Blog sobre relacionamentos, corte e lifestyle cristão.
 
 

Relacionamentos

#Relacionamentos | Laços de Alma – Tudo novo!

tudonovo

Oi gente!

É ano novo!!! Aeeee \o/ \o/ \o/
Não sei vocês, mas eu esperava ansiosamente a chegada de 2017, por muitas razões e graças a Deus ele chegou. 🙂

Desejo a vocês um excelente ano, desfrutem da perfeita  vontade de Deus. Vamo que vamo 2017!!!

Faz algum tempo que quero escrever sobre Laços de Alma  e esse é um dos posts  mais acessados e comentados aqui no blog, a cada dia aparece mais pessoas com dúvidas sobre este assunto. O que mais me chama a atenção é a forma como as pessoas interpretam a questão dos laços de alma, alguns pensam ser apenas algo espiritual e que por essa questão é tão difícil de resolver, mas quero quebrar esse paradigma, deixar a religiosidade de lado e te ajudar de uma vez por todas a viver livre desse mal. Afinal, é ano novo, tudo novo!

Para aprender a romper os laços de alma, precisamos nos lembrar como eles são construídos. Já falamos sobre Investindo em laços de alma aqui no blog. Neste caso, seria investir nos bons laços, mas o princípio é o mesmo quando falamos de nos relacionar.

Para começarmos um relacionamento, seja ele qual for é necessário ter contato. Isso pode acontecer face a face ou por qualquer outro meio de comunicação. Se desejamos que este laço se estreite vamos precisar dedicar tempo e atenção a esse relacionamento e o comum é fazermos de tudo para que cada vez mais ele se torne íntimo.

Abrimos nosso coração pra pessoa entrar, conhecer nossos pensamentos, ideais, sonhos,  gostos e preferências. Envolvemos a família, os amigos e vamos tornando esse laço cada vez mais forte. Como eu disse, seja qual for o nível de relacionamento, quanto mais você abrir espaço pra ele, maior ele se tornará e é aí onde mora o perigo. Se o laço for bom como uma boa amizade, seu relacionamento com seus pais ou cônjuge, ótimo, mas e quando é algo que te faz mal, te suga, te influência para longe da vontade de Deus? O que fazer?

Não existe mágica da mesma forma que você abriu a porta do seu coração e da sua vida para esse relacionamento, terá que fechá-la e isso implica em dedicação e disposição do mesmo jeito, só que agora o exercício será para romper esse laço que foi construído. É uma questão de hábito.

Muitos se sentem presos aos ex-namorados, ou amigos que foram muito próximos e passa ano atrás de ano e não consegue caminhar na vida. Sabe tudo o que acontece na vida do outro, cada passo, amizade, namoro, emprego, etc., está sempre atualizado da vida do ex. Infelizmente isso vai perdurar até que você decida mudar isso.

Todo hábito exige disciplina, quando estamos apaixonados o preço das coisas não importa, por exemplo lembro de quando eu e o Rafa (meu esposo) começamos a corte, virávamos a noite conversando pelo WhatsApp, parecia que o assunto nunca acabava. No outro dia acordar cedo pra ir trabalhar não era tão difícil, afinal aquela noite de conversa valeu a pena.

Contudo, quando temos que nos disciplinar a algo que não é gostoso, mas é necessário, fica difícil. Antes de conhecer o Rafa, eu tive um namorado e eu passava todos os finais de semana com ele. Vivi assim por um ano e meio. Quando o namoro acabou e eu entendi que aquele relacionamento não me fazia bem, (digo isso, porque mesmo depois de ter terminado o namoro eu ainda achava que um dia nós iríamos voltar, até que caiu a minha ficha e vi que aquilo não era pra mim) eu precisei aprender a viver sozinha nos finais de semana e foi horrível no começo. Eu passava os dias vendo maratona de filmes, sozinha e chorando. Sério! Eu sentia um vazio enorme, afinal estava acostumada com aquela rotina. Agora tudo dependia de mim, ou eu ficava lá vivendo uma fossa eterna ou me mexia para preencher aquele tempo que agora estava livre.

Precisei me dedicar a conhecer novas pessoas, fazer novas amizades e isso com tudo o que eu fazia antes. Por exemplo, os lugares que eu frequentava com aquele namorado agora precisavam ser transformados na minha mente, não podia passar em certo lugar que eu lembrava do meu ex, até que comecei a pensar diferente e a permitir que aqueles lugares que antes me traziam velhas memórias tivessem novas histórias. Isso é um fator muito importante, principalmente pra quem se relacionou com uma pessoa do mesmo circulo social e que a vê constantemente.

Quero deixar algumas dicas que eu pratiquei e me ajudaram muito a romper esses laços de alma:

  1. Pare de lembrar do que já passou, pense no agora e no futuro;
  2. Todas as vezes que passar por algum lugar, sentir um cheiro, ouvir uma música que te remeta ao passado, não se deixe levar pelas memórias, tente aproveitar o momento presente e transformar aquilo em algo novo;
  3. Crie coragem e jogue tudo fora, se você fica vendo fotos do que quer esquecer, você não está contribuindo com seu progresso nisso, seja radical;
  4. Não dê motivos para outros lembrarem do que já passou, se você quer esquecer, também precisa ajudar os outros a esquecerem. Ex: Ficar falando do passado, agir como íntimo (a) da pessoa, chamar por apelidos etc.;
  5. Não tenha medo de excluir essa pessoa do seu Face, Insta, Whats, contatos do celular. Se você está rompendo um laço, não pode deixar a pontinha pra a qualquer momento puxar, certo?
  6. Deixe a pessoa viver a vida dela, não procure saber sobre como a vida dela anda. Se fizer isso a sua vida ficará parada! Se alguém vier te contar, seja claro com essa pessoa e diga que você não quer saber (você não quer né?), peça pra ela te ajudar não falando sobre isso;
  7. Seja firme com você mesmo e lembre-se do alvo de romper com esse laço para o seu próprio bem. Com certeza lembrar do seu objetivo será uma grande força na hora da tentação de querer ligar, mandar mensagem, sentar na mesma roda de amigos;
  8. Ore por isso, se você não tiver convicção de que precisa romper esse relacionamento, poderá até se enganar achando que está bem quando na verdade o laço de alma continua firme e forte dentro de você. Peça pra Deus te livrar desse mal, dos sentimentos, lembranças. Ele é poderoso e ouve as nossas orações.

