, porque eu nunca tinha vivido daquela forma, estava realmente aprendendo.

 

Se você hoje é solteiro, com certeza deve ansiar por se casar, é claro! Eu te digo que casar é muito bom, mas que o tempo de solteiro também é precioso e aqueles que não aproveitam dele, algumas vezes se arrependem. Viva cada período da sua vida intensamente, pra Jesus e com Jesus, você pode ter certeza que não vai se arrepender.

 

 

Você se “encaixa” e alguns desses aspectos que comentei acima? Decida romper em cada uma dessas áreas e se resolver para que os propósitos de Deus em sua vida se cumpram, tanto em seu tempo de solteiro como através do casamento.

 

 

 

Com encargo,

 

 

 

 

Carol Assinatura

 

 

 

 

 

 

Ana Carolina Ferreira

anacarolina@odiariodazoe.com.br

@anacarolina.dz


#Relacionamentos | Casamento – Exames pré-nupciais.

Consulta_ok

 

Oi gente,

 

Dando continuidade à nossa série casamento, quero falar um pouco sobre algo que muita gente desconhece “os exames pré- nupciais.”

Depois do noivado começam os preparativos para o casamento. Pensamos em todos os detalhes da cerimônia como: local, decoração, convidados, roupas e zás, mas nos esquecemos de cuidar da saúde.

Eu nem imaginava que precisava fazer exames antes de casar, até que um dia fui convidada para dar uma entrevista sobre este assunto. A entrevista nunca aconteceu, mas procurei saber sobre isso e posteriormente também fomos aconselhados pelos nossos discipuladores a efetuá-los.

 

Esses exames são na verdade um check-up da sua saúde, para que você e seu futuro cônjuge tenham mais segurança antes de iniciar uma vida sexual. Realizar esse check-up é uma forma de demonstrar seu amor e cuidado por ele.

 

Quais são os exames pré-nupciais?

 

Tanto o homem como a mulher deve colher exames de sangue para avaliar doenças infecciosas, sexualmente transmissíveis, como hepatite B e C, sífilis, AIDS e outras doenças como toxoplasmose, rubéola, citomegalovírus que podem ser prejudiciais se contraídas durante a gestação para o bebê.

 

 

MULHERES

 

Esses exames podem ser solicitados diretamente ao seu médico ginecologista. No meu caso marquei uma consulta e falei que estava me preparando para casar e que gostaria de fazer alguns exames pré-nupciais. Para os médicos isso é comum, apesar de algumas pessoas acharem que está fora de moda.

A lista de exames pode variar de acordo com seu histórico médico. Se você já teve relações sexuais o médico provavelmente irá pedir o exame de Papanicolau.

É importante ressaltar que você deve pedir para o médico a solicitação para para o teste de HIV, pois é um exame diferente do hemograma. Em minha opinião, se você já teve relações sexuais, deveria sim fazer esse teste.

 

 

 

HOMENS

 

No caso dos homens o ideal é procurar um urologista para solicitar os exames pré-nupciais e até mesmo bater um papo sobre alguma dúvida que tenha.

Da mesma forma que as mulheres, os exames podem variar de acordo com o histórico médico. A diferença nos exames do homem é o espermograma que avaliará a fertilidade do homem.

Uma boa pesquisa sobre esses exames é importante, pois as DSTs infelizmente  são mais comuns do que imaginamos.

Se programe para esses exames o quanto antes, pois se houver a necessidade de algum tratamento haverá tempo hábil antes do casamento.

 

 

Espero que tenham gostado da dica e se ficou com alguma dúvida deixe seu comentário.

 

 

 

Com encargo,

 

 dz

Danielle dos Santos


#Relacionamentos | Noivado – Como marcar a data do casamento?

data_casamento

Gente,

 

Me perdoe, mas agora quem saiu de férias foi a Carol e como ela falou aqui outro dia, precisamos muito uma da outra pra esse blog andar. Mas vamos lá, vou dar continuidade ao assunto do post Da corte para o noivado.

 

Essa semana completou um ano do meu noivado, não estamos mais noivos, mas mesmo assim a data continua especial. ♥

 

noivinhos

 

Uma das coisas mais importantes quando decidimos pelo noivado é ter uma data para o casamento. Noivar sem data para casar é o mesmo que dizer “deixa a vida me levar”. Eu entendo que a data do casamento gera uma pressão principalmente quando o dinheiro está curto. Por isso você precisa estar bem convicto se essa é a vontade de Deus. Porque essa e outras pressões serão respondidas ao fazer a seguinte pergunta: Irei casar na dependência de Deus ou de mamon (deus do dinheiro)?

 

Eu e o Rafa não sabíamos nem a data do noivado, mas assim que iniciamos a corte começamos a orar por isso e pedir uma direção.. Iniciamos um jejum para estarmos sensíveis a voz de Deus. Então começamos a ver algumas datas até que sentimos paz em marcar no dia 07 de dezembro de 2014. Quando marcamos o noivado tínhamos dois meses de corte.