Você pode pensar que é impossível romper esse Laço de Alma, mas quero dizer que é possível e que um dia você poderá até mesmo ser amigo(a) dessa pessoa sem nem se lembrar do que aconteceu, porque você estará descontaminado desse envolvimento do passado.

Creia na palavra de Deus:

“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.” 2 Coríntios 5:17

Quero reforçar o quanto isso é importante pra você e para a saúde de seus relacionamentos. Vejo até mesmo no meio da igreja muitos adolescentes e jovens que erram nessa questão. Além do pecado, vivem enlaçados uns nos outros, ferindo seus próprios sentimentos e destruindo boas amizades.

Desejo profundamente que assim como eu consegui vencer essa dificuldade e desfrutar de um relacionamento novo, no padrão de Deus, você também desfrute dessa graça.

 

 

Com encargo,

 

dz

 

Danielle dos Santos
danielle@odiariodazoe.com.br
@danielle.dz

 


#Relacionamentos | Côrte – A ditadura da beleza.

beleza_5

Imagem: Portal R7

Olá pessoal, tudo bem?

Você com certeza deve estar se perguntando o que a ditadura da beleza tem a ver com a côrte ou pensando que esse será mais um texto falando do “empoderamento feminino” (palavra que está super na moda kkk).

Por esses dias, eu estava vendo um vídeo sobre esse tema, e a blogueira junto com a sua amiga “gordinha” falavam sobre você ser feliz e se aceitar como é e blá-blá-blá… todo aquele discurso que é usado pra falar que você é dono do seu nariz e faz dele o que você quiser. Calma… antes de comentar me apedrejando, me dê a oportunidade de terminar sobre o assunto. rsrsrs

Falar sobre não ser o padrão de beleza e etc me fez lembrar que no início desse ano uma leitora me procurou pra abrir o coração sobre essa questão, na época achei super legal o tema pra compartilhar com mais pessoas, mas acabei foi me esquecendo mesmo. Ela falou em seu e-mail que era “gordinha” e que não era resolvida com ela mesma, e que sentia que a maioria dos relacionamentos que iniciavam eram com as “barbies” da igreja. Sei que muitas de vocês pensam assim e que de alguma forma a mentalidade da nossa sociedade é que só é bonito quem é magro e se encaixa nos padrões da pele perfeita, cabelo perfeito e tudo perfeito… isso é um engano, porque ninguém é perfeito da forma exigida, aí fica um monte de gente “lutando” pra se encaixar nos padrões, fingindo que aquele estilo de vida é o normal de se seguir.

beleza_8

Ditadura da Beleza

Falar que essa ditadura não existe, é ser hipócrita, ela existe e guia as escolhas de roupas, sapatos, cortes de cabelo, produtos para pele, maquiagens e afins. Um detalhe importante de ressaltar que isso não ocorre somente com as meninas, apesar de falar que não ligam, os meninos “sofrem” com isso também, pois querem se enquadrar nos padrões.
Antigamente as referências de perfeição eram outras, tanto é que quando uma mulher ia cortar o cabelo, ela falava pro profissional: “quero o cabelo igual o de fulana de tal, da novela tal.” e hoje em dia, apesar de termos ainda as novelas, a maior influência que temos tido em termos de beleza, são as blogueiras, youtubers, cantoras e etc. Você vê a youtuber mostrando a casa perfeita que ela tem, a vida perfeita, como ela come só comidas saudáveis, como ela só vai em lugares legais e se relaciona com pessoas legais… não quero falar que o que as meninas que são blogueiras passam é pura mentira, mas sim que só mostram o lado legal da vida e o público de 13 á 18 anos que as segue acha que a vida é assim, que só serão felizes se tiverem o cabelo, a pele, o computador, o celular, a clínica de estética e tudo o mais que as blogueiras tem e aí que vem a tal da ditadura: “só serei feliz e completa se as coisas forem daquele jeito!”.

beleza_1

É interessante enxergar que as consequências dessa cultura tem desencadeado duas vertentes:

1.Meus corpo, minhas regras

Essa vertente é bem impactante… são mulheres que querem mostrar que não se rendem a ditadura da beleza e então param de fazer uma série de cuidados que são mais higiênicos do que estéticos, como depilar as axilas por exemplo, para provar pra sociedade que são poderosas e mandam em seus corpos.

2.Tenho que ser perfeita

Aqui é a classificação para as “barbies” que querem ser magras, perfeitas e correm atrás dos resultados, custe o que custar. Navegando na internet encontrei o trabalho da artista equatoriana Jo Cabrezas, com o tema de Obsession With Beauty (Obsessão com a beleza). Na obra, bastante impactante, ela mistura fotografias em preto e branco – priorizando as sombras e os tons de cinza – e ilustrações para demonstrar essa obsessão:

beleza_2 beleza_3

 

O ser humano tem uma tendencia muito forte de ser extremista, ou se preocupa demais com o corpo, ou o entrega as traças. Temos que ter equilíbrio nesse sentido, se não cairemos nos extremos e isso não é bom.

 

Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? – 1 Coríntios 6:19

 

Acho bem engraçado que quando se trata do assunto de tatuagem, todos declaram esse versículo condenando aqueles que tem tatuagem e etc, mas é aquela coisa, né?! Apontamos o cisco no olho do irmão, mas não vemos a trave que está diante de nós… quando não cuidamos do nosso corpo, principalmente no quesito saúde, também não estamos cuidando do templo do Espírito.

Minha experiência

Nasci bem magrinha e fui crescendo… quando completei 9 anos de idade disparei a engordar (as fotos daquela época eu estou parecendo o madimbu do desenho Dragon Ball) e a partir dali a zueira sempre era sobre eu ser gorda, meus irmãos me chamavam de pançuda (pensa na minha cabeça…rsrsrs).

madimbu

Quando entrei na pré-adolescência, com uns 12/13 anos, comecei a emagrecer, mas como a zueira dos meus irmãos sempre era com o meu peso, na minha cabeça eu era gorda ainda, até porque eu sempre fui mais alta e mais cheiinha do que as meninas “normais”. Cresci mais e ficava na sanfona do emagrece e engorda, mas sempre achando que era uma rolha de poço. Quando eu tinha mais ou menos 20 anos, fui olhar minhas fotos de adolescente e me deparei com a verdade e que eu estava presa em um engano… EU NÃO ERA GORDA! Gente, naquele dia eu quis matar os meus irmãos, mas pensei: bom, nada colaborou pra isso também, porque além deles ficarem me pilhando com o lance de ser gorda, eu, mesmo não sendo gorda baleia, não me encaixava nos padrões exigidos de altura e peso. Depois disso, fui seguindo a vida, sabendo da verdade, mas não ligava muito pra dietas, comer bem e etc… sempre comi muitas besteiras, mas o que me ajudava a não ficar roliça era a correria de 344 mil células, faculdade… na maioria dos dias eu nem jantava, mas eu ainda não era padrão em peso e altura. Quando eu pensava em me relacionar, eu nunca me via com um rapaz magro e muito menos baixo, porque isso não combinaria comigo, eu nem imaginava que meu esposo seria assim, e de fato, meu esposo é grande, não é magro e somos um casal que combina bastante. Bom, agora vem a parte triste, kkkkk, depois que me casei, passei a fazer comida e a jantar todos os dias, comer fora, comer muito mais besteiras do que o normal…então imagine o resultado disso?!?! Estou super gordinha, mas em 2017 uma das metas é de me alimentar melhor, mas não só por estética, mas o principal que é a saúde, afinal de contas não tenho mais 15 anos de idade e com o passar dos anos tenho sentido total diferença na minha vida.

Se até o Madimbu emagreceu, porque eu não?!!? rsrssrsrs

madimbu2

Casamento de gordinha, acontece?!

Claro que acontece! Já vi um monte deles. Uma das coisas que sempre falamos aqui é que o homem de Deus para você tem que ser de fato um homem de Deus, então, ele não vai julga-la somente pela aparência – digo somente porque a aparência conta também – mas sim por um casamento com propósito. Isso não te isenta de ser uma pessoa saudável, cuidar da aparência, se preocupar sim com isso, inclusive fará você se sentir muito melhor.

gordinha

Você sofre ou já sofreu com essa crise de peso?! Compartilha com a gente, queremos saber da sua história também. 🙂

Grande abraço,

Carol Assinatura

Ana Carolina Ferreira

anacarolina@odiariodazoe.com.br

@anacarolina.dz


#Relacionamentos | Corte – CORTE É PARA OS FRACOS!

fracos_1

Oi gente!

Estava pensando sobre a Corte e me lembrei de algo que muitas pessoas falam e eu mesma também já pensei: – A visão da Corte é linda, mas não sou forte para isso!

A primeira vez que ouvi falar sobre a corte fiquei encantada, mas pensando que não teria forças o suficiente para ficar sozinha e esperar alguém que também quisesse viver um relacionamento em santidade. Se encontrasse alguém assim não conseguiria ficar sem beijar na boca até casar.

Apesar de parecer coerente este pensamento para uma menina que tinha acabado de se converter, é equivocado. Entendo que eu pensava assim, porque eu não entendia o que era a corte em sua essência.  Hoje, muitas pessoas estão enroladas neste mesmo pensamento e por isso ainda estão vivendo relacionamentos furados e sendo frustrados. Pensam que por seu passado, pelo histórico de muitas quedas no pecado, não são fortes o suficiente para recomeçar e viver uma vida de santidade.

Muitos acreditam piamente que a Corte é só para os SANTINHOS, só para os CRENTÕES, para os ANJOS DA TERRA.  Infelizmente, muitos que entram na Corte pensam mesmo que são os TAIS. Quanta tolice!

É triste ver pessoas que se acham superiores porque fazem a Corte e acabam tratando com indiferença aqueles que não tiveram revelação sobre ter um relacionamento com propósito. No entanto, se alguém que diz ter revelação sobre a Corte e decidiu viver um relacionamento nessa visão se acha superior, é bem provável que essa Corte não seja pura em sua essência e motivações. Sabe o por que? Porque a Corte é para os fracos!

A Corte é para aqueles que reconheceram sua fraqueza diante das tentações, que não confiam em si e sabem bem que seu coração é enganoso.  A Corte também é para aqueles que erraram e admitiram que são péssimos em suas decisões, que  entenderam que beijar na boca, dar uns pegas ou até mesmo ter intimidade sexual não revela o caráter de alguém.

Então se você é alguém fraco, limitado e já errou muito no passado, saiba que a Corte além de todos os seus benefícios é muito conhecida por manifestar o poder restaurador de Deus, e Deus só pode restaurar algo que foi quebrado, afinal se algo está forte, inteiro, intacto não necessita de milagre.

Com isso não estou dizendo que você deva se estragar para depois viver a Corte, porque mesmo alguém que é totalmente BV, precisa admitir sua fraqueza e reconhecer que só consegue viver neste mundo e se manter puro na depende de Deus. Nem vou falar sobre a diferença entre pureza e virgindade, pois este é assunto para outro post.

Quero lembrar que a palavra de Deus mostra claramente como Deus ama transformar, pessoas cheias de fraquezas em testemunhos de seu poder.

Eis alguns exemplos:

A fraqueza de Moisés era seu gênio. Por causa do seu temperamento  assassinou um egípcio,  feriu a rocha, quebrou as tábuas da lei. Mas Deus o transformou em um homem manso, mais do que qualquer outro na terra. Gideão era inseguro e com baixa autoestima, mas Deus o transformou em um homem valente, Davi foi adúltero e ainda assim Deus o fez o homem segundo seu coração. Jacó tinha um sério problema de caráter, sua fraqueza era enganar os outros, mas Deus o transformou em Príncipe de Deus.

Você pode ter um passado promíscuo, mas o mesmo Deus que mudou a história desses homens de fé pode transformar sua vida e te fazer viver um relacionamento santo, no padrão de Deus através da Corte.

Você é forte ou fraco?

Com encargo,

 

dz

Danielle dos Santos
@danielle.dz
danielle@odiariodazoe.com.br


#Relacionamentos | Amizade – Friends Forever!

 

 

dsc_0481

 

Oi gente!

Falamos muito aqui no blog sobre relacionamentos e parece que quanto mais falamos mais assunto gera, isso porque a nossa vida gira em torno deles.