 

No nosso caso, o noivado aconteceu de forma programada. No entanto, o rapaz pode querer fazer uma surpresa para sua corte e fazer um pedido de noivado ao estilo americano. Aquele que se entrega um anel de forma inusitada e romântica. Bem, para isso sugiro que o rapaz conheça bem a moça e saiba que é esse o desejo do coração dela. Também é importante falar com os pais da moça afinal eles é que vão liberá-la para o casamento.

E a data do casamento ? Essa com certeza foi a mais difícil.

Depois de marcarmos o noivado precisávamos da data do casamento, não poderíamos ficar noivos sem isso. Começamos a pedir pra Deus falar conosco. Queríamos uma palavra, ou um outro sinal de que aquela seria a data certa para que no momento da dificuldade tivéssemos onde nos firmar. Tínhamos visto algumas datas, queríamos casar em um feriado para não atrapalhar as programações da igreja. Havíamos pensado no dia 02 de novembro de 2015, mas ficamos com receio porque queríamos casar de dia em um lugar mais aberto e no dia dois, sempre chove, pelo menos aqui em São Paulo. Mesmo como esse fator, tínhamos gostado da data. Então eu fiz um pedido pra Deus, eu pedi para que não chovesse no dia dois de novembro de 2014 um ano antes do casamento. Se não chovesse seria a confirmação de que essa era a data correta. Fiz isso sem falar com o Rafa. Quando o dia dois daquele ano chegou e o dia inteiro só fez sol, eu contei pro Rafa o que eu havia pedido pra Deus, e apesar de não ficar nenhum pouco contente com o que eu fiz (sem falar com ele) resolvemos marcar essa data. Fizemos isso um mês antes do noivado.

 

Tudo isso pode soar como misticismo ou religião, mas pra mim foi Deus falando comigo e por muitas vezes quando os recursos não vinham e a data se aproximava eu pensava o Senhor disse que seria aquela data, então vai acontecer.

 

 

Depois de um tempo, já noivos, quando estávamos para fechar o lugar do casamento, eu e o Rafa pedimos mais uma confirmação de Deus. Isso porque por algumas circunstâncias nossos líderes sugeriram mudar a data do casamento. Ficamos com o coração apertado porque sabíamos que Deus havia falado conosco, mas não queríamos estar em desobediência aos líderes, como eles apenas sugeriram, pedimos pra Deus confirmar através da disponibilidade do local. Sabíamos que haveria certa dificuldade, pois o ideal é fechar o local do casamento com no mínimo um ano de antecedência e fizemos isso alguns meses antes, a agenda do lugar estava lotada. Naquele dia não tínhamos nada nem o valor pra pagar.

 

Passamos o dia de jejum e ao final dele fomos pela fé no espaço. Quando chegamos lá, meus pais que na ocasião foram conosco nos ajudaram a negociar o melhor preço e já no fim da conversa eu não aguentava mais aquela angústia perguntei: –  E ai, vocês têm a minha data? Foram segundos de tensão até que responderam: – Essa é a única data que eu temos”. Gloria a Deus que nos respondeu.

 

Essas foram as minhas fortes emoções para marcarmos o casamento. Ahhh e além disso meus pais nos abençoaram com metade do valor do espaço.  Deus só nos surpreendeu naquele dia.

 

Calma ainda não acabou rsrs. Tudo foi pela fé e se não fosse dessa forma eu teria desistido de tudo. Eu não contei na ordem, mas no dia seguinte do meu noivado no dia 07/12/2014 eu fui trabalhar como normalmente e recebi uma notícia extremamente improvável.  Encerraram meu contrato de trabalho. Fui despedida! :O

 

Imagina a minha cabeça como não ficou? Pensei e agora Jesus? Mas como eu não estava na dependência de mamon, agradeci a Deus e disse que confiava que ele teria o melhor. Pois é! Foram fortes as emoções, mas sobrevivi e valeu a pena confiar em Deus. Tenho muitos outros testemunhos pra contar sobre ficar sem emprego após o noivado, mas fica para o próximo post.

 

 

Que minha experiência ajude vocês a encontrarem um rumo para que esse casamento aconteça e pra quem precisa de fé, que meu testemunho te edifique.

E não esqueça de deixar o seu comentário. Ele é muito importante pra nós.

 

Com amor,

 

dani_noivaDanielle dos Santos]
@danielle.dz
danielle@odiariodazoe.com.br

 


#Testemunho |Corte – Rafael e Luana, um relacionamento tipicamente atípico!

foto

Olá. Somos Luana e Rafael. Vamos separar os parágrafos e temas para cada um. Primeiro as apresentações:

Rafael: Quando começamos a nos relacionar, em junho de 2014, eu era seminarista interno e já morava em Goiânia. Apaixonado por música, cultura e teologia. Sempre vi a Luana como amiga, e nada mais que isso.

     Luana: No início do nosso relacionamento morava em Itaberaí, a 100 km de Goiânia. Já cursava fisioterapia em São de Montes Belos, a 110 km de Itaberaí. Acordava todos os dias às 4:30 am para ir a aula e chegava às 15:00 pm. O restante do tempo estudava e me envolvia na igreja. Sempre gostei do Rafael como amigo e não o via como um futuro cônjuge.

Nossas famílias sempre nos “empurravam”, e o pessoal da igreja fazia uma certa torcida, mas demoramos muito para ver um ao outro como um interesse amoroso. Depois de um ano separados pela distância, algumas ocasiões nos permitiram reatar uma amizade e esse hiato nos fez com que olhássemos com outros olhos um para o outro.

Luana: Quando nos reaproximamos, percebi que ele me tratava diferente, com mais atenção, um tom de voz diferente, e no início não imaginava que ele tinha interesse em mim, mas eu estava aberta para ele e essa abertura fez toda a diferença.

  Rafael: Eu já estava orando a algum tempo e havia sofrido uma grande mudança de mentalidade, eu passei a identificar características específicas que me atraiam em uma mulher como esposa. Isso colocou as prioridades no lugar certo na minha mente, e desmistificou algumas coisas. Quando nós nos reaproximamos eu vi que a Luana não era moça para fazer côrte, era moça para casar. Como um homem crescido abandonei toda vergonha de adolescente e fui direto ao ponto, falei do meu interesse por ela e que aos meus olhos ela era moça para casar. É claro que ela ficou caidinha por mim.

Luana: Esses 100 km as vezes eram perto o bastante para ele fugir do seminário dias de semana para me visitar (se você é do sudeste entenda que 100 km para nós é longe). E as vezes era longe o bastante para ficarmos quase um mês sem nos encontrar. Foi aí que decidimos que no fim de 2014 eu me mudaria para Goiânia, transferiria minha faculdade e passaria a morar em uma república. Não tente fazer isso em casa rsrsrs, só tomamos essas decisões porque tivemos pleno apoio dos nossos pais, afinal sempre a nossa bússola para entender a vontade de Deus. Muito se fala hoje sobre autoridade espiritual, porém pastores e líderes não tem base bíblica para serem mais honrados que os pais. Nós não pedimos a autorização dos nossos pastores e sim aos nossos pais, então comunicávamos aos nossos pastores para que nos abençoassem. Andar nesses princípios foi uma grande bênção pra nós.

Rafael: Enquanto em cidades diferentes tínhamos sempre o costume de orar juntos mesmo que por telefone, e como Deus nos respondia. Ao organizar a cerimônia do casamento descobrimos que tudo que buscássemos o Senhor nos daria (que pena que não buscamos mais coisas). Ganhamos tudo que sonhamos, mas foi um grande teste de fé. O que nos fez permanecer foi sempre uma convicção e paz interior que mesmo em meio a discussões sérias podíamos perceber. O Senhor se fez muito presente. Uma grande dificuldade que tive foi a adaptação cultural. Tivemos criações muito diferentes, e é aí que se separam os meninos dos homens. Precisei ter maturidade para abandonar questões periféricas, como que tipo de batom eu gostaria que ela usasse, ou que estilo de musica ela deveria ouvir. Ao invés disso decidi focar nas coisas mais importantes, pelas quais fiz questão de discutir até o fim. Esse alinhar foi algo muito doloroso, processo esse que às vezes ainda temos que passar.

Quando a data do casamento foi se aproximando nós percebemos que não tínhamos poupado nenhum centavo e que não tínhamos nada. Pensamos em adiar a data várias vezes até que ouvimos o seguinte conselho: “não adie seu casamento, nem um mês, nem um dia, nem um minuto.” Foi aí que decidimos acreditar no alinhamento divino, e então, e só então as coisas começaram a acontecer. Aprendemos que ser adultos algumas vezes significa entrar por um caminho sem volta. É quando você é obrigado a tomar decisões irreversíveis. Sabemos que o planejamento prévio era o melhor caminho, porém, naquelas circunstâncias seria para nós uma escolha contrária aos impulsos do Espírito em nós.

Nossos amigos e familiares se envolveram no nosso sonho e entraram conosco de cabeça, possibilitando não apenas que a cerimônia acontecesse, mas também que nós acreditássemos de verdade que tudo iria dar certo.

Se pudéssemos deixar uma mensagem apenas, diríamos “escute a voz de Deus”. Isso implica em escutar o seu espírito, o seu companheiro, seus familiares, e as demais pessoas que Ele colocou na sua vida. Em nossa experiência entendemos que o casamento não é o desfecho, mas sim o início da jornada de uma família.

Por isso não se relacione para casar, mas sim com a intenção de ser casado, ter um cônjuge, construir uma família, levar uma pessoa a viver os melhores dias da vida dela ao seu lado.

foto1

Rafael e Luana – Hoje fazemos planos de quando adotaremos um cachorro, quando adquirir um automóvel, e de quantos filhos teremos. Estamos em obras 😉

 

Testemunho: Rafael e Luana
Igreja: Videira – Goiânia

Se você também tem um testemunho, envie um  e-mail para: contato@odiáriodazoe.com.br
Lembre-se o testemunho edifica a igreja, não deixe de compartilhar.


 
1 2 3 4
 
Top