A Bíblia nos diz que tudo o que Jesus fez por nós, foi para nos reconciliar com o Pai. Agora nós é que devemos ser os agentes de reconciliação para que todos os homens também possam voltar à comunhão com Deus. Contudo, às vezes nos esquecemos que ser agente de reconciliação também se aplica a nossa vida com respeito aos nossos relacionamentos.

Algo que é comum em toda igreja local são pessoas com relacionamentos quebrados. Vivemos em busca de ganharmos novas almas para Cristo e por consequência novos relacionamentos, mas raramente nos esforçamos para restaurar relacionamentos quebrados.

No que depender de vocês, façam todo o possível para viver em paz com todas as pessoas. – Romanos 12:18

 

Neste trecho da palavra está explícito que precisamos nos esforçar para vivermos em comunhão com todos, ou seja, não podemos ignorar o problema e viver segundo o provérbio do mundo: “O tempo cura todas as coisas.” Isso não é verdade! Se há um problema precisamos resolvê-lo, não podemos esperar pelo outro.

Vivemos pedindo pra Deus revelação de sua palavra, mas confesso que algumas revelações não são nada prazerosas. Uma vez que agora sei, preciso praticar. Puff!!

Portanto, se você estiver apresentando sua oferta diante do altar e ali se lembrar de que seu irmão tem algo contra você, deixe sua oferta ali, diante do altar, e vá primeiro reconciliar-se com seu irmão; depois volte e apresente sua oferta. – Mateus 5:23-24

 

Aqui não diz, se você tem algo contra seu irmão e sim se ele tem algo contra você, ou seja, como você controla isso? Não tem jeito, se você tem algum tipo de relacionamento (e é claro que tem, porque não vivemos numa bolha) terá em algum momento que procurar a pessoa para acertar as coisas, mesmo que a questão seja dela.

Sorry, agora você também está sabendo disso e não poderá mais fugir!

Paulo diz que é um sinal de maturidade resolvermos conflitos e ficou escandalizado com a igreja de Corínto:

Que vergonha! Será que entre vocês não existe alguém com bastante sabedoria para resolver uma questão entre irmãos? – 1 Coríntios 6:5

 

É importante entendermos que viver em paz, não é ser alguém que não se incomoda com as coisas, porque em todos os relacionamentos teremos conflitos, isto é fato. Somos diferentes, temos opiniões que hora ou outra vão se chocar, mas a questão não é o conflito, a divergência de ideias etc… e sim como continuar a se relacionar apesar das diferenças?

Sempre procuramos aplicar um testemunho em nossos textos, afinal tudo o que falei aqui está na palavra e em inúmeros textos e livros, mas quando contamos algo particular você se identifica com a situação e fica mais fácil até pra entender e aplicar na vida.

Então vamos lá!

Nesses últimos meses, vivi um monte de coisas que resumo em “pressão.” Uma série de dificuldades que geraram crises e mais crises, mas um fator foi responsável tanto pela crise quando pela superação dela. Imaginem o que é? Se você pensou em RELACIONAMENTOS, acertou! Haha

Pois bem, eu e a Carol somos amigas desde 2009 que foi quando nos conhecemos e de lá para cá tivemos diversas DRs desde a mais simples a mais complicada e claro isso é normal, lembra? Somos diferentes.

O fato é que quanto maior intimidade, maior o risco de se ferir. Afinal para ter intimidade é necessário ter confiança, amor, entrega e zás. Se uma pessoa que você não confia muito te decepciona, você diz: – Já esperava por isso! No entanto, quando a pessoa é aquela que você coloca a mão no fogo por ela e algo do tipo acontece? O mundo cai!

No meu caso e da Carol não houve nada com respeito à confiança, mas algo muito mais simples e comum chamado de “EXPECTATIVAS.” Tanto eu quanto ela, tínhamos muitas expectativas a cerca da nossa amizade e ao longo desses anos, muitas delas foram frustradas, algumas nós resolvemos e outras não e aí é onde mora o problema.

No meu caso, a coisa ficou tão grave que cheguei a pensar que nossa amizade não tinha mais como continuar. Eu tinha certeza das coisas boas que vivemos e em virtude dessas memórias viveria um relacionamento continuo, mas não profundo. Mas apesar de tomar essa decisão, meu coração não ficou em paz. Por  que? Exatamente porque isso não está alinhado à vontade de Deus.

Esse relacionamento quebrado me paralisou de tal forma e não só a mim, mas ela também. Ambas não conseguíamos avançar nas coisas, inclusive o blog estagnou. Além disso, comecei a pensar que nenhum relacionamento valia à pena e até que era muito difícil viver no corpo de Cristo, afinal eu não sentia amor fluir ali.

Contudo o problema estava nela ou nas pessoas? Essa era a pergunta que não queria calar. E para que toda essa situação mudasse precisei de luz nas minhas trevas.

Por que você repara no cisco que está no olho do seu irmão, e não se dá conta da viga que está em seu próprio olho? Como você pode dizer ao seu irmão: ‘Deixe-me tirar o cisco do seu olho’, quando há uma viga no seu? Hipócrita, tire primeiro a viga do seu olho, e então você verá claramente para tirar o cisco do olho do seu irmão. – Mateus 7:3-5

Antes de culparmos os outros, precisamos olhar para nós. Com certeza não é nada gostoso se ver diante da luz de Deus e entender que você é falho também.

E mais uma vez, nós conversamos. Claro até tomar essa decisão de conversar e expor tudo, foi muito difícil!!! Mas ou nós fazíamos isso ou fazíamos. E assim como eu tinha expectativas frustradas a respeito da nossa amizade ela também tinha, mas não nos atentamos a solução do problema em justificativas ou em descobrir de quem era a culpa e sim na restauração do relacionamento. Isso é o que realmente importa!

 

Se vocês receberam algo bom por seguir a Cristo; se o amor dele fez alguma diferença na vida de vocês; se estar numa comunidade do Espírito significa algo para vocês; se vocês têm um coração; Se vocês se importam uns com os outros – façam me um favor: concordem um com o outro, amem um ao outro, sejam amigos de verdade. – Filipenses 2.1-2

 

Se não buscarmos a Deus antes de procurarmos alguém para restaurar um relacionamento, pode ser que isso fique pior do que estava. Precisamos da graça de Deus para ver que também erramos. Mas quando colocamos diante de Deus todos nossos sentimentos de raiva, injustiça e frustração. Deus nos conduz à melhor forma de resolver esse conflito.

A resposta calma desvia a fúria, mas a palavra ríspida desperta a ira.  – Provérbios 15:1

Quem tem coração sábio é conhecido como uma pessoa compreensiva; quanto mais agradáveis são as suas palavras, mais você consegue convencer os outros. – Provérbios 16:21

 

Depois de uma conversa sincera, com graça no falar e acima de tudo o desejo de cumprir o mandamento do Senhor, temos visto Deus conduzir as coisas em nossas vidas. Coisas paradas voltaram a fluir.

Sabe, esse é um testemunho pessoal do que a falta de unidade provoca em nós. Imagine isso no meio da igreja. Deus deseja que tenhamos relacionamentos restaurados. E olha, agora que superamos isso, quão mais forte é nossa amizade!

Aprendi com a Carol a orar esse versículo:

No que depender de MIM, farei todo o possível para viver em paz com todas as pessoas. – Romanos 12:18

 

Quero deixar uma pergunta:

Com quem você precisa restaurar o relacionamento hoje?

 

 

Que Deus te abençoe!
Com encargo,

 

 

 

dz

Danielle dos Santos
@danielle.dz
danielle@odiariodazoe.com.br
 


#Relacionamentos | A crise da paixão indesejada.

doug-funnie-patti-mayonnaise

 

Olá pessoal, tudo bem?

O assunto paixão é muito polêmico, até porque muitos dizem que é algo incontrolável, que você não escolhe… enfim, vamos falar sobre a crise da paixão indesejada.

Quem nunca teve uma “paixonite aguda” totalmente indesejada que atire a primeira pedra! rsrsrsrs… falo indesejada porque conscientemente você sabe que aquela pessoa não é pra você, vocês não tem afinidades, nenhum alvo em comum e nem combinam juntos, mas…. puft! Aconteceu e você se apaixonou. 🙁

Sempre falamos aqui sobre carência, guardar o coração e esse episódio não é diferente.

 

ql2h8ih

 

Esse post nasceu quando eu estava em um dia normal, no transporte público voltando do trabalho para a minha casa e me deparei com um rapaz no banco da frente lendo um livro que o título do capítulo era “A Crise da Paixão Indesejada”. Dei aquela “pescoçada” básica pra tentar ver algo, sem sucesso. kkkkk então, só me restou refletir sobre o tema com as experiências que já tive. Foi aí que me passou pela cabeça que todos nós já vivemos ou viveremos uma paixão indesejada. 😐

Me lembrei de uma situação quando eu era solteira. Eu já tinha a convicção de guardar o meu coração para me relacionar somente com o meu esposo, mas no trabalho havia um rapaz que éramos colegas, conversávamos todos os dias, riamos, compartilhávamos experiências… mas nele não tinha nada que me atraísse, nem fisicamente e muito menos os valores, éramos opostos. Foi quando comecei a reparar que eu estava agindo de uma forma diferente com ele, estranhei eu querer conversar sempre e até ter aqueles mini ataques do coração quando ele estava perto (era bem mini mesmo… kkkk), foi aí que um dia eu estava na minha mesa, como todos os dias e puft! Tive a “revelação” do que estava acontecendo… eu quis me esmurrar, porque gente… ele não!!! kkkkk Foi então que eu vi que estava era carente, vulnerável e que qualquer, sim QUALQUER rapaz que aparecesse eu iria me apaixonar e viver uma linda história de amor… #SQN

Você já parou pra pensar nisso? Nós ficamos carentes, vemos todos ao nosso redor entrando em relacionamentos, sendo felizes e então inconscientemente em nossa carência, buscamos qualquer ser que respire para ser o “crush” do momento.

perigo-84730

Aí que mora o perigo!!! O nosso coração é enganoso e com o agravante da carência, acabamos baixando a guarda, aceitamos qualquer pessoa, seja ela cristã ou não… seja ela dos planos de Deus pra nós ou não… enfim, todos os requisitos que temos vão por água abaixo e por estarmos nessa febre para ter alguém, baixamos o padrão para viver algo que não é o melhor de Deus para nós, algo momentâneo e que muitas das vezes pode nos trazer desastrosas consequências, algumas que nem conseguimos voltar atrás.

No dia que descobri que eu estava vulnerável e carente, fui pra Jesus e falei pra Ele como eu estava me sentindo e que eu não queria troca-lO e nem o que Ele tinha guardado pra mim por conta de uma paixonite aguda. Foi um tempo de crise, mas venci e agora estou casada há quase 3 anos! 😮

Ah! Sei que não é muito relevante, mas depois descobri que o livro era da youtuber Julia Tolezano, mais conhecida como Jout Jout. Júlia, obrigada por me inspirar a escrever esse post. 🙂

Você já teve uma crise de paixão indesejada? Compartilha com a gente!

Não esqueça de nos seguir nas redes sociais e participar do nosso grupo no WhatsApp, só clicar no link que você já está dentro! 😉

 

 

Grande abraço,

 

 

Carol Assinatura

 

Ana Carolina Ferreira

anacarolina@odiariodazoe.com.br

@anacarolina.dz

 

 

 

 

 

 


#Dica | Casamento – Links para inspiração!

9641668-creative-light-bulb-and-the-best-idea-concept

Oi gente!

É muito gostoso pensar no casamento, em como será a cerimônia, quem vamos convidar, as músicas que tocarão, os detalhes da decoração e tudo mais envolvido com este dia tão especial.

Eu confesso que me apaixonei por esse universo das noivas. Li muitas histórias, visitei muitos sites, blogs e canais no YouTube. Em cada lugar encontrei algo que me inspirou nos detalhes do casamento e no fim ficou como eu sonhei. De verdade, não tive problemas de expectativa x realidade com respeito ao dia do casamento, cerimônia e principalmente decoração que era o que mais me preocupava. Graças a Deus foi tudo lindo!

Quero compartilhar alguns links de referências que peguei e quem sabe te inspirar também. 🙂

 

Inspirações

Sempre pesquisei coisas de casamento, mesmo antes de ter um noivo e um site que eu amava navegar era o Noivando, Casamento e Amando , infelizmente não sei o que aconteceu com o site, agora só encontro a página no Face. Mas nele as noivas enviavam suas histórias e fotos de todo o casamento. Era uma fonte riquíssima de inspiração, inclusive me inspirou a ter os testemunhos de corte e casamento aqui no blog. 🙂

O Pinterest é uma das melhores plataformas de imagens que existe. Se você quiser referencias para qualquer coisa, pode pesquisar lá que você vai encontrar coisas lindas.

 

Decoração

Sem dúvida o site que mais amei e me inspirou muitão em toda a decoração do meu casamento foi o Oh Lindeza. Fiquei tão apaixonada pelo trabalho desse pessoal, que até tentei fechar um orçamento com eles. No meu caso e do Rafa não foi possível, mas quem sabe pra você é?!?  Eles trabalham com um estilo muito legal de personalização de casamentos, é incrível!

Meu casamento foi inspirado nesse trabalho deles : Casamento Joanna e Marquinhos.

 

 

 

Porta Alianças

A entrada das alianças é um momento muito importante, mas eu queria algo simples, rústico, bonito… e achei! Minha inspiração e local onde comprei essa almofadinha rústica de aliança foi a Elo7, lá tem tudo o que você imaginar. O meu topo de bolo também comprei nesse site.

 

Cerimônia

A principal inspiração para minha cerimônia de casamento foi o casamento da Carol e do Marcos. No casamento deles a entrada da noiva aconteceu primeiro, simbolizando que a “Noiva – igreja” é quem espera o “Noivo – Cristo”.

 

Voto

Um dia uma amiga compartilhou esse vídeo de casamento, e foi nele que tive a ideia de fazer do meu voto um ato de honra ao meu marido lavando os pés dele.

 

 

 

 

Nesse vídeo também tive a ideia de escrever uma carta para entregar para ele, antes da cerimônia, e fiz isso. Ele ficou muito surpreso com tudo. <3

 

 

Espero que minhas inspirações tenham te ajudado. E se tiver alguma dica que ficou faltando ou algum link que você conhece, compartilha com a gente deixando seu comentário.

 

Aproveita para indicar esse post para seus amigos noivos e também para seguir a gente nas redes sociais.

Facebook
Instagram

 

 

Um super beijo,

 

 

dz

 

Danielle dos Santos
@danielle.dz
danielle@odiariodazoe.com.br


#Testemunho | Nossa história – Rajiv & Lorena

 

Nossa História

Onde todo sonho se inicia “No Coração”

Sabe aqueles versículos que queimam em nosso coração? Pois é, para mim um desses versículos está lá nos Salmos 139:16 “Os teus olhos me viram a substância ainda informe, e no teu livro foram escritos todos os meus dias, cada um deles escrito e determinado, quando nenhum deles havia ainda.” fui surpreendido por viver e experimentar a concretização dele em minha vida. Compartilharei um pouquinho dessa experiência fantástica que tive com o poder de Deus.

A Corte – 11 de Maio de 2009



Tudo começou no dia 11 de Maio de 2009, quando tive um encontro com Deus e uma transformação maravilhosa em minha vida iniciou. Foi então que conheci uma maneira diferente de se relacionar, “Corte (Um relacionamento que não tem como foco a satisfação dos desejos da carne, mas sim na procura da pessoa que o Senhor separou para ser seu cônjuge, abstendo-se do beijo, lascívia e outras atitudes que levam ao engano, frustrações, feridas e até mesmo ao sexo antes do casamento. A escolha de dar o primeiro beijo no Altar)”. Para mim, inicialmente essa visão era algo impossível de se viver, mas à medida que o tempo se passava e as experiências em Deus se tornavam cada vez mais profundas, optei andar por esse caminho cheio de desafios, mas que agradava a Deus e que me levaria a desfrutar do melhor.

Ele “O Chamado” – 07 de Setembro de 2010



Passei a me preparar e a buscar uma vida de intimidade com Deus. No dia 07 de Setembro de 2010 na Conferência Radicais Livres, foi um marco – tive uma experiência sobrenatural com o Senhor, de uma forma tão clara, tão poderosa e convicta senti que o Senhor estava me separando, me chamando para as nações, em especial para a África. Foi tremendo, agora eu tinha um propósito específico em minha vida!

Uma grande preocupação que veio a era de encontrar uma mulher com o mesmo propósito que estaria ao meu lado me auxiliando no ministério. Entretanto, mal sabia eu que Deus já estava preparando minha esposa antes mesmo de eu ter me encontrado com Ele.

 

Ela “O Chamado” – 10 de Fevereiro de 2008



Foi assim no dia 10 de Fevereiro de 2008, Lorena Marques conheceu uma maneira diferente de se relacionar, uma visão, um caminho sobremodo excelente, a Corte. Apaixonou-se por essa visão e então decidiu que a partir daquele dia se guardaria para o homem que seria seu esposo. E assim, passou a orar, a sonhar e a se preparar para o dia em que se encontraria com o príncipe que Deus estava preparando para ela.

O tempo foi passando, e ela investiu em seus estudos, buscou se aprofundar na palavra de Deus, gerou frutos, liderou, multiplicou, recebeu o discernimento do seu chamado e a cada dia experimentava de uma porção cada vez maior no Senhor.

 

E os olhos foram Abertos

 

Em um momento de aconselhamento, um de meus líderes (Hérick Bueno) chamou minha atenção para uma moça que se destacava por seu coração quebrantado e por seu anseio em agradar o Senhor. E assim, procurei estar mais próximo para observá-la cuidadosamente. Com o passar do tempo nossos caminhos foram se cruzando através dos encontros, vigílias e festas da igreja.

Em um dos encontros da rede, Lorena precisou com urgência de um irmão para fazer um personagem de uma peça, e eu não pensei duas vezes e aproveitei a oportunidade para servi-la e assim estarmos mais próximos. De fato meu objetivo foi alcançado. Suas lideranças e amigos perceberam as afinidades e assim, as brincadeiras começaram a surgir e a serem mais frequentes com relação a nós. Nos tornamos amigos (só que no meu coração já tinha outras intenções).

 

Distância, desafio aceito!

 

Como disse anteriormente, meu o chamado para a África foi se tornando cada vez mais intenso, me impelido a tomar a decisão de largar tudo e ir cumprir à vontade de Deus. Mas ao mesmo tempo algo me incomodava “Como poderia cultivar um relacionamento estando tão longe daquela a quem o Senhor havia colocado em   meu coração?” E mesmo diante disso, decidi obedecer e responder ao Senhor, sabendo que se fosse à Sua vontade, nos reencontraremos. Afinal a palavra de Deus é a verdade:

“o Senhor trabalha para aquele que Nele espera (Is 64:4)”.

“confie no Senhor e ele satisfará o desejo do seu coração (Sl.37:4)”.

“Buscai primeiro o reino do Senhor e as outras coisas lhes serão acrescentadas (Mt. 6:33 )”.

Tendo essas convicções em meu coração, fui em paz!

 

A Lorena, por outro lado, não correspondia ao mesmo sentimento ou interesse, deixando claro em suas atitudes que através desta viagem para a África tal sentimento e brincadeiras chegariam ao fim. Mas estava muito enganada, pois mesmo sem minha presença, nossos amigos continuavam brincando e evitando que outros rapazes se aproximasse dela – “Glória a Deus”.

 

 

A Ligação

 

Durante meu primeiro ano na África, confesso que nosso contato era mínimo, resumido em pequenas conversas pelo messenger. Um dia ela recebeu uma ligação com um código de área diferente, quando atendeu ao telefone, era eu (resolvi me encher de coragem e ligar), a quem ela tanto evitava. Foi um espanto, a ligação foi rápida, mas o choque durou muito tempo. Então ela começou a tentar entender o porquê que mesmo estando tão distante, eu ainda insistia em falar com ela. Percebi que deveria surpreendê-la de outra forma, então aproveitei à visita do Pr. Luís Rigonato a África e mandei por ele um presente para ela (um porta jóias no formato do mapa da África). Ela ficou muito surpresa ao ser procurada pelo pastor e ficou em choque quando recebeu o presente, a partir de então, percebeu que meu interesse por ela era sério e que eu fazia questão em envolver minha liderança.

 

imagem2

 

O tempo foi passando e com o whatsapp nossa comunicação foi se tornando mais frequente, mas ela mesmo assim, não se permitia gerar um sentimento que fosse além de um a amizade superficial, o que tornava a situação um pouco mais complicada pra mim. E como não bastava a distância entre nós e a indiferença dela, surgiram outros contratempos, por exemplo outros rapazes interessados por ela, mas eu confiei no Senhor e Ele cuidou disso pra mim

 

A Volta

 

No ano de 2014, voltei para o Brasil com planos e um objetivo principal, conquistar o coração da Lorena e ultrapassar a linha de apenas “amigos”.

 

imagem3

 

Nos primeiros três meses, comecei aproximar da família dela e meu objetivo foi ficando cada vez mais próximo, até que eu sem hesitação a convidei a fazer parte da minha vida, inicialmente ela resistiu, mas depois de 21 dias de Jejum e Oração, o Senhor a fez compreender sua vontade perfeita. E assim no dia 18 de Maio de 2014, entramos na corte.

 

imagem4

 

 

O Cumprimento da Promessa

 

Enfim meu plano estava em execução, nós estávamos relacionando. Mesmo assim não foi fácil, pois ela ainda me resistia. Porém, quando é propósito de Deus, tudo é transformado na hora e no tempo certo. Continuamos a nos conhecer melhor e a vontade de Deus foi ficando mais clara e seu coração foi se abrindo para mim.  Comecei a perceber que estava no tempo para um próximo passo e assim depois de um ano e sete meses de relacionamento, no dia 15 de outubro de 2015, (no seu aniversário) a surpreendi com o pedido de casamento. Foi uma surpresa linda, com a presença da nossa família, pastores, amigos, líderes. Com direito a anel de noivado, buquê de flores, champanhe e brindes… Pronto, uma nova fase em nossas vidas foi iniciada, caminhando então com os preparativos para o grande dia em que nos tornaremos uma só carne, para o cumprimento do propósito eterno do Senhor.
imagem5

 

E no dia 11 de junho de 2016 concretizamos este grande sonho que se resultará na edificação do Reino de Deus por onde passarmos estamos experimentando o melhor de Deus, e diante de tudo só podemos dizer “Deus é fiel”.

 

“Antes que eu te formasse no ventre materno, eu te conheci, e, antes que saísses da madre, te consagrei, e te constituí profeta às nações.” Jr. 1:5.

 

Testemunho: Rajiv e Lorena
Igreja: Videira – Goiânia

Se você também tem um testemunho, envie um  e-mail para: contato@odiáriodazoe.com.br
Lembre-se o testemunho edifica a igreja, não deixe de compartilhar.


#Dica |Casamento – Músicas para o grande dia!

casamento_musicas

Oi gente!!!

É muito bom quando vocês interagem com a gente compartilhando suas dúvidas, isso sempre nos dá ideias para novos posts. E esse post foi feito a pedido de uma de nossas leitoras a Samara Dutra. Ela pediu para compartilharmos sobre músicas para tocar no casamento. Então vamos lá!

A escolha das músicas é algo muito gostoso de se fazer. Muito tempo antes de saber que eu iria me casar, eu já tinha escolhido a música da minha entrada na cerimônia de casamento e todas as vezes que eu orava por esse sonho, eu orava com essa música e visualizava como seria  “O Grande Dia “.  A medida que as coisas foram acontecendo, fomos escolhendo as músicas juntos, e elas passaram a fazer parte do nosso dia a dia até o casamento e claro depois dele também!

Como fazer a escolha das músicas?

Eu creio que o casamento é para glorificar a Deus, por isso todas as músicas que escolhemos para nosso casamento eram direcionadas à Ele e também eram músicas que faziam parte de toda nossa história. Por exemplo : A música da entrada do Rafa na cerimônia de casamento foi a King Of All Days – Hillsong United, essa música eu ouvi pela primeira vez em uma rede de jovens aonde o Rafa havia ministrado, isso quando eu tinha acabado de chegar na igreja. Um dos fatos da nossa história é que o Rafa acabou se afastando, estava literalmente perdido. Nesse tempo sempre que eu ouvia essa música me lembrava dele e orava para que ele se reconciliasse com o Senhor.  Muita coisa aconteceu e muitas águas rolaram até que ele finalmente voltou e de maneira incrível e inesperada Deus abriu os nossos olhos, um para o outro. Quando finalmente chegou o tempo de escolher as músicas para o casamento contei sobre como essa música me lembrava ele e concordamos que essa seria a nossa escolha. Foi tão lindo e o mais especial, ele cantou todas as músicas. <3

Nossa cerimônia foi com música ao vivo onde o Rafa cantou e nossos amigos tocaram.

 

 

Já que a dica é sobre as músicas para tocar no casamento, fizemos duas playlist,  uma com as músicas do meu casamento e outra com músicas do casamento da Carol para inspirar os noivos na escolha!

Se você curtiu ou se tem alguma dúvida deixe seu comentário!
Aproveita e dê uma passadinha nas nossas redes sociais, curta e compartilhe com seus amigos. Isso nos ajuda muito!

 

Super beijo.

 

 

dz

 

Danielle dos Santos
@danielle.dz
danielle@odiariodazoe.com.br


#Casamento | Lorena Chaves – Casando em 30 dias.

maxresdefault-1

 

Olá pessoal, tudo bem?

Casar não é algo simples e fácil, muitas noivas ficam doidinhas com a organização. A Lorena Chaves nos provou que dá pra organizar um casamento em 30 dias e mostrou tudo isso em uma web série muito legal!

Se você assim como nós, adora casamentos, acompanhe como foi essa aventura dos 30 dias e o resultado no grande dia!

 

Episódio #1

 

Episódio #2

 

Episódio #3

 

Episódio #4

 

Se você está noiva (o), com certeza esses vídeos te inspiraram. Se eu não fosse casada, ia querer fazer algo muito próximo ao que ela fez no casamento dela. rsrsrsrs

Comemorar agora só os anos de casado e esse faço 3 anos! :O Passa muito rápido!

 

Gostou? Compartilha a sua opinião com a gente!

 

 

Grande abraço,

 

Carol Assinatura

 

 

Ana Carolina Ferreira

anacarolina@odiariodazoe.com.br

@anacarolina.dz


#Relacionamentos | Independência ou Morte!

independence

Olá pessoal, tudo bem?! 🙂

Ontem foi um dia de descanso para muitos brasileiros, pois foi o feriado da independência do nosso país. Com certeza você conhece a história de Dom Pedro I dando o grito: “Independência ou morte!” as margens do rio Ipiranga.

pensando

Eu estava refletindo sobre a questão da independência nos relacionamentos e esse grito se encaixa, só que mudando o OU para É, ficando: “Independência é morte!“.

Deus é um Deus de relacionamentos. Quando na criação do homem Ele disse: “Façamos o homem a nossa imagem, conforme a nossa semelhança…” já nos mostra que Ele não estava sozinho, que havia uma comunidade ali, Jesus e o ES estavam lá também. Aleluia! Deus se relaciona e nos criou para sermos como Ele, seres que se relacionam.

No mundo atual com o pecado e suas consequências, infelizmente o cenário tem sido contrário. Quanto menos envolvimento, menos relacionamento, menos compromisso uns com os outros, melhor! Em contrapartida, pode-se ver o homem clamando por relacionamentos. Atrás das telas de computadores, smartphones e tablets existem pessoas que querem saber das vidas das outras, comentar, dar like… para de alguma forma fazer parte da vida dessas pessoas, porque em carne e osso os relacionamentos são escassos ou não existem. Então os reality shows, redes sociais, canais do YouTube e etc tem sido os substitutos de boas amizades e de um verdadeiro relacionamento.

É claro que assim é bem fácil, porque EU escolho os vídeos que assisto, os snaps que EU pulo, as fotos que EU passo direto, as pessoas que EU permito aparecerem em meu feed e assim a vida segue só com o que EU acho que é legal, com o que ME agrada e assim fico livre de conflitos. TSC…TSC…TSC…Quero informar que isso não é relacionamento! 🙁

Veja aqui o significado de RELACIONAMENTO!

Quando somos criados para algo, se não o fazemos sofremos com alguma deficiência decorrente da falta daquilo. Por exemplo: Fomos criados para nos alimentar no mínimo 3 vezes ao dia – para uma vida minimamente saudável, né! rsrsrs – e se não o fazemos, certamente após algum tempo morreremos.

Com os relacionamentos é a mesma coisa, a começar com quem nos criou pra isso: Deus. Quando estávamos “mortos nos nossos delitos e pecados…” não tínhamos nenhum relacionamento com Deus, somente a Vida pôde nos reconciliar e essa Vida é Jesus! Ele mesmo afirmou que: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida e que ninguém vem ao Pai (Deus) a não ser por mim”. Nós fomos reconciliados, mas a mentalidade de andar alone permaneceu.

O grito de independência É morte se aplica de duas formas:

A 1ª com…

deus

Sim… Como já falei, após nos criar para relacionar-nos, Deus é quem guia, dita e nos orienta no que fazer, tudo isso através do ES. Podemos ter inúmeros exemplos na bíblia de pessoas que seguiram as instruções de Deus e outros não… sempre quem não seguiu acabou não tendo boas experiências, não por terem sido castigadas, mas por sofrerem as consequências das suas escolhas. Deus é maravilhoso, nos ama, quer o nosso bem e SEMPRE nos guia a fazer algo porque sabe que o contrário nos prejudicará de alguma forma. Fazer o contrário do que Deus orienta nos faz independentes d’Ele e isso gera morte em nós, mas a morte espiritual.

 

2ª com… outras pessoas!

minions

“Como é bom e agradável que o povo de Deus viva unido como se todos fossem irmãos!” – Salmos 133:1

 

Ter relacionamentos é a melhor coisa! Quando está triste, ser consolado… quando está alegre, compartilhar aquele momento e também desfrutar de sonhos, momentos felizes, momentos estressantes, momentos difíceis… mas em todos eles aprendendo e crescendo em todo o tempo. Não se isole, não seja independente de Deus e nem das pessoas, fomos criados para isso e não adianta tentar fugir, pois só trará depressão, tristeza e o pior: a Morte!

 

Compartilhe com gente a sua experiência nos relacionamentos! 😉

 

 

Um grande abraço,

 

Carol Assinatura

 

 

Ana Carolina Ferreira

anacarolina@odiariodazoe.com.br

@anacarolina.dz

 


 
1 2 3 12
 
Top